ESTE NÃO É UM ESPAÇO PARA FAZER AMIGOS; É PARA INFLUENCIAR PESSOAS.



31 de mar de 2014

CACIFE
Ricardo Berzoíni, novo ministro de Dilma para Relações Institucionais já começou a discutir com aliados a estratégia a ser usada contra a CPI da Petrobrás. Quer dizer, se Ideli Salvatti estivesse ainda na Casa a conversa ainda não tinha chegado nem na cozinha. Em todo caso, Berzoíni não está discutindo coisa nenhuma; está botando as cartas na mesa. Quem tiver cacife que aposte à vontade.

LEGADO ZERO
Agência de risco acaba de apontar que a Copa das Copas herdada por Dilma Vana vai resultar em "avanço zero" ao PIB do Brasil. Isso significa que o legado vai só para os cofres da Fifa que fica em Zurique, na Suíça, no rancho fundo, bem pra lá do fim do mundo.

PADRÃO FIFA
Vai começar o Brasileirão meia-boca de 2014. Começa antes da Copa das Copas e termina só depois. A Fifa já disse quem é que manda nessa joça: não vai ceder as arenas que nos custaram os tubos para os jogos da competição nacional. Os times brasileiros que joguem o seu futebolzinho de meia tigela nos estádios que merecem. Padrão Fifa é pra quem sabe;quem não sabe, bate palma.

QUANDO O EXÉRCITO CHEGAR
Aviso aos navegantes do Complexo da Maré! As Forças Armadas vêm aí. Mas só no dia 7. Até lá 300 PMs cariocas farão patrulhamento diário no coração da Zona Norte do Rio de Janeiro. Quando o Exército chegar, os policiais cariocas serão os primeiros despejados do lugar. Eles merecem.
PARA AÉCIO PT ESTÁ RACHADO

O tucano Aécio Neves abriu o bico nesta segunda-feira, em um almoço com o Grupo de Líderes Empresariais, em São Paulo.

Disse o que todo mundo que não é candidato anda dizendo: o PT está rachado ao meio, Dilma Vana está com um olho no padre e outro na missa e Lula, como de hábito, na espreita pronto para dar o bote.

Não disse assim, mas disse. Aécio abriu as baterias: "Estão dizendo por aí que eles podem trocar de candidato, mas tanto faz para mim enfrentar a presidente Dilma ou o ex-presidente Lula". Deu nos dedos.

E foi em frente: "O importante é derrotar esse modelo". Ele não teve papas na língua: "vou reestatizar a Petrobrás e deixar a inflação para o centro da meta e não no topo".

Aécio prometeu também reduzir o número de ministérios pela metade e disse que vai fazer a reforma tributária em seis meses após a vitória em outubro. E assim, tocou num monte de feridas abertas desse governo. Aécio mexeu com os aguapés.

A partir de hoje já tem metade mais metade da máquina pública e metade mais metade dos ministérios contra ele. Fechar 50% desses ministérios empastados que se apinham pela Esplanada é acabar com milhares de empregos terceirizados que não fazem nada, mas estão repletos de cabos-eleitorais.
BRASIL, 31 MARÇO... DE 2014! 
QUEM DIRIA?!?


Vida de gado, povo feliz.


Apenas um dia mais em marcha lenta.


Maré blindadamente pacificada


Nada de novo no front. Maré cheia.


Estacionamento preferencial.


O mais completo direito de ir e vir.


Coleta de lixo.

DILMA VANA NÃO TEM NADA,
QUEM PODE TER É O MEU VIZINHO

A president@ Dilma Vana se submeteu a exames médicos na manhã desta segunda-feira no Hospital das Forças Armadas, em Brasília. O Boletim não é médico, é palaciano: "Tratam-se de exames de rotina que já estavam programados". Quer dizer, desta feita, não é uma parada técnica e c omo se pode concluir, o estado de saúde da president@ é estável.

A propósito, conto-lhes um périplo pelo qual passou um amigo, meu vizinho aqui do condomínio, na semana anterior. Ele acordou com os olhos trocados. Tipo assim, vesgo pelo avesso. Via tudo em dobro e superposto, mas não trocava os olhos pelo lado de fora da cara.

Ele não tem plano de saúde; nem SUS - porque nessas horas, o sistema está fora do ar ou só pode marcar consulta para daqui a duas ou três semanas. Procurou um oftalmo. Mais que isso, um hospital oftalmológico. Pagou R$ 220 na bucha para ser atendido.

Esperou como se fosse no SUS. Duas horas mais tarde, com a crise ocular quase passando, ele foi examinado. Diagnóstico: - Nada demais. Em todo caso, pode tratar-se de um AVCezinho pequeninho, coisa de estresse ou até nem isso. Então vá aqui à sala ao lado e consulte com a especialista em retina.

Ele foi. A consulta custava mais R$ 245. A médica não estava. Só ela poderia marcar o horário de atendimento. Chegaria - conforme as delicadas e prestimosas atendentes - lá pelas precisas 15h10. O meu amigo esperou. Quase três horas depois, cansou. A vesguice interna já estava passando. Levantou-se e foi embora pra casa.

Uma hora e meia depois, recebeu um telefonema do primeiro oftalmologista. Já que não havia morrido com a grana da consulta de retina, deveria submeter-se a uma tomografia. Pronto, a tomografia custava R$ 445. Sei lá, mas me parece que eles gostam do final 45.

Ele resolveu telefonar para um neurologista, amigo velho e sempre às ordens de sua também velha amizade. Do outro lado da linha e lá do outro canto do Brasil, distante 2.500 km de Brasília, ele ficou sabendo que tomografia era empulhação.

Já havia passado mais de três horas da crise de vesguice e a tomografia a essa altura do campeonato não revelaria coisa alguma. A não ser um recibo de R$ 445 para descontar Imposto de Renda no ano que vem.

Foi aconselhado - embora "talvez nem fosse nada" - a procurar um centro de excelência em neurologia e um oftalmologista que, nesses momentos, sempre sabe o que é bom pra tosse. O caso agora, por precaução, deveria ser uma ressonância craniana.

Eureka! Achou! Achou o centro de referência. Marcou por telefone. Como era "particular" havia uma brecha para uma ressonância às 20 horas. Agendou. E, como não haveria plantão de secretaria após às 18 horas, ele foi até ao prédio da clínica para pagar o exame.

Tirou ficha de atendimento. Sentou, esperou e, ao ser atendido, foi informado que "ressonância craniana só com autorização médica". Ele disse que tinha uma. Mas não era daquela clínica. Então não valia.

Desceu um andar e, em cumprimento à venda casada de serviços emergenciais, pagou uma "consulta" com o profissional de plantão para casos do tipo do seu e morreu com mais R$ 150.

Aí, sim. Pôde confirmar, mediante módicos R$ 350, o agendamento da ressonância craniana para aquela memorável noite da Capital Federal, onde fica o Palácio do Planalto, onde habita dona Dilma Vana e onde fica a Esplanada dos Ministérios, valhacouto inclusive da Pasta da Saúde e de planos como Mais Médicos e coisas genéricas e similares.

Submeteu-se à ressonância. Está aguardando para esta terça-feira o diagnóstico que deve lhe contar se ele teve mesmo um AVCezinho, ou se não era nada, só estresse ou coisa que o valha.

Em caso de ter sofrido um derramezinho, ele agora vai ter que se submeter a uma dieta alimentar e voltar a dar pelo menos uma caminhada diária, para desenferrujar os ossos e sair da ociosidade em que mergulhou assim que descobriu não ter direito a uma bolsa-família.

De tudo isso, emeu vizinho vive este momento lindo de entender porque é mesmo que Lula só se vale do Sírio-Libanês em São Paulo, quando está com dor de garganta, ou porque Dilma Vana procura o Hospital das Forças Armadas, quando nem está sentindo nada, aqui em Brasília. Ah, são tantas emoções. Não há como não ter um AVC...

PEDINDO PRA SER ATACADA
Juiz fixou fiança de R$ 15 mil à doleira que foi presa com 200 mil euros na calcinha. Tá bom. Agora, a sociedade indignada vai querer me dizer que essa mulher não estava pedindo para ser atacada?!?

AH TÁ
Após "rebaixamento", Dilma Vana diz que "julgamento é apressado". Até agora, pelo que se vê, era calmo e sereno. Ah tá.

USANDO O BARÃO
Barão belga da Astra Oil - aquela empresinha que comprou a refinaria de Pasadena por uma ninharia de poouco mais de US$ 40 milhões e a vendeu para o governo Lula por mais de US$ 1,2 bi - é ligado à área energética no Brasil. "Ligado à área energética" é muito bom! O cara ganha os tubos negociando energia para que não haja apagão no Brasil. O barão bota Lula no olho do furacão em que Dilma está metida. Mas isso é bobagem. Pura estratégia de marketing para a próxima eleição. Nesse mundo, ninguém ganha mais votos que o PT à custa de escândalos.
Tanques de pazes feitas com o governo

Cena de março de 1964 - Veja como os tanques têm a cor cinza dos Anos de Chumbo.

A propósito deste glorioso 31 de Março, Franklin Martins que tem o sequestro do embaixador Elbrick como a maior proeza na sua biografia de investidor das guerrilhas urbanas nos Anos de Chumbo diz hoje, como guerrilheiro mercenário governista das redes sociais e webmedia em geral, que "as Forças Armadas devem pedido de desculpas ao País".

Cena de março de 2014 - Veja como os tanques são mais coloridos, mais bonitos.

Ah bom, então deve ser por isso que, comandadas por Dilma, elas estão entrando de tanques, viaturas blindadas e armas de grosso calibre bélico no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Isso é só o começo. Franklin Martins está atrasado, as Forças Armadas - Exército, Marinha e Aeronáutica - já estão de pazes feitas com o governo brasileiro desde 1985, quando Zé Sarney surgiu no centro da arena e assumiu a redemocratização do Brasil.

O FUTEBOL DE SEMPRE
Chato, né não? O futebol no Brasil é sempre a mesma coisa. Em Minas Gerais, o campeonato vai ser decidido por ninguém mais nem menos do que Atlético e Cruzeiro; no Rio Grande do Sul, por Grêmio e Internacional; no Rio de Janeiro, por Flamengo e Vasco e, neste caso é bem pior, todo mundo já sabe quem vai ser o vice-campeão.
BRASIL, CAMPEÃO DE TODAS AS COPAS

Já começou o jogo de empurra sobre as causas da morte do operário de 23 anos que caiu de 15 metros de altura na obra do Itaquerão. Há quem diga que foi excesso de confiança do pobre trabalhador.

O que ninguém disse até agora é que este foi a terceira vítima fatal do estádio que deveria ficar pronto para a abertura oficial da Copa do Mundo. Tanto a Copa quanto a obra do Itaquerão têm o dedo de Lula. E o pé- frio também.

A pressa em obedecer às ordens da Fifa já matou nas obras das tais arenas monumentais da Copa, nada menos de oito pessoas. A mesma precipitação na copa da África do Sul, causou a morte de dois trabalhadores. O Brasil já é o maior campeão mundial em acidentes de trabalho de todas as Copas.
QUEM É VOCÊ?!?

Um país que discute a qualidade de prestação de serviços dos Planos de Saúde é um país com um governo incompetente e desleixado, sem noção sobre saúde pública e igualdade social.

O Brasil tem mais de 200 milhões de habitantes. Pela Constituição todos são iguais perante a lei e a saúde é direito de todos e dever do Estado, apelido de governo.

Então, que país é esse? É um país de gente boa, cordata, submissa, entregue à própria sorte. Então, que governo é esse? Um governo incapaz, desumano, sem programa de ação, mas com um devorador plano de poder. Um governo que não paga o que deve para a população.

O que é dever da coisa pública foi parar na privada. O governo é um simulacro de si mesmo. Vive de slogans e de golpes de semântica. Privatização virou terceirização.

A própria privatização foi terceirizada: a saúde é terceirizada; a educação é terceirizada; a segurança é terceirizada; o transporte público é terceirizado; as estradas são terceirizadas. Que país é esse? Que democracia é essa? Que governo é esse? Quem é você que não sabe nada disso?!?
BODAS DE OURO
Pronto! Dia 31 de março de 2014. Bodas de ouro do Golpe de 64. E daí?!? Há 30 anos o Brasil passou das mãos dos militares para os bolsos dos redemocratizadores que aí estão ricos, gordos, faceiros e poderosos. E como vai a saúde pública, e como vão a educação, a segurança, o transporte, a comida na mesa, o crediário, a justiça e a desigualdade social? Comparar uma democracia com uma ditadura é colocar as duas no mesmo nível. E que nível... Só liberdade de expressão não diz nada. Porque ninguém diz mais o que quer e o que bem entende do que os donos do poder e do país.

PAULISTÃO
Esse time do Santos é mesmo a cara do time aquele de Pelé, Mengálvio, Coutinho, Pepe... Leva um, faz dois; leva dois, faz três... O Penapolense, do professor Vanilton Senatore, não merecia. É melhor que o Ituano, do Juninho Paulista que desclassificou o Palmeiras e agora joga duas vezes contra os novos moleques da Vila pelo título do Paulistão.

PRECONCEITO
Não falta mais nada em matéria de apelação para a Globo enfiar nas novelas à cata de audiência. Está lançando as vetustas Fernanda Montenegro e Nathália Timberg como um casal lésbico na trama que vem por aí. Agora sim, vocês vão ver o que é preconceito. Não, ninguém vai dar bola para o lesbianismo, isso é besteira; todo mundo vai cair de pau mesmo é em cima do desplante de duas cacarecas, em idade de fazer tricô, andarem aos queijos e abraços, aos amassos e ficadas numa novela que só o controle remoto pode resolver. Não pela idade, nem pela flacidez; sim, pelo duro atraso com que chegaram à conclusão.

NOVIDADE
Novidade: viaturas da Polícia Militar foram incendiadas ontem no interior de São Paulo, depois que 50 pessoas foram presas sob suspeita de alguma coisa qualquer. A novidade é que, desta vez, os vândalos preferiram queimar carros da polícia e não os ônibus da população.

VERSÕES
Um primo do operário de 23 anos de idade que morreu, ao despencar de uma altura de 15 metros - segundo os bombeiros - e de oito, conforme os cálculos da empreiteira que realiza a obra do Itaquerão a toque de caixa, faz sérias acusações. Já o Corinthians pensa o contrário. E a Fifa, magnânima e filosofal, como supervisora oficial de tudo que diga respeito à Copa das Copas, recomenda: "segurança é primordial". Ah bom. Então tá.

SEM MAIS O QUE FAZER
A Comissão da Verdade defende a criminalização da homofobia. Bolas, se não se dedicar a assuntos desse tipo, essa comissão vai fazer o quê?!?

PETROBRÁS É NA POLÍCIA
Sinceridade? Estou torcendo para que os chantagistas que estão pressionando os aliados rebeldes que votaram pela criação da CPI da Petrobrás tenham o maior êxito em sua missão. Esta CPI seria a maior perda de tempo e de dinheiro, além de ser um mal irreparável: valeria só para blindar a pandilha de sempre. O escândalo da Petrobrás pode até ser político, mas é acima de tudo um caso de polícia. Tem que ser tratado numa Delegacia de Roubos e Furtos.

É DELES
Pensando bem, essa vitrine que expõe a Petrobrás a um ridículo e nada surpreendente escândalo de propina, corrupção e negociata mostra que a turma de malfeitores da máquina pública tomou de verdade para si e na mão grande a famosa bazófia de Getúlio Vargas, "o petróleo é nosso"! É deles.

30 de mar de 2014

DEMOCRACIA NA CABEÇA
Mais pesquisa: 62% consideram a democracia como a melhor forma de governo. Mas, para 68%, a corrupção é maior hoje que na ditadura. Um pontinho ou dois a ponderar: 1°) Duvido que nesses 62% tenha algum entrevistado que seja do governo; 2°) Esse jeito de dizer que a corrupção é maior agora que na ditadura, é por birra, ou para estimular o regime vigente?!?
DIANTE DE UMA MINISSAIA
65% SÓ PENSAM NAQUILO

Sabe essa pesquisa que anda rolando por aí sobre as mulheres exibidas? Ela foi realizada pelo Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada entre maio e junho de 2013. E não foi só sobre se a mulher deve ou não andar peladona por aí. Tinha mais coisa, mas a turma só pensa naquilo.

O questionário do Ipea tinha uma afirmação que dizia: “Se as mulheres soubessem se comportar haveria menos estupros”. Ao ler essa singeleza 58,5% dos 3.810 entrevistados concordaram totalmente ou parcialmente com a frase. O dado está no estudo "Tolerância social à violência contra as mulheres", realizado pelo Sistema de Indicadores de Percepção Social e ganhou as ruas nesta semana.

A pesquisa tem mais coisa ainda: revela que 65% dos entrevistados concordam, total ou parcialmente, que mulher com roupa que mostra o corpo merece ser atacada. E foi aí que o pau comeu! As pessoas indignadas com essa falta de educação caíram na rede e desancaram os imbecis que nunca estão em casa quando suas mães, esposas e filhas saem para a rua.

A pesquisa vai mais além: 63% concordaram, total ou parcialmente, que “casos de violência dentro de casa devem ser discutidos somente entre os membros da família”. Pelo visto, os concordantes se referem aos membros viris.

E o levantamento aponta mais ainda: 89% disseram concordar que “roupa suja deve ser lavada em casa”. O percentual dos que acreditam que “em briga de marido e mulher não se mete a colher” também foi lá em cima: 82%.

E assim é que, como sempre, estou dizendo e repetindo o que 98% da população deveria saber: o Brasil da Silva é o país dos números, das estatísticas, das pesquisas científicas; todas elas com enormes margens de erro e todas, todas elas absolutamente incapazes até hoje de me descobrirem num desses grupos de entrevistados. 
MARÉ DE DEMOCRACIA
E então,atendendo a insistentes e desesperados apelos do governador do Rio de Janeiro, o Exército entra com tudo  armas, bagagens, viaturas e tanques de guerra - no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio para assumir, de uma vez por todas, o comando das Unidades de Polícia Pacificadora. A ideia é expulsar os bandidos dos morros e favelas cariocas. Os primeiros a serem retirados de lá foram os policiais militares do secretário Beltrame e do governador Cabral. Como se vê, a limpeza é pra valer. E a democracia está sendo, a pouco e pouco, substituída pela ditabranda.

RETALIAÇÃO
Ricardo Berzoíni é o tropeiro que substitui a pescadora frustrada ideli Salvatti nas Relações Institucionais do governo. Ele já está tangendo a tropa de choque que vai retaliar os deputados que ousaram votar a favor da CPI da Petrobras. Pura demonstração de força e também de descontrole. Bolas, o melhor para o governo é a confirmação dessa CPI. Ela será, como sempre, a pá de cal sobre uma matéria que poderia redundar no impeachment da president@, se o Brasil da Silva fosse um país sério.

PRECIPITAÇÃO?
Dilma Vana, afinal deu o ar da graça e saiu reclamando contra o que chama de "rebaixamento precipitado" do Brasil da Silva no ranking dos investidores por uma agência de risco. Disse que não vai se precipitar emitindo opiniões sobre o programa econômico do seu governo. Como assim "se precipitar"? Alguém aí avise a president@ que este é último semestre do seu quarto ano de governo. Já deveria ter opinião firmada e consolidada a respeito. Tempo e poder é que não lhe faltaram.

INIMIGO
Aliado que apoiou a instalação da CPI da Petrobrás agora é tratado no Palácio do Planalto e na Esplanada dos Ministérios em geral como inimigo. Só quem conhece a Petrobrás por dentro e por fora como Dilma Vana que já ministra das Minas e Energias, president@ do Conselhão da petroleira e agora presidentona do País pode saber e temer a extensão do estrago que pode causar ao governo e seus circunstantes virar a Petrobrás do avesso, de pernas pro ar. Até Deus vai deixar de ser brasileiro.

VARREDURA
Berzoíni já determinou varredura na lista dos que assinaram a CPI da Petrobrás. Ou eles retiram o jamegão, ou perdem o contato com a Máquina do governo. Já tem gente sendo varrida da antessala do beija-mão de ministros.

DOAÇÕES DA PRIVADA
Nesta semana o Supremo deve decidir a questão das doações de empresas privadas aos partidos políticos. A votação foi interrompida quando estava 4 x 1 para o fim dessa regalia conspurcante e promíscua que bota a vida pública na privada. Teori Zavascki, o último ministro supremo indicado por Dilma Vana, pediu vistas. Se a goleada se confirmar, a proibição da gandaia já valerá para a próxima eleição. Os deputados e senadores já elucubram uma emenda à Constituição que garanta a cretinice.

REGRAS DE CENSURA
O procurador-geral da República Rodrigo Janot e o Ministério Público Eleitoral devem se reunir esta semana ainda com os partidos políticos para fixar regras para a imprensa no período eleitoral. Fixar regras, uma pinoia! Censurar mesmo; restringir as informações; calar a boca; dizer só o que eles querem que a imprensa diga. O que é mesmo que um político, um candidato, um partido tem para esconder da população, que precise colocar mordaça na mídia ?!?

DE CAMAROTE
Sem medo de ser vaiada, a chanceler@ alemã, Angela Merkel aceitou o convite da president@ brasileira, Dilma Vana e vem assistir ao jogo Portugal x Alemanha, na Fonte Nova, arena da Bahia, na Copa das Copas. Como as orelhas de Dilma Vana ainda não tem dispositivo anti-vaias é bem provável que Angela Merkel assista ao jogo sem contar com a colega brasileira a seu lado no camarote.

MÁFIA DO ALVARÁ
A tragédia da Boate Kiss, em Santa Maria da Boca do Monte não serviu para nada em matéria de lisura e moralização da fiscalização no Brasil. A máfia dos alvarás de funcionamento continua agindo com a mesma desenvoltura e eficiência de sempre. O Brasil da Silva está mesmo fora de controle. Quem prende  a polícia? Quem fiscaliza o fiscal? Quem ensina o professor? Quem governa o governante?...

QUANTO CUSTA?
Sabe o que está acontecendo na Casa do Povo? O PT está abrindo todas as comportas em matéria de alianças para garantir o controle da CPI da Petrobrás. É a teoria da estratégia da coalizão pela governabilidade sendo posta em prática: - Quanto você custa pra ser meu aliado?

ENQUANTO ISSO
Entrementes... A Petrobrás é a petroleira global menos rentável. Esse "global" aí quer dizer "do mundo".

ASSÉDIO LUCRATIVO
Diz neste domingo o jornal Estado de S. Paulo:  Usuários "bombardeiam" o Metrô com processos na Justiça. Digo-lhes eu neste mesmo domingão: depois que descobriram que assédio sexual dá lucro, a onda de coça-coça, ronca-e-fuça virou tsunami no transporte coletivo paulistano. Tem casal que vive junto há dez anos que entra no trem só para se esfregar um no outro. Do tabefe nas ventas até à barra do tribunal é um pulo. E tem mais: não adianta separar homem de mulher em vagões diferentes. Tem mulher encochando mulher e homem bolinando homem que não acaba mais.

29 de mar de 2014

CHAMA O LADRÃO!
Pelamordedeus! CPI da Petrobrás é avacalhação! A Petrobrás é caso de polícia. Quem são esses blackbostas de gravata e colarinho branco para investigar quem quer ou o que quer que seja em nome da sociedade brasileira?!? Chama o Chico Buarque para recantar o bordão do seu sucesso dos anos de chumbo, o "Acorda, amor!".... Chama o ladrão! Chama o ladrão! Chama o ladrão! Ei, Chico, cadê você?!?

TUDO PELA COPA
Porque hoje é sábado, desabou de oito metros de altura um operário que tentava acelerar a obra atrasadíssima do Itaquerão, invenção corintiana do lobista Lula da Silva para a abertura da Copa das Copas. O laudo médico dizia que o pobre homem está em "estado gravíssimo". Não chegaram a dizer que sua saúde era estável, ele morreu. Este foi o o segundo acidente grave no Itaquerão em quatro meses, quando a Fifa esteve por aqui e constatou que a obra tem a cara das coisas do PAC - empacam e não saem da pedra fundamental e de umas paredes lá que outras. A coordenação do Itaquerão, emitirá nota oficial. Amanhã, certamente, sairá uma nota e um tuíter da president@ Dilma se solidarizando com a dor da família enlutada. O pobre homem caiu de oito metros de altura, não se chamava Clark Kent, não se transformava em Superman e, como diria Lula da Silva - o consultor corintiano pé-frio para fins de obras esportivas ou não com a Odebrecht, "ele não avoava"!

COMEMOREM NA DATA CERTA
Claro que a tortura é vergonhosa; claro que a ditadura é um inferno na Terra, em qualquer terra. Mas, o que é mesmo uma polícia de pacificação que dá sumiço nos Amarildos que morrem aos gritos de pavor sob a merencória luz da lua dessa democracia que uma pandilha de sevandijas inventou para ela mesma?!? E o que são mesmo os pacificadores que arrastam mulheres trabalhadoras e inocentes nos parachoques de viaturas policiais?!? E o que é mesmo o estado dos porões do sistema carcerário brasileiro que não merece o mínimo de atenção do ministro da Justiça do governo Dilma?!? Eo que é mesmo a violência dos blackbostas, redblocs e outros mercenários que vandalizam, quebram, destroem tudo e empurram sob encomenda para dentro de casa o cidadão de bem que combate a corrupção?!? E o que são mesmo os habitantes do Congresso, dos Tribunais, dos palácios governamentais que depredam impunemnte o patrimônio público e arrombam os cofres da nação?!? Comemorem isso que eu quero ver. Não neste Dia 31 de Março. Comemorem no 1° de Abril, se tiverem um pingo de vergonha na cara. A gente vai entender.
PRECONCEITO
A Câmara aprovou projeto que estabelece uma cota de 20% para negros no funcionalismo público exceto para concursos a cargos no Legislativo e Judiciário. Gracinhas. A matéria agora vai para o Senado. O assunto é polêmico e a medida é inconstitucional, mas o STF já firmou jurisprudência ao aprovar a mesma cota para as provas do Prouni. Quando virão as cotas de 20% para os amarelos? Os 20% para turcos e otomanos? E os 20% para evangélicos de qualquer cor? Ah, sim os 20% restantes... Bem esse aguardam um projeto propondo que eles não precisam mais de concurso.
O DIA SEGUINTE

Eis que se aproxima o dia 31 de março. Chega-se então às bodas de ouro do Golpe de 64. Há quem queira comemorar 50 anos de ditadura. Há quem esteja celebrando isso há 50 anos com cara e jeito de quem festeja uma democracia.

Os primeiros festeiros comemoram por saber que o regime totalitário continua o mesmo, apenas com as devidas maquiagens dos camarins do poder. Os outros alegres espigaitados se gabam, se lambuzam e louvam a democracia que criaram para si mesmos.

Há quem pretenda nobilitar o golpe que tirou Jango do governo e o mandou para os cassinos de Montevidéu, Piriápolis, Punta del Este. Há quem pretenda gandaiar a redemocratização que urdiram, a partir da presidência de Sarney em 1985, para submetê-la as suas próprias vontades e a seu bel prazer.

Vem aí o dia 31 de março. A perspectiva é esta mesma há 50 anos. Há duas pandilhas celebrando a data solene. Ao povo resta a triste realidade de comemorar há in/justos 50 anos o chumbeado dia seguinte, The day after.

Há 50 anos os brasileiros festejam o 31 de Março no 1° de Abril - Dia da Mentira. O dia seguinte que nasceu na França, no século XVI, tempo em que se mandava convite para festas que não existiam.

Hoje é o dia em que, irônica e tristemente, a nação brasileira constata que o pior de uma democracia é quando, para parecer melhor, ela se compara com uma ditadura. Eia pois, 31 de Março! Salve, salve o Dia 1° de Abril.

NÃO É SURDEZ
Toda vez que o neto falava com ele, o avô respondia:
- Não entendi, meu filho... 
E assim era todo santo dia, toda santa tentativa de diálogo. O velho disfarçava a surdez com a mesma frase escapista. Até que naquela tarde de domingo, diante da TV, antes do futebol. O neto ponderou para o avô: - Vô, o senhor não é surdo.. 
Ao que o vetusto interlocutor respondeu como sempre: 
- Como assim? Não entendi... 
Aí, o neto, de pronto, ripostou: - Taí ó! O senhor nunca entende. Desculpe, mas o senhor não é surdo... É burro, vô. 
E desse dia em diante, o avô passou a ouvir bem melhor.

JORNALISMO ESPORTIVO
O jornalismo tem cada coisa... No esporte e, ainda mais, nas corridas de Fórmula-, então, as manchetes são de matar: "Lewis Hamilton voa baixo e garante pole position na Malásia; Felipe Massa largará em 13º". Quer dizer, Hamilton corre o risco durante a prova de se chocar com o avião da Malasya Airlines que ninguém sabe ainda por onde anda.
PORQUE É SÁBADO
Eu me permito bordejar Vinícius de Morais.

BRASÍLIA MAIS LIMPA

Hoje é sábado, amanhã é domingo. A vida vem em ondas. E porque é sábado, Brasília é outra coisa. As ruas estão mais limpas. Eles se foram rumo aos seus currais eleitorais. E você sabe nesta cidade quase boa, com quem está falando. A cidade hoje pertence, com horrorosas exceções, aos seus cidadãos comuns.

Hoje é sábado, amanhã é domingo. Não há como o tempo para passar. É muita bondade de Nosso Senhor Jesus Cristo. Mas por via das dúvidas livrai-nos meu Deus de todo esse mal. Pelo menos até terça-feira quando a turba volta a fazer de Brasília a capital federal mais ocupada do mundo por perigosos usuários de colarinho branco e gravata. É o metro quadrado mais  pernicioso e mais caro do ranking mundial.

Hoje é sábado, amanhã é domingo. Depois de amanhã, a perspectiva de mais uma terça e Brasília não gosta de ver ninguém bem.

DILMA EMBANANADA
E porque hoje é sábado há no governo um frenesi de dar banana. Dilma Vana se desespera pelo brado retumbante do "Volta Lula" e bota Ricardo Berzoíni, o caçador de velhinhos da Previdência, nas Relações Institucionais que era de Ideli Salvatti que, como tábua de salvação, recebe a Secretaria de Direitos Humanos que devolve Maria do Rosário para a Câmara que, por sua vez, não pode fazer nada contra. E porque é sábado, Lula vem aí. E há um beber e um dar sem conta; e uma infeliz que lá se vai de tonta.

GARDEN NA PAPUDA
Há um garden-party na cadeia. Porque hoje é sábado há pela Papuda a sensação angustiante de uma profunda discordância. Há piquenique de políticos. E um grande espírito de porco. Até agora os prisioneiros mensaleiros não foram registrados no Cadastro Nacional de Condenados por Improbidade. E porque é sábado e amanhã é domingo, continuam sem inscrição na lista dos inelegíveis. Parece até que há um padre passeando à paisana no Conselho Nacional de Justiça.

OLHINHOS CHINESES
Porque hoje é sábado há a comemoração fantástica da nota A que a agência de risco chinesa Dagong dadivosamente concedeu à economia brasileira. Porque há a perspectiva de domingo, a inevitável segunda-feira, a certeza de uma nova e torturante terça nos devolve a velha e perigosa Brasília reocupada por colarinhos e gravatas itinerantes. E dando os trâmites por findos, porque hoje é sábado, a China pode arregalar os olhinhos no baratilho tipo rifa de quermesse da Petrobrás que o lulático governo Dilma não quer privatizar, apenas terceirizar.

28 de mar de 2014

QUE ENERGIA, MEU?
Lobão admite realizar campanha para evitar falta de energia na Copa. Tá bom, a gente já entendeu: o governo vai gastar em publicidade o que não emprega na busca pela excelência em Minas e Energia. Em todo caso é bom esclarecer o que é mesmo "energia na Copa". Energia elétrica, ou energia física dos atletas na Copa da Fifa, ou na copa-cozinha?!? De qualquer maneira, dá para entender que uma verbinha publicitária, um bom plano de mídia, às vésperas de uma eleição que venha depois de uma Copa é pra lá de oportuna e convincente.

O DRAGÃO TAÍ
Inflação do aluguel sobe 1,67% só em março, apontou ontem uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas. Tá, mas isso não tem nada a ver com o aumento de quase 10% que mais de 9 mil remédios vão sofrer já na semana que vem. Sumo da batida: o dragão da inflação está aí.

GUERRA É GUERRA
Munição desviada do Exército no Rio é vendida a membros do PCC em São Paulo. Será mesmo que essa guerra entre cariocas e paulistas não vai acabar nunca?!?

CONVITE VIP DA PETROBRÁS
Petrobrás deu convite vip para o genro de Dilma Vana assistir ao GP de Fórmula-1. Grande coisa. O cara entende tudo de corrida, pô! Pior que esse convitezinho chumbrega é o custo do patrocínio da Petrobrás às competições mais chatas do mundo esportivo que se tem para ver na televisão. Aquilo não passa de um autorama ocupado por duas dezenas de baratas tontas atrás de uma emoção que já se foi há muito tempo. Veja bem que para o Michael Schumacher se acidentar foi preciso ir para uma estação de esqui lá na beirada dos Alpes.

PORTUGUÊS INDOMÁVEL
Pesquisa alhures dizem que 40% dos alunos chegam ao fim do ensino médio sem dominar Português. Grande novidade! O Lula foi presidente da República justamente por isso. O único português que ele domina é o cara aquele dono do hotel de luxo que a Dilma escolheu em Lisboa para se hospedar, numa parada técnica quando viajava para uma cúpula em outro país.

NOVA CHANCE
Dias Toffoli não prega prego sem estopa. Mandou o processo do tucano Eduardo Azeredo para a Justiça de Minas Gerais. O que parece um retardo no andamento da coisa é, na verdade, a chance dos mensaleiros condenados, tipo assim Zé Dirceu, Genoíno, Delúbio e genéricos apelarem para a Corte dos Direitos Humanos da OEA.

ROLEZINHO JÁ
Jovem que participava de arrastão foi morto por PMs de folga em São Paulo. Taí ó, se não fosse os policiais estarem de rolezinho por ali, a bandidagem tinha se dado bem. Brasil, arrastão nunca mais! Rolezinho, já!

REJEIÇÃO A GAYS
Agora andam dizendo por aí que na ditadura, gays eram rejeitados pela direita e pela esquerda. E foi assim que se descobriu que os gays dormiam com a democracia e acordavam com a ditadura.

CHINA DÁ 字母 AO BRASIL
Agência chinesa dá nota "A" ao Brasil. Dito assim desse jeito, até que parece uma boa notícia. Mas, no idioma chinmês simplificado a letra A é assim 字母... Como foi que o governo brasileiro - que mal e mal sabe falar português -  descobriu tão ligeiro a nota que veio da China?!?

CABEÇA ACHADA
Delegado atento e diligente disse nesta sexta-feira que a cabeça achada na Sé, no miolo de São Paulo, é da vítima que teve o corpo esquartejado. Ah, bom que alívio. Já tinha gente pensando que nessa antevéspera de eleições já estavam rolando cabeças na Prefeitura e no governo de São Paulo.

SEMÂNTICA DA GOVERNANÇA
Edison Lobão, ministro das Mionas de Sarney e das Energias de Dilma Vana, admitiu ontem  "pedir economia" para não faltar luz na Copa. Esse jeito de ser e de falar do governo é mesmo de matar: na hora de privatizar, diz que é terceirização; quando anuncia racionamento diz que é economia de luz.

NÃO VOS ATUCANEIS!
Petistas, lulistas ou dilmistas, ficai tranquilos, calmos e sereno! Não vos escandalizeis e nem vos atucaneis! Esse escândalo da Petrobras é igual ao escândalo do Mensalão: não dá em nada, só pelo simples e corriqueiro fato de que a oposição não tem biografia que lhe permita pedir hoje o impeachment de Dilma Vana, assim como não teve para pedir a queda de Lula, no já antigo ano de 2006. São cartas do mesmo baralho. E que baralho... São do baralho!

DEMOCRACIA É LÁ
Em que lugar do mundo uma figura que exerça a presidência de um país republicano governa-o por medidas provisórias, manda e desmanda no Congresso Nacional e escala o elenco de ministros da mais alta corte de Justiça da nação e, por isso, seja tida e reconhecida como uma democrata?!? Em que país do mundo esse regime de poder é chamado de democracia?!? Tá, tá bom. Concordo com você: nos Cafundós do Judas.

GRANDE CPI
Grande coisa essa CPI da Petrobras. Perda de tempo e de dinheiro, uma vez mais. Os governistas têm maioria na composição do bloco que vai fingir que investiga a propinagem e a negociata daquela velha refinaria de Pasadena, no Texas. Estão tratando a roubalheira como se fosse coisa política quando o caso é de polícia. Estão entregando o ouro para o bandido.

SAÚDE PADRÃO FIFA
Não é a gente que anda dizendo isso; a gente só vê com os próprios olhos. Quem mata a cobra e mostra o pau é o relatório do Tribunal de Contas da União. Ele revela que no Brasil da Silva, terra do miraculoso programa Mais Médicos, há 116 hospitais públicos sem médicos, sem leitos, sem remédios, sem equipamentos, sem insumos e materiais hospitalares, com UTIs lotadas e às moscas, corredores abarrotados de pacientes desassistidos, caindo das macas e pelas tabelas...

É o padrão Fifa que o governo reserva para o povo que paga a mais pesada carga de impostos do mundo. O mesmo governo que comemorou ter arrecadado no mês passado mais de 83 bilhões de reais em tributos, taxas e impostos. Pena que a dinheirama vai para o esgoto da máquina administrativa do próprio governo que gasta tudo em viagens ao redor do mundo, em propinas, em compra de aliados e com terceirizados incapazes e desqualificados. Ainda bem que nos sobram os médicos cubanos.

FALE AGORA!
Cerverá, bode expiatório, responsabilizado pela compra da refinaria de Pasadena, diz agora que quer botar a boca no trombone. Pode botar. Deve botar. Precisa botar. Mas que não espere pela CPI. Ali não adianta nada. Fica o dito pelo não dito. Fale na Delegacia de Polícia mais próxima. E fale agora, já. Antes que amanheça com a boca cheia de formiga.

PAISAGEM OUTONAL
A queda de 7 pontos nos índices de popularidade do governo Dilma deixou todo mundo com cara de paisagem no Palácio do Planalto. Paisagem em dia de chuva, raios e trovoadas. E as caretas fazem sentido: a pesquisa científica Ibope/CNI foi feita antes do escândalo da compra pela Petrobras da carcomida refinaria de Pasadena. Em todo caso, bem-feito! Quem manda acreditar em pesquisa. E tem uma coisinha mais: a eleição não é hoje. Ainda dá tempo para retomar a campanha "Volta,Lula".

PREPARE O BOLSO
Enquanto isso, prepare seu bolso. Vêm aí, aumento no preço do combustível nos postos de serviço e coisa de 10% a mais nas contas de luz. Mas isso, nunca durante a Copa das Copas e jamais às vésperas das eleições. Ainda falta um tempinho para 2015.

SÓ POR CONCURSO
Dias Toffoli, ministro do STF por indicação da president@ Dilma Vana, alertou ontem ao governo de Minas Gerais que "concurso é a única forma de ingresso no serviço público". Ah, bom..

27 de mar de 2014

VÁ À CONCESSIONÁRIA
E DESFAÇA O NEGÓCIO

Então tá. Você entra na concessionária, escolhe um carro último tipo, zerinho, branco da cor da moda, financia em 60 meses. Paga as duas primeiras prestações e dez meses depois devolve o carro e diz que não o quer mais.

É que, no mesmo dia em que fez a compra, você deu a volta na quadra e percebeu que o carro já havia desvalorizado cerca de 20%. Assim é que dez meses depois diz ao vendedor que não quer mais nada.

E não quer, por três simples razões: a primeira, pela desvalorização do bem adquirido por um preço exorbitante que daria para comprar muitas outras unidades; a segunda, porque não leu direito o contrato de compra e venda; e a terceira, simplesmente porque o carro não era nada daquilo que "na época, parecia um bom negócio". Faça isso. Volte à revenda, desfaça o negócio, ela vai ter que engolir o sapo.

Afinal, Dilma Vana fez exatamente isso na negociata da Petrobras com a velha refinaria de Pasadena e com a outra, lá do Japão. Ainda não devolveu nem uma e nem outra, mas já confessou que "na época lhe parecia um bom negócio" e que também não leu direito o que assinou.

Dilma Vana fez, está feito e pronto. Fica tudo por isso mesmo, como há de ficar pra você também lá na concessionária, meu querido também filho de Deus.

STF CANSADÃO
Maioria do Supremo Tribunal Federal decidiu nestas quinta-feira enviar a ação contra o tucano Azeredo à Justiça de Minas Gerais. Bolas, nãoé porque usam capinhas esvoaçantes que ministros do Supremo não parecem ser gente como a gente. Eles estão cansadões de julgar tanto mensaleiro.

DELAÇÃO PREMIADA
Siemens fecha acordo para entregar documentos internacionais do cartel de trens e coisas parecidas. Não é nada, não é nada, não é nada mesmo. Isso apenas  tá ficando com a cara de delação premiada para uma pessoa jurídica amiga do peito.

DILMA CAI PARA 36%
E aí vêm de novo o Ibope e a CNI com suas pesquisas científicas, só para alegrar os lulistas, mostrando que o governo Dilma caiu de 43% para 36% na aprovação popular. Era só o que falta, a gente agora acreditar numa pesquisa Ibope/CNI só porque Dilma Vana já não é mais aquela. Prefiro levar em conta sempre os 3 ou 4 pontos de margem de lucro nesses levantamentos.

CPI DA PETROBRAS
Renan Calheiros afirmou nesta quinta-feira à tarde que "não há mais o que fazer" e vai instalar a CPI da Petrobras. Pronto, era tudo que o governo mais queria. Agora sim, Dilma Vana - aquela que assina contratos de compra e venda de grande vulto sem ler direito o que está assinando - vai ganhar a devida blindagem e mais um salvo-conduto para continuar botando o jamegão no que lhe der na telha. Esta CPI, hoje, parece um bom negócio. Mas, não se iluda, só parece.

ATAQUE À MINISSAIA
O Brasil é o país das enquetes e das estatísticas. Agora, a maioria dos brasileiros acha que mulher que usa roupa curta merece ser atacada. A turma nem se deu conta que as mães deles saem de minissaia para ir de ônibus para o trabalho. Outros 59% dizem se incomodar com beijo gay. Essa pandilha morre de ciúme. E os mais babacas garantem que existe "mulher para casar" de montão. Nem sabem o que estão perdendo.

INTRIGA DA OPOSIÇÃO
Rio Grande do Sul investiga, por enquanto, três casos de reação à vacina contra HPV. É aquela injeção nas meninas que evita verrugas nos lugares mais incômodos. Deve ser intriga da oposição. O Ministério da Saúde no Brasil da Silva não erra nunca.

TRAVESTI MOLESTADOR

Travesti é detido por molestar homem dentro de vagão do Metrô de São Paulo. Isso é o que dizem alguma testemunhas oculares. Mas, como se sabe, a testemunha ocular é a meretriz dos autos. Vá que o molestado tenha se surpreendido antes de ser bolinado. Há controvérsias.

PEDÁGIO HÍDRICO
Alckmin enviou uma equipe de negociadores para dialogar com o Rio de Janeiro sobre o uso das águas do Paraíba. É o primeiro passo rumo a instalação de pedágio hídrico no Brasil. Em Pelotas, minha pátria pequena que deixei no Sul, a Lagoa dos Passo vai ser escassa para tanto pedágio. Os banhistas logo pagarão para ir e vir do Santo Antonio ao Valverde e desses dois paraísos para o balneário dos Prazeres, o bom, bonito e barato Barro Duro.

QUALIDADE FIFA

Qualidade do ensino médio cai e fundamental fica estagnado em São PauloDados obtidos pelo jornal Estado de S. Paulo mostram que o índice do terceiro ano caiu de 1,91 para 1,83 no ano passado. Os marqueteiros petistas acham que isso é armação da campanha de Paulo Skaf, presidente da Fiesp. Ele quer dizer que nada se compara ao padrão Fifa das escolas do Sesi e aos cursos do Senai. 

MANIFESTAÇÃO VERMELHA DE RUA
O PT aproveita-se da organização do seu espírito-de-corpo e da desorientação de uma nação indignada que não consegue se organizar, para apropriar-se das mobilizações de rua. Rui Falcão, presidente secundário do partido que é presidido com honra por Lula da Silva, está convocando a turma aos bocados. E então, você pode esperar, vêm aí, com bandeiras, pirulitos, porta-estandartes, faixas e cartazes, passeatas com os Red Blocs da CUT - Central Única dos Trabalhadores, MST - Movimento dos Sem Terra, MTT - Movimento dos Trabalhadores sem Teto, MPL - Movimento Passe Livre e, se bobearem, vem por aí até a falecida UNE - União Nacional dos Estudantes com todas aas bandeiras e carteirinhas que o PT domina e distribui.. Daqui pra frente, os blackblocs que não se arrisquem a bagunçar as manifestações de rua porque vão ser depredados e vandalizados pela turma redbloc que é boa de braço e tem as costas quentes.

O APLAUSO DE QUEM NÃO GOSTA
Diante da friagem e do medo que o governo, os black blocs e as tropas boas-de-braço espalharam sobre os cidadãos ordeiros que saíam às ruas para manifestar sua indignação contra a corrupção, os péssimos serviços de saúde, educação, transporte, segurança e contra as flagrantes desigualdades sociais, só nos resta a voz. Resta-nos a palavra gritada, o berro, o grito de repúdio: a vaia! Façamos isso, então. Isso a gente pode fazer sem sair de casa. Basta fecharmos as portas para que não sejamos assaltados por eles e abrir nossas janelas. Dali podemos vaiar, podemos gritar nossa raiva, nossa desconformidade. Sozinho na janela, ou junto com nossa família inteira, da mesma janela ou de todas as que pudermos abrir contra essa pandilha que vandaliza o Brasil, que depreda os cofres e o patrimônio público. Sempre que passar um bando desses desordeiros organizados, avise seus vizinho e corram todos à janela. A vaia dói muito mais do que uma paulada, uma bala de borracha, um spray de pimenta na cara. Basta saber que Dilma Vana não vai discursar na abertura da Copa, uma vitrine para bilhões de telespectadores no mundo inteiro. Não se misture. Abra a sua janela. Abra o peito. Solte sua vaia! Engrandeça-se, eles não poderão fazer nada contra você.
DESSA ÁGUA EU BEBEREI
Rio e São Paulo estão engalfinhados para ver quem bebe mais água do mesmo rio. Essa mixórdia já está virando um porre. As águas vão rolar... Besteira. Coisa fácil de se resolver. É só fazer com o Rio de Janeiro o que a turma dos royalties do pré-sal fez. Tira deles e reparte pra todo mundo. É a hora dos cariocas darem o troco e deixar os paulistanos de bico seco. E, quanto ao resto desse Brasil da Silva fora de controle, quem tem rio por perto, nunca diga "dessa água não beberei".

AMEAÇA NACIONAL
Falando sério, essa disputa de beleza entre cariocas e paulistanos pela água do rio é uma grande ameaça nacional. Não demora nada, todo lugar que tiver uma fonte de água, vai querer se antecipar ao governo central e centralizador que nos comanda, e instalar pontos de pedágio no curso de seus rios. Talvez até a ideia não dê certo, porque os estados e municípios que se julgarem prejudicados bem que poderão despejar seus esgotos e dejetos no rio que já não lhes pertence. Esse tipo de atitude, você já viu, vai onerar em muito os cofres das concessionárias. E isso, o governo jamais vai permitir. Jogar dejetos na água, não; o governo jamais vai permitir que prejudiquem uma concessionária. Prefere jogar esse ônus que já não está cheirando bem na nossa conta. Depois da guerra urbana da pacificação nas favelas do Rio, que pode se espalhar pelo Brasil afora, estamos à beira de uma guerra hídrica de margens e contornos nacionais.

LIBERDADE DE PRESSÃO
Como era de se esperar foi aprovado na Câmara o Marco Civil da Internet. O blocão dos descontentes foi só jogo de cena. Essa pandilha não nos representa mesmo. Agora, segundo Dilma Vana, em nome de Lulas, Falcões e outros aliados tipo assim maria-vai-com-as-outras, todos teremos "mais liberdade de expressão". E ela, a caneta na mão. Ou a tesoura. Tudo só depende do estado de espírito da sócia-proprietária do Brasil da Silva. A nossa liberdade de expressão está agora intimamente ligada à força de ex/pressão que vem de cima e desce a rampa.

COISA DE POLÍCIA
Que CPI da Petrobras quê nada! Seria mais uma negociata abafada por essa pandilha que não nos representa. A gandaia de compras superfaturadas de refinarias fajutas em Pasadena ou no Japão é coisa de polícia. Caso para ser resolvido pelo titular da Delegacia Policial da esquina mais próxima. O Ministério Público já deveria estar à cata desses conhecidos lobistas, disfarçados de autoridades públicas e notórias, comedores de comissões escandalosas e agentes de malfeitos contumazes que só não acabam com o país, porque o Brasil é rico por natureza.

MÃE DESNATURADA
Você ainda lembra do PAC-2 - lançado em 2011, antes mesmo que o PAC-1 fosse realizado? Pois uma das coisas que foram deixadas para trás pela velha e desnaturada Mãe do PAC, foi a promessa de entregar 513 Unidades de Pronto Atendimento, as decantas UPAs que Lula regorgou um dia, lá no Nordeste, que eram tão boas e bonitas que "até dá vontade da gente ser internado nelas". O governo Dilma Vana - de acordo com o site da ONG Contas Abertas - entregou de lá para cá apenas 14 gloriosas UPAs. Isso é só para registrar, porque esse é um governo que, como diria Zé Dirceu nos seus velhos tempos de liberdade, "não realiza, e nem deixa realizar".

PENAPOLENSE COM A TAÇA
NA MARCA DO PÊNALTI
Que surpresa! O Penapolense, de Narciso, não foi na noite desta quarta-feira no Morumby, nem metade do que eu e o seu antigo e consagrado zagueiro limpa-trilho, Vanilton Senatore, esperávamos. Para desclassificar o São Paulo, de Muricy Ramalho, teve que ganhar nos pênaltis. Os dois ou três a zero que a gente esperava, não saíram do saco de pipoca. O Penapolense pipocou. Mas, assim mesmo, deu para mostrar que o Santos F.C. vai ter que rebolar, para não perder por 4 a 2. Nos pênaltis. O time de Penápolis não é fraco, não.

CABIDÃO DE EMPREGO
Se você não tá sabendo, me dê licença de contar: depois dos dois governos Lula o quadro funcional da Petrobras escancarou-se de 46 mil para 85 mil funcionários. Enquanto dobrava o número de terceirizados sem qualificação e sem concurso, a maior empresa paraestatal do Brasil era reduzida pelo cabidão de emprego em que se transformou à metade do que sempre foi no tempo em que o simpático ditador Getúlio bradava: "O petróleo é nosso!". Hoje, não resta nem o grito lulático e eleitoreiro do tão inalcançável quanto irresponsável pré-sal.

25 de mar de 2014

TRÂNSITO INTOLERANTE DE BRASÍLIA

Não, claro que não. O trânsito de Brasília nem se compara com o trânsito de São Paulo e do Rio de Janeiro. As vias são expressas; há viadutos por todo canto; tudo é pista de rolamento; há tesourinhas e áreas de escape aos borbotões...

Não, o trânsito de Brasília não se compara com as loucuras de Rio e São Paulo. Mas, certamente, é o trânsito de motoristas mais intolerantes e de narizes mais empinados que há sobre a face da Terra.

Todo santo dia, de terças a sextas-feiras, no período das 7 horas às 9h30, depois entre 11h45 e 14h45 e só mais para lá, das 17h30 às 21h é um deus-nos-acuda andar de carro na Capital da República.

É o Rush dos Terceirizados. Uma pressa nunca vista desses cabos-eleitorais infiltrados na máquina pública para não fazer nada, absolutamente, aonde quer que seja o destino do motorista sem limites de intolerância, prepotência e agressividade. E o pior e mais irritante é que sua pressa os leva do nada a lugar nenhum.

Parece que todos têm medo do chefe. Parece que ninguém quer perder o emprego. Parece até que eles não são chefes deles mesmos e até que nem estão acima dos servidores públicos de carreira, cujos salários estão muito abaixo desses lambe-botas terceirizados que ocupam cargos em comissão, sem um pingo de aptidão ou de preparo para executar aquilo que vivem mandando aqueles que sabem executar por eles.

O motorista da hora do Rush dos Terceirizados é agressivo, absoluto e arbitrário no trânsito porque eles têm pressa para chegar no gabinete, tomar um cafezinho, telefonar para São Paulo, sair para um almoço-executivo à la card corporativo, voltar às 14h45 e às pressas para o mesmo gabinete, tomar outro cafezinho e sair como um motorista idiota, ufano, arrogante e intolerante, tomando conta das ruas de Brasília.

É que ele não pode perder mais uma sessão de happy hour com os companheiros de facção partidária que devem ter poucas e boas para contar sobre os bastidores republicanos de mais um estafante dia de patrióticos serviços à Democracia da Silva.

Calma, calma aí. O dia só acaba quando termina. Ele, o intolerante, sai do barzão com umas que outras na cuca, dá o carteiraço no policial da blitz, bate sinal de luz na traseira de dois ou três molóides que atravancam o fluxo da via expressa, chega em casa, toma uma boa e reconfortadora ducha morna e vai pra caminha que é lugar quente e gostoso.

É quando então, ele se dá conta de que sua mulher, apesar de ser uma exímia motorista, ainda não chegou em casa. Só nesse momento ele consegue ser o cara tolerante que sempre foi, antes de vir para Brasília. E dorme o sono dos justos. E sonha com o poder e não cai da cama.
NÃO CONSIGO FALAR
HAHAHADDAD SEM RIR
A gestão do poste petista implantado por Lula na Prefeitura de São Paulo, Fernando HaHaHaddad - não consigo escrever esse nome sem rir - decidiu dispensar 905 auxiliares de professores. Substitutos só vão atuar depois do meio do ano. Isso quer dizer apenas que até julho, ou mais ou menos por aí, professor não faz falta e aluno pode faltar. Imagine durante e depois da Copa! E como a Copa termina antes das eleições de outubro, vai dar tempo para reempregar um monte de professores com carteirinha assinada. Daí em diante, não faltará mais esse corpo estranho às salas de aula que se chama professor, mas também atende pelo apelido de cabo-eleitoral. Esse 905 de hoje serão os mais de mil amanhã.

CUT VAI ÀS RUAS PELA COPA
Chamada pelo governo, a CUT - Central Única dos Trabalhadores, vai às ruas para defender a Copa. A mobilização vai ser nas cidades-sede da competição. É uma coisa assim meio híbrida: uma espécie de Black Blocs vermelhos. Black Bloc Red. Com suas camisetas vermelhas, pelegos com fulgurâncias amarelas e suas bandeiras e estandartes, a CUT vai realizar no Brasil as primeiras manifestações padrão Fifa. Não haverá vandalismo, nem depredações, nem quebra-quebra, muito menos confronto. É tudo companheiro bom e batuta. Há controvérsias. Outro dia, os manifestantes do MST patrocinados pelo BNDES, Petrobras e Banco do Brasil, depredaram, bagunçaram e arrebentaram a cara dos guardas e a Praça dos Três Poderes, só para ter um encontro com sua símbala e sua ídala, a president@ Dilma Vana. Quando o governo se mete, tudo pode acontecer. Inclusive, nada. E quando a Fifa aparece, sempre pode acontecer de tudo. Inclusive, chute no traseiro de ministros.

COMOVENTE ESFORÇO REDUNDANTE
É comovente o esforço de um bloco de senadores da oposição querendo ir a fundo na questão da compra, há coisa de oito anos, de metade da carcomida refinaria de Pasadena pela Petrobras, com assinatura de Dilma num documento que, ela confessou, não leu direito. nesta terça-feira o grupo se dirigiu formalmente ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot. O bloco que quer saber tudo sobre a negociata de Pasadena para depois pedir o impeachment de Dilma Vana, é composto por Pedro Simon (PMDB-RS), Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), Pedro Taques (PDT-MT), Ana Amélia Lemos (PP-RS) e Cristovam Buarque (PDT-DF). Então tá, palmas que eles merecem. Só tem uma coisinha, esse comovente esforço é redundante: Rodrigo Janot é procurador-geral da República porque, só por acaso, foi indicado por Dilma Vana para o cargo que foi de Roberto Gurgel - o Carrasco dos Mensaleiros.

PAPO AMIGO
Aí então, o Senado se movimenta e dá o ar de sua graça. Talvez a maior graça: Graça Foster. E então os senadores chamam a president@ da Petrobras para explicar a compra da refinaria de Pasadena, no Texas. Devem aproveitar para perguntar-lhe também sobre a refinaria do Japão.

Em todo caso, tanto faz como tanto fez e tanto fará, a conversa vai ser boa e coisa e tal, mas ficará combinado que fica tudo a combinar.

É preciso, antes de tudo e de mais nada, ver e saber quem vai perguntar coisa com coisa, quem vai querer saber de Graça o que ela sabe que ninguém mais pode saber. Papo de amigo, a gente pode bater em qualquer bar, qualquer lugar, não precisa ser no Senado da República.

VEM MAIS PRA MENOS
Não fique aí pensando que esse rebaixamento do Brasil para o mais triste nível da confiança em países que integram o bloco da credibilidade pode acabar por aqui mesmo, graças às respostas iradas do governo brasileiro. Quê nada, a possibilidade de novo corte da nota de risco é um sinal de alerta que já começa a piscar. As agências de classificação baixaram não foi só a Petrobras; rebaixaram também a Eletrobras.
O GOVERNO GASTA MAL E DILMAIS

Atordoado com o soco que levou nos rins, cambaleante como se estivesse nocauteado em pé, o governo usa seus arautos patrocinados na mídia convencional e na esgotosfera, para desqualificar as agências de classificação de risco em geral e a Standard & Poor's em particular, para justificar o rebaixamento para o mais baixo nível no bloco dos países com credibilidade.

Agora, a mídia amestrada diz que a Receita Federal arrecadou em fevereiro nada menos de R$ 83,17 bilhões. Poderia dizer que nesses três meses de 2014, o governo já abocanhou mais de R$ 400 bilhões. Não adianta coisa alguma: a máquina administrativa pública consome tudo com os milhares de aspones terceirizados, incompetentes e inaptos para os cargos onde caíram de paraquedas.

Não mudaria nada para as agências classificadoras de risco. Elas rebaixaram o Brasil porque o governo gasta mal e gasta dilmais. Quanto mais arrecada em impostos, mais o governo brasileiro atira dinheiro pro ar. Atira pro ar e apara. É tão perdulário quanto olho grosso e irresponsável.

BULLYINGNANDO
Distrito Federal lançou campanha contra abuso sexual em ônibus. Ah, bom. Bullying agora se escreve buline, no transporte urbano. É que o governador já não aguenta mais saber que todo mundo anda bullyingnando todo mundo nos coletivos. Mas e  no metrô, no escurinho do cinema, na fila do INSS, no pátio da escola, no gabinete do chefe, na sala da secretária tá valendo?

DESCREDIBILIDADE
O Mesmo com menos credibilidade o governo tenta desqualificar a agência de classificação de risco Standard & Poors. Esse é o governo do PT que a gente conhece! Só está mais demoradinho. Já faz dois dias que a S&P meteu os cachorros na política econômica brasileira e ninguém dizia um desaforozinho sequer. Tá, a gente até sabe que essas agências classificadoras de risco já não despertam a mesma confiança desde que tropeçaram na crise de 2008, mas a credibilidade do governo brasileiro está abaixo do nível das três pedrinhas de gelo do uísque derramado.

QUIZ
Questão com respostas de múltipla e variadíssima escolha; responda sim, não, talvez e talvez sim, talvez não e até nem responda coisa nenhuma: 1) Quem quebrou uma loja 1,99 pode quebrar a Petrobras?

FELICIANO E O PRECONCEITO
Vejam só esta notícia: O Supremo Tribunal Federal abriu inquérito contra o pastor-deputado Marco Feliciano por preconceito religioso. O ministro Gilmar Mendes atendeu pedido feito pelo procurador-geral da República, porque em um vídeo que rola na internet o ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara pede o fechamento de terreiro de macumba e quer "o sepultamento de pais de santo". Acho que a pena mais adequada para Feliciano seria a condenação a uma sessão de descarrego no terreiro que ele pediu para ser fechado e, evidentemente, uma visita ao campo santo onde ele gostaria de sepultar os pais de santo. Nem a reza mais forte do pastor lhe arranjaria tempo para recorrer da sentença fora do cemitério.
O LEGADO DA COPA

Tome nota aí: um dos grandes legados da Copa das Copas vai ser a inflação. Os preços de tudo já dispararam nas cidades que sediarão os jogos da competição da Fifa.

Hospedagens - em hotéis, cabanas, pousadas e residências periféricas a cada arena - bandeirada de táxi, comidinhas, lanches, em bares e restaurantes, camisetas e chaveirinhos do Brasil, gorjeta para garçom, propina para flanelinhas... E você acha que, depois da Copa os preços vão baixar?!?

Então tá. Eu tenho aqui comigo um bilhete premiado na Loteria Federal, vale R$ 500 mil, mas eu estou com preguiça de ir lá depositar na minha conta, você quer comprá-lo? Vendo de barbadinha a metade dele pela melhor oferta. Topa?!?

Deixa eu completar, antes que você venh afazer negócio comigo: essa Copa só vai dar lucro- e já deu um monte - para quem inventou de trazê-la para o Brasil.

O povo não quer ver a Copa na TV. Ora Bolas, carambolas, pela TV, ele vê da sua sala, ou num telão de rua, uma Copa do Mundo em qualquer lugar do planeta em que a Fifa enfie essa empulhação. O povo quer saúde, educação, transporte, segurança e mais, muito mais igualdade e justiça social.

Quer dizer, o povo quer, mas não sabe que quer e por isso, o brasileiro pobre e mortal e comum fica feliz se tiver um copo de cerveja na mão e um banco na mesa de um bar para botar os fundilhos, enquanto se vidra na telona, sem entender e tampouco querer saber porque a mulher dele não gosta de futebol, mas gosta quando ele sai para ver futebol. Tomara que seja pelo que estou pensando.

É que 90 minutos são mais que suficientes para qualquer mulher entender os segredos da bola. Ainda mais numa Copa do Mundo que tem jogo todos os dias.
O ESPÍRITO NACIONAL

Quando, nos primórdios da revolução da revolução de 64, Lula se apresentou como candidato à Presidência da República, as forças-vivas da nação se insurgiram contra ele, sob o medo manifesto de que ele fosse esculhambar o Brasil, pulando cercas, arrebentando portas de fábricas, explodindo bancas de revistas e coisas assim.

Quê nada. Lula virou presidente e presidente foi por oito longos e simpáticos anos de bonança popularesca e convivência pacífica com banqueiros, empreiteiros, sindicalistas pelegos, consultores monumentais, lobistas oficiais, capitães da indústria e do comércio. Virou até empresário de instituto, promotor de eventos e palestras nacionais e internacionais.

Lula não foi, em momento algum de sua ditabranda, aquela ameaça furibunda que um cara picado de cobra por uma ditadura militar poderia ser para um país em plenas vias de redemocratização.

Lula não arrebentou portas de fábricas, não explodiu bancas de revistas, nem coisas assim. Bem que andou pulando cerca, mas isso até que é bom num país em que gandaia é sinônimo de vivacidade e esperteza.

Lula foi bem mais além do mal que esperavam dele. Lula invadiu o espírito brasileiro. Inoculou-o com o vírus da esperteza; do toma-lá, dá-cá; da gana por levar vantagem em tudo e por tudo.

Sua estratégia de coalizão pela governabilidade, traduzida num simples "quanto é que você quer para ser meu aliado?" contaminou os brasileiros ingênuos e desprevenidos que hoje sonham em ter para seus filhos um futuro igual aos que venderam sua alma para o popular metalúrgico que virou repentista de palanque e doutor honóris causa diversas e incontáveis vezes.

Lula não derrubou bancas, não arrebentou portões de fábricas, só instituiu sistemática e explicitamente o espírito de porco nacional, enquanto pulava uma cerca lá que outra.

VÃO SE CATAR!

Agora a Polícia Federal - que até parece que está de mal com seu chefe supremo, Zé Eduardo Cardozo, ministro da Justiça de Dilma Vana - afirma que doleiro pagou ex-diretor da Petrobras pelo contrato que redundou na compra da metade daquela velha refinaria de Pasadena, no Texas.

Nesse meio tempo, investigações ligam transações da Operação Lava Jato - como são lindos e criativos esses nomes das ações policiais - à execução das obras de construção da refinaria de Pernambuco.

E nesse tempo Inteiro, enquanto rola a trampa lá do Japão, a Controladoria Geral da União, sai da toca e quer investigar "falhas" no negócio da companhia texana que Dilma, então president@ do Conselho da Petrobras, assinou sem ler direito. O bicho tá pegando. Mas, nem tanto quanto se pensa.

Bolas, querem agora abrir uma CPI da Petrobras! Ah vão se catar! Essa pandilha não nos representa. Uma CPI a esta altura do campeonato, só estraga o jogo. O que essa banda larga precisa é de investigação policial. Esse tipo de tramoia, de negociata tem que acabar em cadeia.

Com CPI, tudo dá em nada. Como tudo deu em nada para o grande responsável pelo Mensalão, inclusive um merecido pedido de impeachment, criminosamente ignorado na época pela oposição que o trem também não pega.

CREDIBILIDADE EM BAIXA
O Brasil desceu para o pior patamar de credibilidade que um país pode alcançar antes de sair do grupo de países em que os investimentos são seguros. Dentre as razões que levaram o Brasil, até aqui com ares de impávido e colosso, a ficar com a cola entre as pernas e o queixo caído, a maior alegação é que o governo brasileiro gasta demais. Ainda assim, os governantes celebram o fato de ainda pertencerem ao chamado bloco dos que têm credibilidade no mundo dos negócios. Traduzindo do português para o português: as manobras do governo brasileiro já não enganam ninguém lá fora.

JÁ É MAIS QUE HORA

Epa! o ministro Marco Aurélio Mello surpreende, uma vez mais. Era início de semana. Tempo de dizer alguma coisa. Então, como douto presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ele deu o brado retumbante que toda verdadeira e pura democracia merece. Ele disse alto e bom som que "é hora de avançar e pensar no voto facultativo".

Na realidade, ele só abriu a discussão. Isso já era para ser assim, desde que a redemocratização começou em 1985 com Sarney de presidente dessa República que assistiu apalermada aos reformadores trocarem a ditadura por uma democracia só para eles.

Outra coisinha de nada que o Brasil precisa arrumar com a maior e mais grave urgência é o financiamento de partidos e de campanhas eleitorais por pessoas jurídicas. Que meleca é essa?!? Uma democracia jamais pode ser garantida com dinheiro de agentes que não têm direito a voto.

Dinheiro no cofre de partido político é poder comprado; poder comprado é poder corrompido, emporcalhado; é uma democracia de mãos-sujas, golpe baixo, pilantragem, trambique.

A RÚSSIA É O PARAGUAI
Líderes do G-8 cancelaram reunião e marcaram um novo encontro, desta feita, sem a Rússia. Como Brasil e Venezuela defenestraram o Paraguai do Mercosul, os Estados Unidos e o bloco dos ricos chutaram o traseiro da Rússia. Quer dizer, a Rússia agora é o Paraguai do G-7.

A LUTA CONTINUA, COMPANHEIROS!
Bravata belicosa: o governo central garante ao amedrontado Sérgio Cabral que o Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, terá forças federais "pelo prazo necessário". Ao invés de estabelecer um programa de convivência social saudável, será, honesta e com segurança, implanta um regime de guerra urbana; de confronto entre bandidos e mocinhos com a população no meio do fogo cruzado. Violência gera violência, mas para o governo é sinal de pacificação. O Rio de Janeiro e, não demora nada, o Brasil inteiro vai à guerra. E a luta continua, companheiros!

E A CAIXA-PRETA?
A Fazenda está renegociando empréstimos do BNDES no valor de R$ 238 bilhões. Isso, ao inverso do que possa parecer, não é coisa nem sequer parecida com a expectativa natural de "abrir a caixa-preta". É só um jeito de renegociação da Fazenda. Simples assim.

Se a oposição quiser mesmo saber de tudo sobre a negociata da Petrobras com metade da velha refinaria de Pasadena, no Texas, não precisa de CPI nenhuma. E nem a oposição tem maioria para levar a ideia de jerico adiante. Basta então convidar Nestor Ceveró, o bode expiatório da Operação Lava Jato. É só perguntar que ele tem a resposta na ponta da língua.

Outro que precisa de muito afeto e carinho, por parte do governo é Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, preso pela Operação Lava Jato na semana passada. Esse é outro que pode abrir uma cratera no meio do santuário dos santos de pau oco esculpidos nesse poder estabelecido que tem outro por dentro, escondendo mirra, incenso e ouro. E preciosas gotículas de petróleo.

24 de mar de 2014

FORA CPI DA PETROBRAS!

Nadando em escândalos, a Petrobras não cobra dívida da Venezuela numa obra de US$ 20 bilhões. A quem interessar pode uma coisa dessas?!? A você é que não interessa. E, ao que tudo indica,  não interessa nem a Dilma Vana.

É por essas e outras que a gente tem que esperar com fé e orgulho que não saia a CPI da Petrobras. Se sair, ela vai inocentar essa pandilha toda de sevandijas.

O que a Petrobras mais precisa agora é de uma CPI composta por aliados satisfeitos que lhe sirva de salvo-conduto; de currículo para provar que é inocente: que tudo quanto aconteceu e acontece não é do conhecimento de seus diretores, seus conselheiros e muito menos do governo Dilma que, como o governante que a antecedeu, não lê direito o que assina e vai continuar assinando.

CONDOLÊNCIAS
Pronto! Avião  que sumiu com 239 a bordo caiu no Oceano Índico, disse hoje e afinal, o governo da Malásia. Taí ó. Agora sim, a assessoria de imprensa de Dilma Vana pode emitir uma nota oficial com as condolências da president@ da República. Quem sabe até, enviar uma ajudazinha humanitária para as famílias enlutadas.

IMAGINE DEPOIS
O prefeito de Porto Alegre acaba de admitir que o estádio Beira-Rio pode ficar fora da Copa. Enquanto isso a administração do aeroporto do Rio de Janeiro, cidade-cartão postal do Brasil, que as obras não estarão concluídas até o pontapé inicial da Copa das Copas. Imagine depois da Copa!

EGÍPCIOS X MUÇULMANOS
Justiça egípcia condena 529 membros da Irmandade Muçulmana à morte. O troco vem em seguida. A irmandade Muçulmana vai ter muito menos trabalho que os carrascos egípcios para apagar os juízes da Terra dos Faraós.

TAPINHA E PUNHALADA
Joaquim Barbosa, entrevistado por Roberto D'Ávila na Globo News, disse que não vai disputar as eleições neste ano. Atento aí, cara! "Este ano". Dia desses, ele vem que vem... Mas, de importante mesmo, Barbosa disse que o Brasil é o país do "tapinha nas costas". Disse isso só para inticar com Lula da Silva, aquele que vive dizendo-se "apunhalado pelas costas". Ora, tapa é tapa; punhalada é punhalada. Esses dois não se bicam mesmo.

PLACAS DE CEMITÉRIO
A polícia prendeu uma gangue que roubava placas de bronze no cemitério em São Paulo. Agora, as almas do outro mundo já sabem de quem elas podem vir puxar os pés aqui na terra. Enquanto isso, as placas de prata e de bronze continuam bem protegidas nos esconderijos dos bandos de vivos que vêm matando o Brasil todo santo dia.
FUTEBOL BRASILEIRO
O Campeonato Carioca anda que é uma vergonha. Até o meu Vasco da Gama já ganha de qualquer um que apareça pela frente. Neste domingo mesmo, massacrou o Duque de Caxias. Já pelo Paulistão é diferente. Meu favorito para esta fase de mata-mata é o Penapolense, clube do famoso zagueirão de granja Vanilton Senatore, que matava no peito e saía jogando. 

FUNDO POPULAR
Quem recheia os cofres públicos? Ahhân é você e somos nós, né não?!? É você e todo brasileiro que paga a mais pesada carga de impostos do mundo para que os políticos tomem conta de você e do seu país. E eles têm direito a horário gratuito de TV para dizerem o que bem entendem, quando bem queiram e façam pouco. E garantem isso, uma montanha de mordomias e de diferenças sociais com o chamado Fundo Partidário, constituído por dotações orçamentárias da União e multas e doações e recursos financeiros saídos de tudo que é lado que esteja ao lado deles. Pohaaa! Então por que, me diga, por quê você e eu e nós todos, não temos também o nosso fundo de propaganda grátis para falar só a verdade, nada mais do que a verdade; só o que a gente sabe e pensa deles que vivem falando o que pensam sobre nós e dizendo o que é bom  pra nossa tosse?! Quero eu e deve querer você também um Fundo Popular de Verdades na TV. Eu quero e você deve querer também o Fundo Especial de Assistência Financeira aos Populares Pagadores de Impostos para Canalhocratas Engravatados.   

QUIZ
Quem leva com mais vantagem a vida carcerária numa boa: 1) Fernandinho Beira-Mar; 2) Zé Dirceu; 3) Marcola; 4) Zé Genoíno; 5) Nem; 6) Delúbio Soares?
GENOÍNO E DILMA, OS IGUAIS
Zé Genoíno alegou e alega inocência até hoje no esquema do mensalão que, como presidente do PT, assinava documentos sem ler direito. Foi condenado por corrupção e pegou cadeia. Agora Dilma Vana, declara que, como president@ do Conselho da Petrobras e ministra das Minas e Energia, assinou sem ler direito a compra da velha refinaria de Pasadena, no Texas e repetiu o malfeito com outra negociata igualzinha no Japão. Merece pegar o quê?!? Para crimes iguais, penas iguais.

PT QUER LUGAR DE SARNEY
Epa. O PT virou PT no Amapá. Está tramando tomar a vaga de Zé Sarney no Senado. O velho arenista de sempre já sente a dor da chamada punhalada nas costas. Isso faz parte da estratégia de Lula, presidente de honra do partido, que deseja em outubro, conquistar mais vagas para o PT em todos os níveis parlamentares, a fim de nunca mais precisar do PMDB para ganhar qualquer eleição. Lula quer bancadas majoritárias no Senado e na Câmara.

O LUGAR DE DIRCEU
Os trombones da corrente majoritária que adoram e adulam Zé Dirceu tocam com a maior estridência notas de desagrado e inconformidade com o que chamam de "passividade da sociedade brasileira ante os abusos cometidos pelo Judiciário e pela mídia" com relação ao corrupto chefe dos mensaleiros. E trombeteiam: "Há mais de quatro meses o ex-ministro José Dirceu de Oliveira e Silva cumpre pena em regime fechado, mesmo tendo sido condenado ao cumprimento inicial em sistema semiaberto". Uma privica! Zé Dirceu está no lugar que merece e do jeito que deve ficar. E pelo que se sabe, anda até melhor que seus colegas presidiários. Zé Dirceu rompeu todos os procedimentos devidos por um apenado em regime semiaberto. Ele próprio, com sua empáfia, sua arrogância e prepotência, julgando-se acima da lei e da ordem, descumpriu o regulamento e, como é de sua natureza, andou burlando as leis da cela. Isso corta os benefícios da lei. O Supremo Tribunal Federal não arriscaria sua supremacia, seu supremo poder de fazer justiça por um reles corrupto ativo que continua tentando manter-se em plena atividade.

CAROS DEMAIS
Sabe quanto custou à nação brasileira o recesso dos deputados e senadores? A mixaria de R$ 2,5 milhões. Mas, o que é um boi para quem tem uma estância? Acabem com o regime bicameral no Brasil. País que tem uma Câmara com 513 deputados não precisa de senador nenhum.

CARA DE PAISAGEM
O conflito na Venezuela, vizinha de porta de Boa Vista, capital de Roraima, já matou 39 manifestantes e continua com contornos de guerra civil. Não merece nem a décima parte da atenção que o Governo brasileiro sempre deu aos feitos magníficos de Nicolás Maduro, no tempo em que o cadáver de Hugo Chávez ainda estava fresco. E a imprensa domesticada nacional - que vive de publicidade governamental - dá mais atenção para a Crimeia que era da Ucrânia e hoje é da Rússia do que dá notícias de Caracas. O Brasil da Silva faz cara de paisagem.

TRISTE COMEDIANTE
Lula anda borocochô com o sonho impossível de fazer do tristemente cômico Fernando HaHaHaddad o grande cabo eleitoral do PT na eleição de Padilha para governador de São Paulo. HaHaHaddad é o típico prefeito petista. Um pouco pior, porque não sabe fazer e nem sabe fazer saber.

PIADA
Sérgio Cabral, o Rei dos Guardanapos, pede agora que o Exército fique no Rio até o fim do ano. Quer dizer, a polícia pacificadora é mesmo uma piada carioca de salão. Ou será que o Exército brasileiro, com armas e bagagens é remédio de uso indicado para guerra santa e até mesmo para casos de pacificação?

BOTONS DA PETROBRAS
Os marqueteiros da oposição estão pensando em mandar fazer botons da Petrobras para ser usado na lapela dos seus candidatos à eleição de outubro. Para eles, a Companhia é a marca registrada do jeito PT de governar que Lula ensinou: incapacidade de gestão e planejamento. Desvios e suspeições. Excesso de compromisso com os companheiros, falta de compromisso com o país.

23 de mar de 2014

HAI-KAI
Coisa medonha
Um país não ter medo de
Ser sem-vergonha

UM PAÍS SEM VERGONHA
DE SER SEM-VERGONHA

O brado retumbante dos militares que depuseram João Goulart e implantaram a Redentora em 1964 foi contra a corrupção e a sem-vergonhice que assolavam o país. Hoje, a corrupção é o selo oficial do poder dominante no Brasil da Silva. E a sem-vergonhice é só o jeito de ser que o governo nos ensinou.

E enquanto se espalham pelo país afora e a dentro marchas de grupos indignados contra a corrupção oficial e oficializada, contra os péssimos serviços de saúde, educação, transporte, segurança e contra as oceânicas diferenças sociais, os militares já não são mais aqueles. Sequer têm um comandante que se anime a olhar a president@ da República nos olhos para lhe dizer que vai fazer o que tem que fazer: cumprir a lei.

É que Enzo Peri, general comandante do Exército não se anima a cumprir o decreto que determina cassar a medalha do Pacificador de corruptos condenados e encarcerados como Zé Genoíno, Valdemar da Costa Neto e João Paulo Cunha.

Os marchadores pela Tradição, Família e Propriedade e seus similares podem tirar o cavalinho da chuva que a ditadura não volta tão cedo pelas vias das chamadas forças nacionais.

E nem é isso que o Brasil precisa. O que a nação merece é uma reforma moral, antes de qualquer outra dessas reformas anunciadas que serão promovidas justamente por quem hoje tem o domínio dos fatos. O Brasil da Silva é um país sem-vergonha. E porque é sem-vergonha não se envergonha de ser o que é.

O BLOCÃO DOS DESCONTENTES
JÁ ESTÁ FICANDO SATISFEITO

Enquanto isso, o blocão dos descontentes já não é também mais aquele. Ficou reduzido às siglas PMDB, PTB, PR e PSC. Tome nota aí, vai passar nesta semana que começa o Marco Civil da Internet. E você perderá a liberdade de expressão, o referencial mais forte de que ainda desfrutamos de uma das grandes falsas verdades da democracia. As outras duas são a Liberdade de credo e de pensamento.

Aos poucos, nesses 30 anos de "redemocratização" - desde a presidência de Sarney em 1985 para esses tempos de Dilma - a democracia da Silva foi sendo instalada pelo mesmo grupelho de sempre com alguns líderes de carona como FHC - hoje escanteado- Lula, Dilma, Renan Calheiros, Zé Dirceu, Genoíno, Gilberto Carvalho, Collor e outros travestidos de empreiteiros, fraudadores de licitações, banqueiros, consultores, sindicalistas de gaveta e pelego, presidentes de institutos, ONGs e dirigentes das chamadas forças vivas da sociedade.

ESCÂNDALO, O COMBUSTÍVEL
E então, em boa hora, o escândalo de Pasadena veio à tona e veio também o escândalo da refinaria do Japão. Até outubro, esses dois escândalos vão render nas urnas os mesmo votos que elegeram Lula pelos mais de 200 escândalos do seu tempo de presidente oficial da República. O escândalo é o grande combustível que dá autonomia de voo às viagens fantásticas rumo à sessões eleitorais.

CURSINHOS DE REVOLTA
Essas marchas "da família com Deus pela liberdade" ou coisas parecidas botaram mais polícia nas ruas do que manifestantes. São híbridas. Não se sabe se são políticas ou evangelicais. Ninguém quer ser nem uma coisa, nem outra.

A triste realidade é que não há um fundo de poço, uma grota nos confins desse país que não saiba que o regime dominante no país é corrupto, não tem programa de governo e só alimenta o seu plano de poder. O que o Brasil precisa hoje é sistematizar e organizar a sua alma nacional indignada.

Quem sabe, ao invés de cursinhos pré-vestibulares, a gente cria cursos intensivos de revolta urbana pacífica, ordeira, séria e honesta?!? E aí então faz uma prova tipo Enem, para ver quem é aprovado como líder das massas em cada estado da Federação. Quem sabe... Pois é quem sabe, sabe.

TIRO NO PÉ DELE

Como Pasadena está na moda - a refinaria do Japão é safada também, mas não tem tanto charme - saiba que o Brasil comprou em 2006 apenas 50% da velha refinaria texana que tinha custado aos seus donos US$ 42,5 milhões. A Petrobras comprou a metade de Pasadena então por quase US$ 360 milhões, quase dez vezes mais que o imerecido, já que a refinaria estava dando os doces.

Pois, descontente com o péssimo negócio realizado, os arautos e vassalos do governo Lula fizeram de tudo para comprar o resto, no glorioso dia 3 de março de 2008 por módicos US$ 788 milhões. Pelo menos foi o que a diretoria da estatal propôs ao Conselho de Administração.

A proposta indecente tinha então um valor superestimado em 116% com relação ao que havia sido pago dois anos antes. Dilma Vana era, na época, a president@ do conselhão. A negociata não saiu. E assim é que hoje se entende perfeitamente, porque Lula saiu atirando agora contra Dilma, dizendo que ela "deu um tiro no pé". É que o tiro foi no pé dele.

22 de mar de 2014


RONDÔNIA E ACRE ÁGUAS ABAIXO
O que foi que a gente falou aqui? Dilma Vana foi lá, sobrevoou as cheias de Rondônia e do Acre e pronto. Tudo resolvido, certo? Errado. O rio Madeira já causou mais de US$ 1 bilhão de prejuízo a Rondônia e isolou o Acre do Brasil da Silva. Mas logo, logo, a primeira-mulher-president@ pega as asas da FAB e vai até lá olhar tudo de novo. Ah sim, a Defesa Civil chegou depois, uma vez mais. Está chegando ainda.

PETRODELES
Pelo andar da carruagem, de Pasadena ao Japão, o petróleo já não vai mais ser nosso. Dilma em 2006, presidia o Conselhão da Petrobras, um ano depois estava lá, firme e forte. Mas, ela era apenas a ministra das Minas e Energia do governo Lula da Silva que, uma vez mais, não aparece na foto. A Petrobras caiu do 12° para o 120° lugar no ranking da Financial Times. Uma tragédia da natureza, como se pode concluir, já que as camadas do pré-sal não se moveram de onde se encontram, desde aquelas descobertas em série que Lula anunciava, sempre que havia uma urna por perto. Há quem diga que a ideia é terceirizar a Petrobras. Terceirização, como se sabe, é o apelido que o governo brasileiro dá para a privatização.

MARCHAS E CONTRAMARCHAS

Pobre Brasil da Silva. É mesmo um país fora de controle. neste sábado mesmo, São Paulo foi palco iluminado de duas marchas populares, quer dizer, antipopulares: a Marcha da Família com Deus que tem por finalidade fazer renascer das cinzas o movimento que depôs Jango e a Marcha Antifascista que quer dar marcha à ré na primeira marcha. A marcha que mete a família e Deus no meio, saiu da Praça da República; a outra marcha saiu da Praça da Sé rumo à Luz. Somando as duas, havia um conglomerado de quase 1 500 manifestantes. Houve black bloc batendo em homossexual e apanhando de punks. Tudo, na verdade, não passou de marcha e contramarcha. Um logotipo nacional de quanto o Brasil precisa tanto de governo, quanto de lideranças verdadeiras.
DILMA É MANO
A Petrobras despencou do 12° lugar para a 120ª colocação no ranking Finacial Times. Isso é mais que o Mano Menezes conseguiu fazer com a seleção pentacampeã do mundo nos dois anos em que dirigiu o time da CBF: o Brasil foi parar na inédita e humilhante 23ª posição no ranking da Fifa. Mal comparando, Dilma Vana é para a Petrobras o que Mano Menezes foi para a seleção.

PACIFICADORES TRAPALHÕES

Há uma enorme mobilização de mocinhos e bandidos na perspectiva de ocupação das favelas cariocas onde o tiroteio tem provado que já morreu a ideia de combater a violência com violência.

O aparato é uma espécie assim de ante-sala para as forças nacionais que a dupla Cabral /Beltrame foi pedir emprestada ao governo Dilma Vana. Mais um caso de incompetência e má gestão da vida pública.

O problema de in/segurança no Rio é bem maior do que a máquina de propaganda faz saber. Com a polícia de pacificação armada até os dentes e vestida com grossos coletes à prova de bala, os números do sucesso são verdadeiras demonstrações de fracasso.

Senão veja lá: o número de homicídios no Rio, em 2012 chegou a 4.081 mortes matadas; em 2013 o nível subiu para 4.761 Homicídios, nada menos de 681 assassinatos a mais. No que diz respeito - ou desrespeita - a roubos em geral, em 2012 foram praticados 49.560; já em 2013, graças à polícia pacificadora armada, o volume de roubos bateu  nos 60.796, nada menos de 20 mil bem sucedidos assaltos ao cidadão carioca, para quem bala perdida é hoje uma coisa que entra por um ouvido e sai pelo outro.

Alguém precisa dizer para essa dupla de cavalgaduras teimosas que violência gera violência. Mas, esse alguém, já se vê, nunca vai se chamar Dilma Vana nem Zé Eduardo Cardozo que, como ministro da Justiça do governo, está dando força à dupla de pacificadores mais trapalhona da história desse país.

ATO FALHO

Mais do que surpreender ou causar má impressão, aos empresários que conseguiam almoçar enquanto escutavam Lula da Silva num banquete promovido pelo Merrill Lynch - banco americano de investimentos, recentemente adquirido pelo Bank of America, o presidente aposentado do Brasil deixou a nítida impressão de que falava em causa própria.

Lula desancou o jeito Dilma de ser, sem papas na língua e como se fosse o grande comentarista da República: - Já falei pra Dilma que ela não pode ser chefe da Casa Civil, mas sim president@ da República. Tem que delegar. Tem que ser menos general.

Epa! Peralá! Como assim, "delegar"? Como assim "menos general"? Quis dizer mesmo quê? Já lhes destrincho as entrelinhas do palavrório que não passou de mais um ato falho: ele acaba de rebaixá-la do generalato para o simples pátio de uma delegacia. E assim, logo ali, ele será o general e ela a delegada.

O NOVO CONSULTOR
Atentai, internautas! Franklin Martins já era como jornalista, mas é até mais do que deve ser, um grande consultor de negócios republicanos - seja lá o que isso queira dizer no linguajar do poder estabelecido. Por pouco, muito pouco, quase nada, não saiu a compra do portal Terra (da Telefônica) pelo iG (da portuguesa Ongoing). Surgiria então o maior portal do Brasil, com coisa assim de 70 milhões de curiosos por mês.

O lado lusitano desse negócio conta hoje com uma farta coleção de anunciantes do governo, tipo Banco do Brasil e Serpro. Tá bom, o negócio não saiu. Mas deu na trave.

Atentai, pois, internautas! A qualquer momento sai um gol feito com a mão, aos 45 minutos do segundo tempo da prorrogação. A propósito, a mando de Lula, Franklin Martins é o coordenador da campanha virtual de Dilma Vana. Cuidai-vos, pois e então, do que vem por aí no seu tuíter, na sua página do Face e até no seu e-mail. Vírus de computador é o que não vai faltar.

A DATA SOLENE
Vem aí mais um dia 31 de março. E pode haver duas sessões na Câmara para celebrar e execrar o dia em que a Redentora completará 50 anos. Luiz Erundina quer levar ex-militantes até à Casa do Povo; Jair Bolsonaro quer levar militares. Vai ser lindo de se ver como militantes e militares exercem o princípio de que viver é tão importante quanto conviver. Erundina talvez queira até levar Zé Genoíno à sessão solene. Bolsonaro quer levar um dos militares que prenderam o Rebelde do Araguaia. Pelas dimensões que a sessão está tomando, o melhor mesmo seria que se realizasse no dia 1° de abril.
PF E A FOTO DE PADILHA
A Polícia Federal incluiu nos autos da Operação Lava Jato a foto do ex-ministro da Saúde de Dilma. Alexandre Padilha não é investigado, mas a PF suspeita de desvio de recursos em setores da pasta durante a  sua gestão. Pô, desse jeito, "cortando na própria carne", até parece que a PF está prontinha para entrar em greve por melhores salários e condições de trabalho. 

CENAS CARIOCAS
Polícia Militar de Sérgio Cabral e Beltrame ocupa três morros na zona norte do Rio, de uma sentada só, em busca de armas e drogas. Não se assuste, é polícia de pacificação. Essa questão de andar armados até os dentes e vestindo coletes à prova de bala, é só um pequeno detalhe. Cenas da vida carioca.

A PASADENA DO JAPÃO
Pô agora pegaram no pé. Tá no jornal Estado de S. Paulo: Dilma apoiou negócio com Japão com cláusula igual à da refinaria de Pasadena. Caramba, isso já foi em 2007. Quer dizer, um ano depois da lucrativa mancada lá no Texas. Então ainda há tempo de dizer que "na época parecia um bom negócio". Não é nada, não é nada, este já é o terceiro "tiro no pé". Lula, coitado, já se sente que nem cego no meio de um tiroteio.

A CRIMEIA TÁ RUÇA
Manifestantes pró-Rússia invadem base ucraniana na Crimeia. Eles continuam achando que Crimeia compensa.

CARACAS É O PACAEMBU
Chavismo e oposição marcam marchas simultâneas em Caracas. Vai dar pau. A Venezuela tá que nem o Pacaembu em dia de clássico Corinthians x Palmeiras. Desse jeito, os venezuelanos vão acabar reforçando a tese do governo Dilma e do Pat e sua base acompanheirada de que a internet precisa mesmo, e urgente, de um Marco Civil. 

CORREDOR DOS QUEIMADOS
Em São Paulo, mais dois ônibus foram queimados. Agora é assim na capital paulista: os ônibus não andam; incendeiam. E Já tá ficando chato. Qualquer dia, o Fernando HaHahaddad manda fazer um corredor só para ônibus destroçados.

BOLSA ASSÉDIO
Enquanto isso, no metrô, nos ônibus, nas vans alternativas, prossegue a onda do assédio sexual no transporte público de São Paulo. Dilma Vana até já disse que isso "envergonha a sociedade". Nos velhos tempos, esse caras eram estigmatizados na minha terra, Pelotas - a minha pátria pequena que deixei no Sul - como petequeiros. Agiam nos coletivos e no escurinho do cinema. Mas agora, com a indignação de Dilma Vana, o abuso será debelado. Pronto, acabou o assédio sexual em São Paulo. Ainda bem porque no rumo que a coisa estava tomando, logo viria uma medida provisória instituindo a Bolsa Mão-Boba.

TRÂNSITO X POLÍCIA
Acidente na Avenida Brasil deixou 19 feridos no Rio de Janeiro. Querem enlouquecer os cariocas. Eles já não sabem o que é que mata e fere mais no Rio: o trânsito ou a polícia de pacificação.

BARBOSA E O CELULAR DE DIRCEU
Joaquim Barbosa vai decidir sobre a suspeita de uso de celular por Zé Dirceu na cadeia. Bolas, Dirceu já disse que não usou. O que mais será preciso fazer para que a Justiça pare de perseguir o chefe dos corruptos confinado Papuda?!?

DENTES E DEDOS
A Comissão da Verdade descobriu que militares arrancavam dentes e dedos de mortos torturados na ditadura. Tá, mas aquele dedinho minguinho que falta no Lula não tem nada a ver com isso. Ele esteve só 30 dias confinado numa cela do Dops paulista, onde batia papo com o Romeu Tuma. De outra parte, é bom que se investigue essa coisa dos dentes e dos dedos arrancados. Além de pagarem à Justiça por esconderem a identidade das vítimas, devem devolver a grana que abocanharam com os dentes de ouro, muito em voga naquelas priscas eras.