ESTE NÃO É UM ESPAÇO PARA FAZER AMIGOS; É PARA INFLUENCIAR PESSOAS.



31 de dez de 2014

É O SEGUINTE...

Seguinte: o governo cobra IPVA, não arruma as estradas, emprenha as rodovias de radares e você,além das multas, ainda tem que pagar pedágio.

O governo cobra IPTU, não arruma as calçadas, nem as ruas, o seu carro some numa cratera e você ainda paga condomínio para não morar nas ruas emprestáveis; pior ainda, na primeira enchente o seu vizinho desaparece num bueiro, ou numa boca de lobo destampada.

Você paga taxa de lixo para o governo e sua rua está um lixo.

Paga taxa de iluminação pública e o seu bairro vive às escuras; malgrado isso, ainda vem o costumeiro apagão e você perde tudo que estava no seu pendrive.

Você paga por 50 anos à Previdência Social e, quando se aposenta, leva por cima o Fator Previdenciário - é que aí você já não presta e eles enfiam o seu pé na cova.

Você... Ah, vá se catar. Você não reage, seu banana.

Ei veja que eu o chamei de banana, não foi de macaco. Não venha querendo descontar em cima de mim, me chamando de gremista ou coisa parecida.

Ah, é brincadeirinha. E, por hoje e por todo esse interminável 2014, deu pra mim aqui no Facebook. Feliz Virada de Ano - assim no singular para não pegar nenhum sotaque - Boas Festas, pra todo mundo. Inclusive pra você, seu banana!
MINI ENTREVISTA POSSÍVEL E IMAGINÁRIA DE UM JUIZ DE VARA E FACA NA BOTA, COM UM OPERADOR PROMOVIDO A DELATOR PREMIADO.

MAGISTRADO: Jura dizer a verdade, só a verdade, nada mais que a verdade, sob pena de ir pra cadeia e nunca mais sair de lá?
 PREMIADO: Juro, conjuro e s eu desconjurar, o diabo que me carregue.

MAGISTRADO: Quem foi que, de 2005 pra cá, nesse tempo bom de bunga-bunga na Petrobras, nomeou os presidentes, dirigentes e conselheiros da Petrobras?
PREMIADO: Lula, primeiro; depois, Dilma, com Lula e tudo.

MAGISTRADO: Quem nomeou Dilma Vana presidente@ do Conselhão da Petrobras?
PREMIADO: Lula. Lula da Silva, o homem do Brasil; não o molusco dos mares.

MAGISTRADO: Quem nomeou Guido Mantega presidente do Coinselhão nolugar de Dilma Vana?
PREMIADO: Dilma Vana, com  Lula e tudo.

MAGISTRADO: Quem nomeou os diretores zarolhos e os de olho gordo na Petrobras?
PREMIADO: Lula e Dilma e vice-versa.

MAGISTRADO: Quem não viu nada, não soube de nada, não fez nada do que tinha que ver, saber e fazer na Petrobras?
PREMIADO: Lula e Dilma... Ah, também Sérgio Gabrielli e Maria da Graça.

MAGISTRADO: Maria da Graça?... Ho, ho, ho...
PREMIADO: Desculpe senhor juiz, mas essa risada é o quê, uma pergunta?

MAGISTRADO: Não. É risada natalina e você se comporte! Voltemos ao que interessa: Quem ajudou essa pandilha de sevandijas em nada disso de tudo isso que quase quebrou a Petrobras?
PREMIADO: Os operadores, as empreiteiras, os dirigentes e a trocida do Corinthians...

MAGISTRADO: Mas, a sede da Petrobras não é no Rio?
PREMIADO: Ah é... Então a torcida do Flamengo, também.

MAGISTRADO; Ah, bom.
PREMIADO: Então tá... Excelência, agora o senhor não perguntou nada. Acabou?


MAGISTRADO: Tá. Acabou. E não se fala mais nisso. 
PREMIADO: Ufa! Que bom. Obrigado, Excelência.

MAGISTRADO: Calado! Já falei, não se fala mais nisso! 
NADA É O QUE PARECE SER...

Nada é o que parece ser. Mas tudo está bem, se lhe parece bem.

Se Lula fala, nada é o que parece ser. Se Lula cala, tudo está bem, se lhe parece bem.  

Se Dilma Coração Valente & Astuto diz que governa, nada é o que parece ser; mas tudo está bem, se lhe parece bem.

Se Graça, primeira-dama da Petrobras, anuncia veto nas licitações futuras às empreiteiras suspeitas de tudo um pouco, nada é o que parece ser. E nem tudo está bem, porque não parece bem.

É como se Graça Poster tivesse se antecipado à Justiça na previsível condenação dos companheiros malfeitores infiltrados no Estado.

E nada é o que parece ser. Graça apenas deu um salvo-conduto, um selo de garantia para que as 23 empreiteiras imputadas por formação de organização criminosa e outros malfeitos, continuem trabalhando nas obras superfaturadas da Petrobras aqui e pelo mundo afora.


Então, quando Graça age, nada é o que parece ser. Até porque tudo não está bem, porque tudo não parece bem. Porque tudo continua mal. Muito pior.

RODAPÉ - Inda que mal pergunte: Graça Poster é mesmo o que lhe parece ser? Então, nesse caso, tudo está bem se lhe parece bem.

30 de dez de 2014


FINANCIAL TIMES PARA A CAMBADA:
“PETROBRAS É UMA VERGONHA NACIONAL”.

Só não é engraçado, porque engraçado seria o verbo engraçar: eu sou graça, tu és graça, nós somos engraçados... Mas é de morrer de rir.
A imprensa agachada, melhor que isso, imprensa amestrada, domesticada, ficou braba porque o jornal britânico Financial Times, um dos mais conceituados do mundo, disse numa reportagem neste fim de semana que a Petrobras se tornou “uma vergonha nacional”.

Ah, isso foi demais para os sem-vergonhas desse Brasil Dilma da Silva. A pandilha de sevandijas paga pelos desvios de dinheiro público, acha que é impossível e inimaginável que a Petrobras esteja engendrando dar um “calote técnico” no mercado internacional.

Quiuspa, que droga! Uma coisa é a Petrobras passar para trás os brasileiros ingênuos e desprevenidos, outra bem diferente é querer passar a perna nos investidores internacionais, tubarões globais acostumados a abocanhar o mundo inteiro.

Sabe o que eu mais quero? Eu quero mais é que essa gangue que se apossou da Petrobras e essa quadrilha internacional que investe só nas coisas que dão lucro, se estrepem até à medula.


Não é por nada, não. Minha torcida é só para que andem de joelhos pelo mundo, o resto da vida. Cambada! Tô morrendo de rir.

DE BUNGA-BUNGA A SURUBA

Olha que coisa mais linda, mais cheia de Graça é ela que vem e que passa um comunicado à Comissão de Valores Mobiliários informando que a Petrobras não realizará contratos futuros com 23 empresas investigadas pela Operação Lava-Jato.  

Ah que droga! “Realizará” só pode ser futuro, ou alguém realizará ontem alguma coisa? Mas isso até nem vem ao caso, fica por conta da burrice dessa gente que nos governa. Vamos, pois, ao que interessa.

Com esse oportuno comunicado, seus acólitos e comparsas enxergam delirantes que Graça Poster está sendo mais dura que a Vara de Sergio Moro, pois a medida atinge até empresas que até agora ainda não pipocaram no pedaço: a Andrade Gutierrez e a maior e mais fiel Odebrecht, do time de Lula.

Até parece que o que é da Gutierrez e da Odebrecht Não está guardado. Mas a pergunta que não quer calar é a seguinte: Só agora?

Droga, o que foi que Graça, os conselheiros e seus honoráveis presidentes do Conselhão fizeram esse tempo todo de bunga-bunga desvairado dentro da outrora grande Petrobras?

Só agora se mexem – que droga! – só agora que ela e seus companheiros escolhidos a dedo por Lula e Dilma Vana estão cercados de processos e investigações por todos os lados, com a Justiça dos EUA nas costas e a Vara de Sérgio Moro pela frente?!? Ah, me engana que eu gosto!

Vou acabar achando que Graça tem graça, tem competência e não é ingênua. Mas isso é bom ou ruim para Graça, assim de graça e deboche de todos nós?

É ruim, pois se é competente e não é ingênua, Graça é cúmplice até à raiz dos cabelos, estejam eles situados aonde quer que estejam naquela anatomia assustadora e insólita, para não dizer, inóspita.

Se não é cúmplice, então prevaricou. E prevaricou com Lula, prevaricou com Dilma, prevaricou com Mantega, ou a seco – os dois primeiros, seus patrões e o último, presidento do Conselho da Administração da Petrozona. 

E se prevaricou com eles, então o bunga-bunga à la Sílvio Berlusconi, só tem uma tradução da máfia à brasileira: suruba!
A BRASÍLIA QUE AS PESSOAS MERECEM

Brasília é uma cidade povoada por duas espécies de habitantes: pessoas e políticos. Nesses últimos dias, é a capital que as pessoas merecem.

O trânsito está livre dos servidores da segunda espécie que inflacionam arrogantes e intolerantes, as ruas e avenidas monumentais da cidade. Sem eles, Brasília fica mais civilizada e harmoniosa.

Tudo flui sem sobressaltos, retenções, ou lentidão. Nos bares, restaurantes, supermercados, shopping, todo mundo sabe com quem está falando. 

Os furadores de fila são mais escassos; a salas VIP do aeroporto JK estão mais cidadãs; até um encontrão ocasional numa porta giratória de banco merece um cordato e gentilpedido de desculpas...

O que vai quebrar essa paz e tranquilidade é a pompa e circunstância da nova posse Dilma Vana, recriando nesse dia 1° de janeiro, a Brasília doidivana, a Brasília sitiada.

Uma baderna absoluta e definitivamente desnecessária. Bom é saber que, isto posto e consumado, Brasília voltará à paz de se resumir apenas ao sereno ir e vir das pessoas, já que os políticos só a tomarão de assalto lá por fevereiro.

A HERANÇA MALDITA
Ao receber a herança maldita do governo anterior, Dilma Coração Valente & Sem Noção sabe agora que o Brasil é refém há quatro anos, de um governo inerte e destituído de patriotismo e de alma nacional. A Dilma Vana de hoje vai ter que fazer tudo que a Dilma Vana de ontem deixou de fazer e consertar tudo que ela mesma fez de errado. E nós, mais do que ninguém sabemos que Dilma Vana tem pela frente mais quatro anos para continuar não fazendo nada, ou errando tudo.

MUDANÇA DEMOGRÁFICA... OU,
SEREMOS TODOS BOLSAS-FAMÍLIAS

E aí está então dona Dilma Vana com cara de paisagem diante de um rombo de mais de R$ 19 bilhões, apelidado de déficit primário ou qualquer impropério parecido, como se fosse possível explicar como é que essa grana tomou Doril.

Nem precisa explicar nada; todo mundo sabe, mas finge que vai ficar sem saber, por que foi que essa fortuna sumiu.

Todo mundo sabe, por não ter como não saber, que esses bilhões não foram parar na saúde pública porque, simplesmente viraram arenas bilhardarias, grande legado da Copa das Copas.

Todo mundo sabe que a grana não entrou nas escolas e nem na Educação, unicamente porque virou propaganda para abafar os malfeitos, a propina, a corrupção e para fantasiar um país de palhaço coletivo e global.

Todo mundo sabe que o rombo não foi por obras realizadas na mobilidade urbana, nem em segurança pública, mas que o estouro da boiada foi causado por causa das viagens e da gandaia de salários que sustentam a inoperante e avacalhada máquina do governo.

O que todo mundo sabe é que o sonho de Dilma Vana, governanta desses permanentes e contínuos governos Lula, é transformar o povo brasileiro numa imensa e uniforme massa de usuários de Bolsa Família.

E assim – para deleite e gozo desses sádicos dominadores – o Brasil completará a esperada mudança e será, em menos de quatro anos, um país povoado por duas espécies de habitantes: os governantes e os bolsas-famílias.

RODAPÉ – Você pode me explicar por que um ministro ganha mais de R$ 50 mil por mês, um conselheiro de qualquer estatal fatura mais de R$ 10 mil por uma reunião qualquer; por que deputados e senadores custam bilhões por ano e o trabalhador brasileiro tem um salário mínimo de R$ 724 em vias de não chegar a R$ 800 a partir de janeiro?!? Ah, bom. Então tá.

O VELHO NOVO DE SEMPRE

Só você mesmo para esperar alguma surpresa na mudança do governo de Dilma por um novo governo de novas ideias.

Ela só está trocando alhos por bugalhos. Afinal, quem vai mudar o ministério por outro ministério é Dilma Vana, a mesma Dilma Vana que escolheu a dedo cada um dos 39 ministros que agora não prestam...

É, por que se prestassem, não seriam postos no olho da rua. Então, a minha surpresa é que você esperasse alguma surpresa, partindo de quem partem as grandes novidades de sempre nesses últimos 12 anos.


Bolas, que droga! Presta atenção, pô! Para saber que nada vai mudar, basta não esquecer que o novo governo de ideias novas vai surgir das mãos e da cabeça de quem foi desde janeiro de 2011 até este dia 1° de janeiro de 2015 o governo antigo de ideias velhas.

29 de dez de 2014

DESMATAMENTO À PAULISTA
Temporal de uma hora derrubou 216 árvores em São Paulo e fechou o Parque Ibirapuera. Isso é que desmatamento, não é aquela porcaria que os madeireiros fazem lá na Floresta Amazônica. E a Marina Silva já mandou dizer para o governo do PT que o seu tucano aliado, Geraldo Alckmin, não tem nada a ver com isso.

O INVASOR
Que coisa, mais sem pé nem cabeça... O Lula mora num tríplex de cinema, em São Bernardo do Campo, que não é dele; que ele nem sabe quem é o seu locador e muito menos tem ideia de quanto é o aluguel. Isso tá com cara de invasão, né não?... Só pode ser coisa da facção metalúrgica do Movimento dos Sem Teto lá do ABC.

MANCHETES

Manchete: “Objeto visto no mar da Indonésia não era do avião da Airasia que sumiu”. Sabe-se agora que era apenas uma onda. E, por hoje, as buscas foram interrompidas. E não se fala mais nisso.

Manchete: “Contas do governo têm déficit primário recorde”. Ah, isso é bobageira. Basta o governo pegar de volta a grana da farra de 50 milhões de Bolsas-Família.

OBAMA VAI MANDAR O ROBINETTE

Vem aí a festa republicana mixuruca, mais cheia de pompa e circunstância do governo brasileiro. É o momento solene em que Dilma vai dizer-se, ao passar a faixa presidencial, “de mim para comigo”.

Até agora, há dois presidentes confirmados – Zé Mujica Sativas, do Uruguai e a chilenona Michele Bachelet.

Já o Grande Irmão do Norte só encontrou tempo para enviar um comunicado ao Palácio do Planalto dizendo que vai mandar como seu representante o vice-presidente, Joe Biden, apelido para o sugestivo nome de Joseph Robinette.

Cá pra nós, mandar para a posse da Dilma um Robinette é de deixar até o Batman de queixo caído. Robinette é demais; só pode ser gozação. O Obama está dando uma banana para os seus irmãos aqui do Cone Sul do mundo.

COMEÇO SEM FIM
Dilma Vana, em pleno ensaio da posse que ela vai dar a si mesma, anuncia que vai começar a terceira edição do Minha Casa, Minha Vida. Nem se lembra de que ainda não entregou mais do que 30% da primeira etapa e que deve mais da metade da segunda realização do sonho da casa própria de quem votou nela. Mas isso também é besteira: Dilma vai começar o seu segundo mandato como governanta de Lula e até hoje não começou e nem terminou nada no seu primeiro governo.

O IMPÉRIO DA JUSTIÇA

Os empreiteiros e parlamentares finórios da Operação Lava-Jato querem, porque querem fugir da Justiça comum e cair nos braços da Corte de Lewandowski.

É que, sob a capa dos doutos togados, o que vale é o notório saber jurídico. Não se procura a verdade num tribunal assim. O Direito formal se sobrepõe ao Direito moral.


O Supremo Tribunal é do Governo Federal. É um castelo nababesco e absolutista que tem um rei e dez príncipes.
VOU PRA LÁ
A Mega-Sena da Virada vai pagar mais de R$ 240 milhões. Com essa grana eu compro o Uruguai e me mando de mala, cuia e bagagens para lá, que por aqui a coisa está ficando cada vez pior. A cuia é só figura de retórica. Sou um gaúcho que nunca andei a cavalo, não tomo mate e faço mal um churrasco assim como ninguém.

BRASIL IMBATÍVEL
Já passa de 40 o número de mortos nas enchentes da Ásia. Aqui, no Brasil da Silva, só ontem o trânsito matou 60 pessoas. Acaba de subir para 9 o número de mortos no acidente de estrada lá no Espírito Santo. Na Rodovia 101, no norte da Bahia, morrem 5 em acidente entre um carro e um caminhão. As estradas brasileiras matam mais que as guerras na Síria e na Turquia. Mesmo sem contar o morticínio nos tiroteios entre traficantes e policiais pacificadores do Rio, os arrastões de São Paulo, os sequestros no Sul, e os assaltos de cabo a rabo da geografia nacional, o Brasil continua campeão imbatível em mortes violentas.

OS DRONES DA TRANSBRASIL
Sabe aquelas aeronaves bonitas da falecida Transbrasil? Pois elas foram arrematadas há bom tempo em leilão. Ficaram pousadas em hangares e pátios seguros dos nossos remodelados aeroportos de Brasília e de Guarulhos, grandes legados da Copa das Copas. Agora os seus novos donos foram tomar posse para colocá-las em uso. Não podem. Estão depenadas. Estão imprestáveis. E ninguém agora é culpado. Os detetives das companhias seguradoras já concluíram que aqui no Brasil, mesmo sob os olhares atentos das autoridades responsáveis, as valiosas peças voam. Voam sozinhas. São drones. Coisas do moderníssimo Brasil Dilma da Silva. Aqui, o que vale avoa!

AH, MANCHETES...

Manchete: “Na Indonésia avião da Airasia pode ter caído no mar”. Para os especialistas em tragédias aéreas, uma coisa é certa: ele caiu do céu.

Manchete: “Navio mercante turco naufraga no norte da Itália”. Por aqui, o Mercadante ainda não afundou.

Manchete: “Grécia: Balsa com 478 pessoas pega fogo no mar”. Que coisa né, não? Até hoje os bombeiros de todo o mundo pensam que se combate fogo com água.

O IR E VIR DOS CONSELHEIROS
DA PETROZONA
Dilma Vana já anunciou que vai trocar o Conselho de Administração da Petrobras. Dos 10 conselheiros, sete são escolhidos a dedo pelo governo. Um que vai dar os doces é Guido Mantega, seu presidente. E então é o seguinte, a presidente@ continuará sendo responsável pelos atos e fatos cometidos pelos conselheiros da estatal, como tem sido nos últimos 12 anos, desde que Lula subiu a rampa pela primeira vez e nunca mais desceu. A propósito, só para ir a uma dessas reuniões mensais e não ler direito os documentos que lhes passam pelas mãos e narizes, os conselheiros ganham R$ 10 mil Por mês, com as despesas dos seus ires e vires todas pagas.

A PRAGA DOS CONSELHEIROS
Essa praga de conselheiros de araque está espalhada pelo Brasil Dilma da Silva afora. Os conselheiros administrativos do BNDES, Finep, Correios, Banco do Brasil, Itaipu, Sesc, similares e genéricos, ganham jetons por suas cansativas reuniões de estafante trabalho. Eles são pagos pela União para aconselhar e fiscalizar a União

DILMA TOMA POSSE DE DILMA
Já começaram os ensaios para a cerimônia de posse da presidente@ do Brasil Dilma da Silva. Ela vai empossar-se.

Vai ser lindo de se ver Dilma entrando de faixa, tirando a faixa e colocando a faixa em si mesma. Ah, que prazer mais solitário esse da bi-president@.

Uma coisa é certa, não vai ser o Barack Obama quem vai enfaixá-la; ele nem vai se dar ao desplante de vir assistir a Dilma tomando posse da Dilma, num ato público explícito de pura dominação.

Obama pode ser tudo, mas não deixa de ser um democrata. E, no entanto, ele mesmo já possuiu a si mesmo. Vai ver que é por isso que Dilma se sente à vontade praticando uma posse em cima da outra.

Pensando bem, o que é isso: uma mulher se satisfazendo sozinha no fim de uma rampa? Mesmo que não fosse uma mulher; que fosse lá quem fosse, até  um homem de diversos sexos que estivesse tomando posse de si mesmo, o que é isso, nesses tempos modernos?

Nos tempos de Lula, ele não teve parcimônia nenhuma: em 2006, quatro anos depois do dia em que botou o pé na rampa, ele já chegou de faixa no alto daquele púlpito do seu Palácio e deu início ao seu interminável segundo mandato. Ele havia tomado posse de si mesmo em um ato público misturado com privado. Como é de seu mau costume.

BOLSONARO E ARGOLA

E então vocês acham que vai acontecer alguma coisa com os deputados Jair Bolsonaro e Luiz Argola?!? Um é acusado de incentivar estupros, o outro é denunciado por detonar torpedos amorosos em direção ao doleiro republicano Beto Youssef. Cá pra nós, o que parece muito claro e evidente é que sexo para esses dois é coisa da boca pra fora. Há muito bunga-bunga bem pior lá naquela grande casa de tolerância nacional.

28 de dez de 2014

Esse 2014 parece que não acaba mais. Hoje é domingo. Ainda faltam segunda, terça e quarta-feira até à meia-noite em ponto, quando então sim o 31 vira 1° de janeiro do ano que vem. E a coisa já começa com o pé esquerdo. É o primeiro dia dos últimos 1.440 dias de Dilma no governo. Não é um bom presságio. Pensando bem, não dá nem pra se desejar boas festas. Bolas, esse dia 1° de Ano está que nem o Natal: todo mundo só falou no Papai Noel e se esqueceu de Nosso Senhor Jesus Cristo que morreu na cruz para nos salvar.

COBREM O QUE A LAVA-JATO AINDA NOS DEVE
E TENHAM UM PRÓSPERO E FELIZ ANO NOVO

E você aí que, pela margem de erro das pesquisas do Datafolha, acha que a conselheira Dilma Vana merece impeachment pelas maracutaias na Petrobras por que ela presidiu o Conselho de Administração da estatal, como é que não cobra da turma da Operação Lava-Jato o indiciamento de Guido Mantega?

Ele é o presidente da mesmíssima comissão desde 2010.

Você, assim como eu, assim como os Intocáveis da PF e até assim como o juiz Sérgio Moro, só estamos nos dando conta disso por que alguém se lembrou disso e pautou o blogueiro Cláudio Humberto que editou esse lembrete na sua coluna virtual deste glorioso domingo.

O antigo “Bateu-Levou” de Fernandinho Beira-Collor, lembra no seu blog de farta leitura que “todos os contratos da Petrobras nos últimos quatro anos passaram pela mesa de Mantega, que é membro do Conselho desde de 2006 e também é membro do Conselho da BR Distribuidora”.

Então, é bem assim: cutucado desse jeito, eu até já acho que, a essa altura do torneio, Guido Mantega se demitiu até por isso mesmo, mas muito mais por um desejo irrefreável de vir a ser, qualquer dia desses, um ótimo delator premiado.

Mas isso são conjeturas e elucubrações da parte que me toca nesse latifúndio de informações dominicais.

O mesmo Cláudio Humberto lembra, por decorrência natural dos fatos, que “outro esquecido no Petrolão é Luciano Coutinho, presidente do BNDES desde 2007 e membro do Conselho da Petrobras desde 2008”.


Essa caixa-preta ainda não foi aberta.

Para destruir as sete cabeças dessa Hidra de Lerna, filha de Tifão e Equidna que, com seu hálito venenoso, vem devorando o Brasil, bastaria-nos saber quem foi, nesses anos todos, o grande lobista dessa ilha de riquezas inconfessáveis que é o BNDES.

Para os brasileiros de boa índole, seria o bastante que a Polícia Federal colocasse a mão nesse intermediário-malfeitor desses grandes negócios mal esclarecidos com Eikes Maravilhas e similares tão finórios quanto, com portos em Cuba, com obras de refinarias alhures, com empréstimos aos empreiteiros mais enrolados desse país, seus genéricos e o diabo a quatro.

Quero acreditar que, depois da fase Número 8 que vai mandar as melhores figuraças do Parlamento para a Corte de Lewandowski, este possa ser o início da aguardada etapa final da Operação Lava-Jato que já deve estar em gestação na Vara do intimorato juiz federal Sergio Moro.

Será então chegada a vez e chegada a hora de pegar a cabeça-de-casal dessa grande famiglia de delinquentes; desse ímpar par de vasos que vem enfeitando nossas cabeças, como se todos nós fôssemos cornos mansos.


Quero crer. Quero crer. Boto fé, meu prezadíssimo papa Francisco que este sonho de verão brasileiro se torne realidade. É o que, nesta antevéspera do primeiro dos últimos dias do governo Dilma, desejo do fundo do coração a todos vocês no limiar desse 2015 que pode ser um próspero e feliz Ano Novo.

27 de dez de 2014


Porque hoje é sábado
Há criancinhas que não comem
Porque hoje é sábado
Há uma mulher que vira homem...

CADÊ VOCÊ?!?

Ei, alguém aí é capaz de me dizer por onde anda, nesses últimos tempos, o amigo de dona Dilma Vana, o Colin Vaughan Foster – aquele que, por laços matrimoniais empresta o nome à Graça, presidente@ da Petrobras graças justamente à amiga do seu marido?



Não é por nada, não; só por curiosidade: alguém aí tá sabendo se Colin Vaughan Foster tem comparecido ultimamente aos gabinetes do nababesco prédio da Avenida Chile, no Rio, por acaso sede da Petrobras?

Saberá, algum dos senhores, me informar se, depois daqueles 43 contratos que Colin Foster assinou com a Petrobras nos últimos três anos, vinte deles sem licitação, ele teria assinado mais algum nesses últimos dias de petrolagem só para fornecer componentes eletrônicos à área de tecnologia, exploração e produção da Petrozona?

Quem daí há de me dizer se ele tem relaxado e gozado nos fins de semana com a esposa em casa, na praia, na chuva, na rua, na fazenda - eis que ambos, afinal, não são de ferro?


Saberá alguém por aí que, nesse vai da valsa desses quatro justos anos de gestão a mando de Dilma Vana, a dona Graça Foster conseguiu o feito nunca dantes alcançado de desvalorizar a Petrobras em 80,4%?

Poderá um dos senhores, um só que seja, me dizer por que a Polícia Federal ainda não chamou no apito esse cabeça-de-casal, figurão constante do mais folgado bunga-bunga dentro da Petrobras que rendeu, só nos tais 43 contratos, à empresa C. Foster Serviços e Equipamentos, o módico faturamento de R$ 614 milhões?!?

Ah, não precisa aparecer ninguém para me falar sobre essas coisas. Tudo isso é muito natural para o tipo de governo que a gente vem padecendo no Brasil da Silva. Nós é que temos espírito de porco e vivemos metendo o nariz onde não somos chamados.


RODAPÉ – Quem aí, dos senhores, há de me mostrar uma foto, pelo menos uma, do casal Graça e Colin Foster; numa celebração qualquer, numa viagem qualquer, num Natal qualquer, ou num qualquer Ano Novo?!? 


Por favor, fotomontagem não vale; se tiverem uma fotinho dessas, pelamordedeus, não me escondam, essa cena. É de cinema. Ah, sim... Não adianta pedir para Dilma Vana porque ela não viu nada, não sabe de nada, inocente...
PETROLÃO IMITA O MENSALÃO E
CONTESTA PROVAS DA LAVA-JATO

Assim como era no princípio do Mensalão, agora e sempre no Petrolão, os denunciados pela Operação Lava-Jato começaram a contestar as buscas e escutas telefônicas que os enterram até à medula desossada.

As empreiteiras que estão sendo investigadas tentam – como tentaram os mensaleiros de Dirceu dos tempos de Lula – anular as provas obtidas pela Polícia Federal.

E assim é que a Polícia Federal, o Ministério Público e a Vara do juiz Sérgio Moro, já estão sob pressão dos malfeitores, da turma do óleo sujo da Petrobraba e dos aparelhos do governo.


Daqui a pouco, a Operação Lava-Jato é que vai ser julgada e condenada em foro privilegiado. Não duvidem nada, eis que Joaquim Barbosa já não está no Supremo Tribunal, hoje a Corte de Lewandowski.
EBOLA EM SERRA LEOA
Manchete: “Contra ebola, governo de Serra Leoa manda fechar comércio”. E tinha gente que nem sabia que esse vírus era vendido.

RENNER, O GATILHO.

Em 2004, bêbado, o cantor sertanejo Renner, atropelou e matou um casal que teve a ousadia de passar por ele numa moto. Pegou três anos e pouco de cadeia e teve a carteira de motorista cassada pelo mesmo tempo.


Gozou a pena em liberdade e aproveitou a folga para ganhar 21 multas por excesso de velocidade.

Agora, dentro de uma garrafa de vodca, celebrando o Natal ao lado de um morador de rua provocou um novo acidente de carro, em São Paulo.

Estava de camisetinha sem mangas, pedindo para ser lavada, completamente embriagado – talvez de paixão ou coisa parecida.

Renner foi preso e indiciado por excesso de velocidade, direção perigosa, bebedeira e reincidência. Pagou R$ 10 mil de fiança. Já está solto.

Deixou o morador de rua na mesa de um bar, onde comemoraram mais um sucesso do cantor. Se o carro de Renner é uma arma, ele é o gatilho mais rápido da pauliceia.

SEMÁFORO DA LUZ
A sua conta de luz vai subir 8,3%, em 6 de janeiro, Dia de Reis. É o dobro do aumento dado aos aposentados. E, em vez de criarem o fator eletricidade, tipo assim o previdenciário, eles estão lançando o semáforo da luz. Agora as suas contas de eletricidade vão acender sinais vermelho, amarelo e verde para calcular seus gastos mensais. Prepare-se, você vai ser atropelado.

NATAL EXTRAORDINÁRIO
De acordo com o Serasa, para o comércio este foi mais um Natal “extraordinário”. Foi o pior Natal em vendas dos últimos oito anos. Quatro de Lula e mais quatro da criatura Dilma como governanta do seu criador que não larga o osso. Deve ser culpa do governo anterior. Pela ótica do PT e seus associados, isso quer dizer que os outros sete anteriores foram melhores. Então tá. E não se fala mais nisso.

QUE MAL PERGUNTE...
Ainda que mal pergunte: e o legado da Copa, vai bem?!? Ah, besteira perguntar essas coisas, você já nem sente mais nada.

OUTRA COMISSÃO
A Petrobras criou mais uma comissão. Acredite se quiser: esta comissão é para acompanhar as investigações dentro da Casa do Petróleo de Graça Poster. Quer dizer, se a nobre e acreditada novel comissão não gostar do trabalho dos investigadores, dá uma de operadora e lança mão de uma propina que pague a pena ver de novo. Agora vai.

BOTA FÉ
Lá da janela do Vaticano, o papa Francisco pediu o fim da perseguição religiosa. O diabo é que perseguição religiosa sempre é feita por religiosos contra outros religiosos. Quer dizer, o papa pediu o fim de todos eles. Vai ver que isso até que vai ser bom. Bota fé, Francisco!

O IMPERADOR NA FRANÇA
Adriano, o Imperador assinou contrato de um ano para jogar futebol em um time francês da segunda divisão. Adriano já está em forma para ir para a França e não jogar mais uma temporada todinha. O Imperador vai abalar o tempo todo. No sentido mais profundo do que seja uma balada.

TURISMO EM MARESIA

Alagada e demolida pelas chuvas, Maresia, bairro praiano de São Sebastião no litoral paulista, dá a volta por cima e transforma tudo em turismo de aventura. 

Leva os visitantes que já estavam por lá em excursão aos pontos mais críticos da terra devastada. 

É o que já estão chamando de “Réveillon Extraordinário”. 

É o jeitinho brasileiro de não devolver os pacotes cobrados por antecipação. Melhor que isso, só mesmo os “natais extraordinários” de Lula da Silva, o mestre dos mestres do jeitinho nas crises brasileiras.

IDEIA DE JERICO

Quando é que o governo do Rio vai reconhecer que a sua política de UPPs – Unidades de Polícia de Pacificação foi a pior ideia de jerico dos últimos cinco séculos do Brasil? Vou contar um segredinho que a gente só descobriu agora: violência gera violência. Bala com bala é o que a bandidagem mais gosta.

26 de dez de 2014

PETROBRAS DESPENCA NO
MERCADO DE AÇÕES

Então né, Dilma Vana está se espraiando lá em Aratu, na praia da Marinha que está em alta... O que está em queda vertiginosa é o conceito da Petrobras, suas afiliadas & Sociedades já nem tão anônimas assim.

As ações da Petrograça despencaram nesta sexta-feira, puxando para baixo o Ibovespa. Elas caíram 6,11%.

A desculpa é que a agência de classificação de riso Moody’s anunciou que a estatal brasileira estava em revisão de rebaixamento.

Outro pequeno detalhezinho que gerou a desconfiança de todo mundo é que a Petrobras foi alvejada por mais um processo nos Estados Unidos; desta feita na cidade de Providence, capital do Estado de Rhode Island.

E então é isso, os imperialistas americanos voltaram, a atacar. Se Dilma Coração Valente & Guerrilheiro se achar incomodada no gozo das férias, é bem capaz de mandar disparar um míssil teleguiado lá da base militar onde está relaxando e gozando.


Esse tal de Obama tá pedindo. Daqui a pouco vai levar.

A FOTO
Graça Poster é a cara do governo em preto e branco. Epa!... Na Petrobras.


CRIME ORGANIZADO
Foi bloqueado um dinheiro do PCC. Segundo o que foi informado, trata-se de R$ 50 milhões do crime organizado. Crime organizado, vírgula! Crime organizado pé-de-chinelo. Esses 50 milhões não fazem nem cócega no bolso de um operador de negócios da Petrobras & suas afiliadas. Crime organizado no Brasil tem grife oficial.

MUDANDO DE ASSUNTO
Que chato, agora só se fala em Natal, Ano Novo, Boas Festas, Vida Nova... Pô, quando é que vai ter Carnaval?!?

A PRAIA DA DILMA
Dilma está na Bahia em período de descanso. Em Aratu, praia particular da Marinha. Inda que mal pergunte: “descanso” de quê? De governar é que não é; faz quatro anos que ela não faz isso. Descansar é a sua praia. Ah, e quanto à praia, não, lá não tem nenhum aviso de alerta contra tubarões.

BRASIL EM DOIS TEMPOS
No Brasil em tempos de Collor, era a Casa da Dinda; agora, no Brasil em tempos de calor é a Casa da Dilma.

ATIVISTA NUA ATACA PRESÉPIO NO VATICANO
Uma ativista do grupo Femen fez protesto contra o aborto no Vaticano. Tentou roubar, de mentirinha – foi só para aparecer – o “Menino Jesus” do presépio montado na Santa Sé. Foi detida e fotograda, bem como queria. Então, tudo bem... Mas já pensou que repercussão universal teria se fosse a Graça Poster, num dia de fúria?!?

O BRAÇO ESQUERDO DE DEUS
O papa Francisco pediu esperança aos desalojados do mundo. Sorte dele que o Lula tem tempo sobrando. Se o papa quiser, Lula o braço esquerdo do Senhor das Esferas aqui na Terra pode lançar lá do Vaticano mesmo a versão internacional do Minha Casa, Minha Vida. E se o papa deixar, ele lança também o Bolsa Mundi-Famiglia. Pronto, nem precisa mais de tanta oração assim.

CONTAGEM COMPANHEIRA
Manchete: Milhares de cristão se reuniram em Belém para celebrar o Natal. Ah, se fosse a Missa do Galo da CUT teria pelo menos 10 milhões a mais.

DE NÓS PARA ELES
Mais uma cidade americana entra na Justiça contra a Petrobras. Pequeno detalhe: é na Corte americana, não na Corte do Lewandowski. Vai dar bode. Outra coisinha: a ação é contra a Petrobras, não contra seus dirigentes tãos desqualificados quanto irresponsáveis. As burras públicas vão pagar a conta, como sempre.

A NOTÍCIA
Manchete: Refém brasileiro é libertado pelos guerrilheiros paraguaios. Qual é a notícia?... Pô, o Paraguai tem guerrilha! E o Brasil que não se meta com eles, que acaba perdendo a guerra outra vez.

NOTA DE TRÊS

O pior dessa Comissão da Verdade são as pessoas que aceitaram serem seus integrantes, nos termos e no tempo em que ela foi urdida e constituída. Bolas, o Brasil foi descoberto no ano de 1.500 D.C.

É daí pra cá, até os gloriosos dias de hoje, que uma comissão de verdade justa e eficaz passaria a ter credibilidade. Comissão meia-boca não conta; é nota de três reais.

O ASSÉDIO
Comissão da Verdade descobriu quem cometeu assédio moral contra Venina Velosa na Petrobrás. Foi um anão da equipe de filmagens do Fantástico, da TV Globo. Ele passou por Venina, durante a entrevista com Glória Maria e sussurrou: 
- Como os seus cabelos estão cheirosos, hoje...

25 de dez de 2014

A ARTE DA ESCOLHA

Dilma Vana só está aparentando cuidado na escolha dos seus novos ministros, porque a Operação Lava-Jato está na moda.

Dos que escolheu, por enquanto, uma pandilha deles pode se livrar da Lava-Jato, mas não escapa da Justiça.

Respondem a processo: Helder barbalho, escolhido para a Pesca; Eliseu Padilha, para a Aviação Civil; Kátia Abreu que enfim está no MAPA; Edinho Araújo, à beira do cais e dos Portos; Gilberto Kassab, com um pé nas Cidades e a mão no Minha Casa, Minha Vida; Eduardo Braga, da Energia da Dilma.

Se a vida é a arte da escolha, Dilma Vana já bateu as botas e não sabe.


UMA LIXA, POR FAVOR!

O caradurismo dessa gente que se apropriou indebitamente do Brasil não tem limite nem desconfiômetro. 

Desde 2002, Lula governa esse país. Oito anos de presidência formal e outros quatro com Dilma Vana como sua governanta oficial.

Agora com os olhos esbugalhados na cadeira de espaldar mais alto do Palácio do Planalto, Lula desfralda a bandeira da “reorganização” do país. Até parece que não foi ele quem anarquizou o Brasil.

Socorro! Alguém aí me empreste uma lixa de madeira que eu vou abrir urgente um salão de barbeiro só para esses companheiros bons e batutas. Não aceito doações de lixas das empreiteiras.

SEGURANÇA EXCLUSIVA
Na véspera do Natal, Zé Eduardo Guimarães, o inoperante ministro da Justiça de Dilma, foi às compras no shopping Iguatemi, no Lago Norte, em Brasília. 

O tempo todo esteve acompanhado por um segurança daqueles munáias, tipo guarda-roupa aberto, pra ninguém chegar perto e nem botar defeito. Ele, que não atrai a atenção de ninguém, anda com um cacundeiro dia e noite. 

E ele é o mesmo Cardozo que negou ao advogado de Venina Velosa pedido de proteção policial para a delatora da roubalheira na Petrobras. Venina vem sendo ameaçada por telefone e já contou até que foi ameaçada por alguém que lhe botou “um revólver na cabeça”. 

Vai ver que Zé Eduardo Cardozo acha que  assassinato de reputação não precisa de armas e, então, seu exercício de lógica lhe diz que Venina não precisa de guarda-costas.

CABE IMPEACHMENT, SIM

Dilma é engraçada; tem um humor aquoso que bafeja ao longe e em momentos e lugares cada vez menos aprazíveis. Ontem ela disse, assim ao léu, que “Impeachment não cabe no Brasil”. Simples assim. Nem parece que ela está advogando em causa própria. É ela que está na mira. Mas é bom que ela saiba: impeachment não cabe só, ou apenas no Brasil; cabe todinho dentro do Palácio do Governo.
UM FELIZ NATAL

Mãe solteira, Maria Divina, já ao cair da tarde, deu banho em Juliana, sua joia preciosa, de sete anos de idade.

Vestiu-lhe o vestidinho surrado, mas limpinho como nunca. Cuidou de sua trancinha carinhosamente. Saiu com ela pela mão.

Pouco depois estavam no shopping. Olhando vitrines. Viram os filhos dos ricos ganhando presentes, lindos presentes.

Bom tempo de footing depois, antes de pegar o ônibus de volta pra casa, para encerrar o passeio de Natal, Maria Divina entrou com Juliana na fila do sorvete misto de casquinha do Mcdonalds.

Mais de uma hora depois, felizes chegaram em casa. Trocaram um longo abraço cheio de ternura. E, com um beijo lindo de boa-noite foram dormir o sono dos justos.

RODAPÉ - (Adaptação de uma das mil e uma histórias das noites de boteco do Gordo Renato, meu já longínquo irmão e filósofo intuitivo insuperável).


ESPÍRITO DE PORCO

Hoje acordei com o espírito natalino à la Dilma Vana: amanhã já não é mais Natal; vem aí Ano Novo, ideias novas.

24 de dez de 2014

KASSAB NAS CIDADES
Em pleno loteamento da Esplanada dos Ministérios, Dilma Vana com medo de ser feliz por causa do Petrolão, nomeou Gilberto Kassab para a pasta das Cidades. Agora vai.

PRA NÃO SER COISA PIOR
A sombra do Petrolão, a roubalheira das roubalheiras na História do Brasil, ainda amedronta Dilma Coração Valente & Bipolar. Ela hesita ainda em indicar Henrique Eduardo Alves para algum ministério, qualquer ministério. Besteira, medo bobo. Quem garante uma Graça Poster na Petrobras, não precisa ter medo de mais nada. Não demora nada, Henrique Alves vai ser ministro. E tomara que o seja, para não ser coisa pior.

SEMPRE O PMDB
Como sempre o PMDB continua sendo a maior facção política de todos os governos brasileiros, desde os tempos em que ainda era MDB e fazia contraponto com a Arena. Abocanhou seis das melhores pastas: Agricultura, Minas e Energia, Turismo e as secretarias de Aviação Civil, Pesca e a de Portos – esta, uma velha mania de Michel Temer se dar bem na vida.

MANCHA DE ÓLEO
Ao nomear ministros do PMDB, PP, PT e até Eliseu Padilha ex-ministro de FHC, Dilma Vana espalha uma considerável e temível mancha de óleo pela Esplanada dos Ministérios. Isso sim é que é Coração Valente. Valente e Prensado contra a parede. A reforma ministerial por enquanto só serviu para desviar os holofotes da corrupção geral que assola esse país.

MAIS UM
Henrique Alves, unha e carne com Michel Temer, deve ser nomeado ministro de alguma coisa lá por fevereiro, quando termina o seu mandato como presidente da Câmara de Deputados. Não é nada, não é nada, é mais um ministério para as contas do PMDB.

PAPAGAIO DE PIRATA
Aldo Rebelo, o ministro que levou um chute no traseiro do secretário-geral da Fifa, nos bons tempos de segurança da Copa das Copas, saiu do Esporte e foi parar no Ministério da Ciência e Tecnologia. Isso quer dizer que a bola de Aloízio Mercadante murchou. Mercadante agora vai ter que se contentar praticando o esporte que mais gosta: ser papagaio de pirata.


PELA FOLHA CORRIDA
A cada ministro que Dilma tira e a cada outro que bota na Esplanada, a presidente@ da República não leva em conta a qualificação técnica. Ao invés de levar em conta o currículo político e técnico ela examina a folha corrida do candidato. Ela acha que assim, o seu novo governo de novas ideias, “não vai ter baderna”.

INFLAÇÃO & TURISMO
O dólar bateu de novo nos 2,70. Passe o Natal em NY, passe. Mesmo com o dólar nesse patamar, você ainda pode encher a mala que levou vazia para lá. Pague 50% de imposto na Alfândega e tudo ainda será bem mais barato do que aqui no Brasil Dilma da Silva. Melhor: nem leve mala nenhuma daqui, compre uma por lá. É boa, bonita e barata.

FLOR DO LÁCIO

Olhando assim até agora, esse novo ministério de Dilma para o novo governo de ideias novas, a gente tem a impressão de que a presidente@ perdeu a mania de nomear mulheres para as pastas. E nem assim sobrou alguma boquinha para Ideli Salvatti. Sob o novo olhar de Dilma Vana, por enquanto, Kátia Abreu é a primeira flor do Lácio. Difícil, no entanto, de ser a última.

23 de dez de 2014


MAIS DO MESMO

Tem mais do mesmo na reforma ministerial de Dilma para o governo novo de ideias novas que vai substituir o governo anterior que, pelo visto não agradou à presidente@ eleita. Dilma Vana vai convidar Jaques Wagner, para o lugar de Celso Amorim, no Ministério da Defesa.

Esse cara, o que está saindo da pasta que nunca lhe caiu bem, pode acabar no esvaziado Itamaraty. Outra vez do mesmo.


Ricardo Berzoini deixaria as Relações Institucionais da presidente@ e iria para a Comunicação. Até agora, Dilma não sabe o que fazer com Ideli Salvatti. Você tem alguma sugestão? Ideli, coitada, anda só e se sentindo mal acompanhada.
DEDICAÇÃO PREMIADA
O novo governo de novas ideais de mais esta governança de Dilma do quarto governo Lula consecutivo, não vive só de delações premiadas. Há dedicações premiadas também. Ciro Gomes, vai ser premiado pela companheira Dilma por sua devoção durante a campanha eleitoral, com o Ministério da Educação. E seja lá o que Deus quiser.

SE É PRA DESFAZER...

Vejam só o no que foi que deu Rodrigo Janot mostrar que o Ministério Público não é um departamento do governo Dilma. Ela desandou a trocar ministros a torto e direito. Vejam só...

O senador amazonense Eduardo Braga, vai levar a pasta das Nega Minas e Energia de Dilma; Kátia Abreu, a Rainha do Gado, tá com o pé e o resto na Ministura do Agricultério (à benção, Laura Ramos)...

Sai Moreira Franco e o deputado Eliseu Padilha cai de paraquedas na Secretaria de Aviação Civil; Elder Barbalho mordeu a isca do Ministério da Pesca; Edinho Araujo, vai para o Turismo e Aldo Rebelo sai do Esporte e vai para a Ciência e Tecnologia.

Pronto. Quer coisa melhor que isso? Só isso mesmo em dia de chuva. O notável é que essa mudança toda é porque o governo anterior, decerto, não deu certo.


E, então, como se Vinicius de Morais fosse, eu lhes pergunto candidamente: se é pra desfazer, por que é que fez?!?
QUIZ
Se você fosse Papai Noel desempregado e entrasse pela chaminé da Petrobras, de quem você gostaria de ser amigo secreto neste Natal: 1) Sérgio Gabrielli; 2) Graça Poster; 3) Lula da Silva; 4) Dilma Vana?

O MINISTÉRIO PÚBLICO NÃO
É EMPREGADO DO GOVERNO

O Ministério Público Federal se nega a dar para Dilma Vana os dados sobre os finórios citados no Petrolão. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sem dizer que não é um mero assessor do governo, avisou que as informações são sigilosas.

Pronto, agora mesmo é que Dilma Coração Valente & Atarantado está num mato cheia de cachorros.

Vai ter que arcar sozinha com a o ônus da imprescindível mudança no time de 39 ministros desse seu novo governo de nova ideias que, se fosse um time que estivesse ganhando, não precisaria mexer.

De qualquer maneira, fica mais do que evidente que Dilma Vana é uma presidente@ de República que não sabe nada, nem mesmo com quem anda.

QUEM?... QUEM?!?

Agora fica a imprensa amestrada dando cobertura à entrevista tipo assim direito de reposta, que Graça Poster deu à TV Globo como troco da entrevista-denúncia de Venina Velosa da Fonseca.

O máximo que consegui perceber pelas declarações de Graça é que ela tem que ser muito travadinha da cabeça para não ter percebido o que Venina lhe disse sobre corrupção, desvios e maracutaias, por e-mails, telefonemas e encontros pessoais.

A única coisinha que os argutos entrevistadores da Dama da Casa do Petróleo que já foi nosso ainda não perguntaram à fantasmagórica figura: Quem foi que, além de Gabrielli, Graça, Lula e Dilma, dirigiu a Petrobras nesses últimos 12 demolidores anos desdourados?


Respostas e informações para a sala de redação. Este editor, penhoradamente, agradece.

DILMA DIZ CADA COISA...

Ontem, para repórteres do Palácio: “Eu sei da seriedade da Graça; eu sei da lisura da Graça”...

Tá, e a gente sabe o quanto pode confiar na palavra da Dilma Coração Valente & Conivente. Mas, atéaí, morreu o Neves. Vamos por partes:

Primeira -  “Eu sei da seriedade da Graça...”. Epa! Alguém aí já viu a Graça rindo?!? Tão tá, ela é séria; nem precisava dizer.

Segunda – “Eu sei da lisura da Graça...”. Peralá! Que lisura? Tá na cara que nem a pele dela é lisa, pô.

Então, Dilma Vana, “deu pra ti... Vou pra Porto Alegre, tchau”.


O CAFÉ NO PALÁCIO

Dilma fingiu que era um café da manhã com repórteres setoristas do Palácio, mais acostumados a ouvir do que perguntar.

E se viu, em seguida e sem qualquer esforço, que não era um café, era uma revelação. Dilma ao bancar a permanência de Graça Poster na presidência da Petrobras, confessou que é conivente com a administração ativa e passiva do crime organizado que se infiltrou na Petrobras.

Pronto, agora a gente já sabe por que vai que vai e vai muito bem, obrigado, a bandalheira do Petrolão.

A IDENTIDADE
Ao confessar, numa mesa de café-jornal, a sua parceria com Graça Poster, Dilma Vana assumiu a sua verdadeira identidade: Alter Ego do governo invisível que se apropriou indebitamente desse país.









A MISSÃO

Dilma foi transformada, deixou-se transformar, na porta-voz oficial das facções aliadas que a cercam. É só uma governanta dos objetos de desejo insaciáveis de um poder paralelo mais forte e mais poderoso que o governo que ela exibe em Palácio. Ela foi avassalada pelo governo invisível que tomou de assalto o Brasil.

UM IMENSO LARANJAL
Eu conheço um país que hoje é governado pelo crime organizado. O Palácio do governo é um imenso laranjal. É um florescente pomar cultivado e dirigido por uma laranja.

GOVERNANTA
A presidente@ é uma submissa obediente@, com poderes aparentes e bastantes para encobrir malfeitorias o tempo todo. Hoje, a presidente@ aparente@ não governa; gerencia ordens de malfeitores da coisa pública. Isso não é governo, nem aqui, nem em Caixa-Prego; é crime organizado.

NO MATO COM CACHORROS

Perdidaça, num mato cheio de cachorros, Dilma Vana agora quer responsabilizar o Ministério Público Federal pela montagem do seu “novo governo de ideias novas” e velhos conhecidos 39 ministros.

Vai submeter o nome de cada convidado do “seu” governo ao julgamento do procurador-geral da República. Enfia uma saia justa no procurador-geral e ainda o faz de escudo.

Vá andar mal acompanhada assim nos quintos dos arcos da velha... Pobre president@... Não sabe nem mesmo com quem anda.

FESTA E FESTA!

Faça como eu... Finja que é mais um feliz Natal e que vem aí outro próspero Ano Novo.