ESTE NÃO É UM ESPAÇO PARA FAZER AMIGOS; É PARA INFLUENCIAR PESSOAS.



30 de abr de 2015

O PERFIL IDEAL

Murilo Ferreira, presidente da Vale, foi eleito nesta quarta-feira, 29 de abril, presidente do Conselho de Administração da Petrobras. Aquele mesmo conselhão já presidido por  Dilma Vana em pleno estouro da boiada na Petrozorra, depois por Guido Mantega e, até ontem, um pouquinho por Luciano Coutinho, dono do BNDES.

Deixem então que eu lhes conte um segredinho de Polichinelo: a Vale acaba de apresentar um prejuízo líquido de R$ 9,5 bilhões só no primeiro trimestre deste glorioso ano de 2015.

Quer dizer, Murilo Ferreira tem o perfil ideal. Ele preenche todos os requisitos para presidir o Conselhão da Petrobras.

OVOS DE OURO

O ministro Manoel Dias, do Trabalho, não vai ser demitido por Dilma Vana. Dilma Vana atendendo às ordens de Lula - O Mentor Malfazejo, fingiu que não viu e nem ouviu a confissão de desamor de Carlos Lupi, dono do PDT, revelando que "o PT roubou demais".

Agora, a gente fica sem saber se ela resolveu "engolir sapo", como recomendou seu criador, ou se preferiu "ciscar pra dentro", como a outra sugestão de Lula, O Senhor da Galinha dos Ovos de Ouro.

RODAPÉ - Ficava estranho e seria tomar-me de muitas confianças dizer "A Galinha dos Ovos de Ouro, de Lula". Ele pode até estar rico, mas não chega a tanto.

29 de abr de 2015

PARA O MINISTRO DOS TRANSPORTES
OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS

O atual ministro dos Transportes - o governo Dilma-2 tem isso - Antônio Carlos Rodrigues diz que "obras vão parar" por causa da Lava-Jato. Tá, mas ele falou isso com alegria, ou com tristeza?


Se falou com tristeza, então é por que ele acha que os fins justificam os meios.

Quer dizer, não faz mal que as obras sejam super ou hiper-faturadas, tanto faz que os brasileiros sejam roubados por esse cartel de empreiteiros que se apropriaram indebitamente do Brasil.

Para esse ministro de ocasião, os corruptos e propineiros estão certos e a Operação Lava-Jato está errada. Esse tal de Antônio Carlos Rodrigues, vereador do PR de São Paulo, só poderia mesmo ser ministro desse tipo de governo.

O que a Lava-Jato vai paralisar é o Ministério dos Transportes que, sem obras - e essas obras são arapucas bandalhas - é igual a relógio que atrasa: não adianta. Pega o teu boné e te manda que tão pegando, meu.
A GENTE ANDA CHEIO DE
RAIVA, DE MEDO, DE INDIGNAÇÃO...

A gente já anda cheio de raiva, de medo e de indignação pelos abusos que sofremos todo santo dia praticados pelos bandidos do asfalto, pelos arrastões, pelos sequestradores, pelos donos do poder que, em nome dos governos que sofremos, se apropriaram do nosso país e das nossas esperanças...

A gente está tão cheio de raiva, de medo, de indignação e ainda é cutucado por insanidades cruéis como essas execuções a fuzil, cadeiras elétricas, injeções letais - cometidas por autoridades de tamanho poder que decretam a vida e a morte de uma pessoa assim como quem troca de camisa manchada de batom, ou de cueca suja de dólares deslavados.

Sei lá, por que não falei em decotes esgaçados a mãos quase limpas e intempestivas, ou em calcinhas manchadas de sêmen...

SEI LÁ...

A gente anda tão cheio de raiva, de medo e de indignação pela decadência dos Poderes constituídos que, ao tentarmos nos livrar das armadilhas da manipulada máquina governamental, caímos de bruços nas garras de um Parlamento pútrido e corrompido e, quando dele conseguimos nos livrar, batemos com os dentes de frente no aparelhamento do Judiciário.

É assim que, de quando em quando, a gente sonha com a volta da Lei de Talião, aquela coisa do dente por dente, olho por olho. E dá vontade de roubar dessa gente que nos rouba; e de matar essa gente que nos mata.

O GRANDE MAL

O grande mal, o pior mal que os malfeitores nos causam é que eles transferem para cada um de nós a crueldade de seus delitos, de seus crimes, de seus malfeitos.

Se o cara mata a mãe da gente, a gente tem vontade de matar a mãe dele; se o cara estupra um amor da gente, a gente quer que alguém estupre a infeliz que tem amor por ele; se o cara rouba da Petrobras, ou do Palácio do Planalto, de um reles ministério e fica rico, a gente quer ficar rico assim do mesmo jeito.

É a lei da bala com bala. Do troco, do revide. Pior: é a lei da macaquice, da paródia, da imitação. É o espírito de duende embriagador desse Brasil da Silva que se alastra e se incorpora nos brasileiros que ainda acreditam no Brasil da Lava-Jato.

NOSSA PENA DE MORTE

Gente, a gente anda tão cheio de raiva, de medo, de indignação que nem se dá conta de que a pena de morte já existe no Brasil, desde que Pedro Álvares Cabral saiu atrás das Índias e se enganou com a batina do Padre Anchieta.

A pena de morte está ao nosso alcance lá no Código Penal, sob a capa e o disfarce da Legítima Defesa. Então a coisa é esta: devagar com o andor que a gente é crente, crédulo, sincrético, até católico apostador romano e o santo é de barro.

Basta esperar que ele caia - e a gente pode até dar um jeitinho de que ele se estrebuche - para que se faça justiça. Com as próprias mãos. Mas sempre com o sério risco de cortá-las, de feri-las com os cacos do ídolo caído.

PRIMEIRO, A REVOLUÇÃO ÉTICA

O que não se pode fazer nesse Brasil da Silva é adotar oficialmente a pena de morte. É que por aqui não há organismos nem autoridades que mereçam a nossa confiança para que tenham ou detenham o poder da vida e da morte sobre a gente; sobre as gentes.

O Brasil precisa primeiro - vou me repetir aqui - de uma Revolução Ética. Um revolução de costumes que nos garanta que o direito moral não continuará escravo, como tem sido até aqui, do direito formal. O Brasil precisa derrubar o império dos procrastinadores da lei e da justiça.

Para começar, a gente precisaria apenas que as sentenças fossem cumpridas pelo tempo em que as leis hoje determinam. De fio a pavio, de cabo a rabo, do princípio ao fim. Sem progressões, sem concessões, sem visitas íntimas, sem saidinhas de Páscoa, Dia das Mães, Natal e Ano Bom e muito menos, sem saidinhas de banco para lavagem de pistas e de dinheiro.

Que cumprissem todos as penas a que foram condenados, sem distinção de raça, de cor, de riqueza ou pobreza, de clube de futebol ou de partido político. Pagando, todos, sem exceção, com trabalho no tempo de cárcere pela comida, pelo pão de cada dia e pelos remédios que precisarem.

Isso seria muito mais que pena de morte; pena de vida.

PELA MORTE DO BANDIDO

Se assim fosse, ou se assim ainda vai ser um dia, pode até alguém pensar no estabelecimento da pena de morte pelo Estado perfeito e competente.

De minha parte já vou dizendo: sou contra a pena de morte, mas não sou contra a morte do bandido. Simples assim: se contrário fosse, eu estaria arrepiando o instituto da Legitima Defesa da vida, do patrimônio, da honra... E me livrem todos os santos que não sejam de barro, desse pecado mortal.

MENOS ELES

Ah, essa coisa da pena de morte não é pro nosso bico; nem pro bico-surubico que nos deu tamanho bico por nascer num país tropical que já foi abençoado por Deus e bonito por natureza. Não é pro nosso bico, por que nesse Brasil da Silva o crime organizado saiu das ruas e entrou para o Estado.

E somos todos iguais perante a lei, menos os que mandam na gente.
STF PROMOVE REVOADA
DE AVES DE RAPINA

Pois então, como se esperava a 2ª Turma do Supremo Tribunal do Governo Federal está se saindo melhor do que a encomenda. Ontem mandou de volta pra casa um bando de nove empreiteiros que estavam presos na hotelaria da Polícia Federal em Curitiba.

Os prezados companheiros são todos acusados de corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha - que atende pelo codinome de cartel - desvio, fraude em licitações e lavagem de dinheiro.

A 2ª Turma autorizou a revoada dessas aves de rapina para o doce aconchego de uma boa prisão domiciliar, com o requintado detalhe de uma tornozeleira eletrônica para cada exemplar dessa fauna de predadores do patrimônio que pertence a todos nós, brasileiros de segunda classe.

O placar foi de 3 x 2 para o time dos presos. E os goleadores foram Teori Zavascki, relator da turma; Gilmar Mendes, o Estranho; e Dias Toffoli, o Óbvio Lulante.

A cambada que foi para casa, não pode voltar às suas respectivas empresas, tem que devolver os passaportes em dois dias, usar como adorno as tornozeleiras eletrônicas, de 15 em 15 dias cada um deles deve se apresentar à Justiça e não nenhum deles pode manter contato com outros envolvidos na Operação Lava-Jato.

No conjunto de restrições, nada consta contra a visita dos advogados de cada um deles, quando bem quiserem e para o que bem entenderem. E é aí então que mora o perigo. Cada nobre causídico poderá ser promovido a pombo-correio nessa fauna de rapinagem.

E inda que mal pergunte: quem vai cuidar dessa pandilha 24 horas por dia?!? Desde já, os brasileiros de boa índole agradecem, penhorados, os relevantes serviços prestados por essa notável 2ª Turma do Supremo do Governo.

RODAPÉ - Cá pra nós, mas não lhe parece que esse Supremo Tribunal do Governo quando trata de escândalos superlativos, como Mensalão, Pasadenão, Petrolão, age como se fosse um cartel de soberanos, digamos, taxativos?

MARTA TROCA O PT
POR "UM NOVO CAMINHO"

E, afinal, depois de muito chute no traseiro, Marta Suplicy deixa o PT após 33 anos de militância no partido de Lula, o Mistagogo Petista. Disse que vai buscar "um novo caminho". Besteira. Conversa mole pra molusco se engasgar. Quem é do mar não enjoa: ela vai buscar é outro partido, por que o caminho é o mesmo de sempre: a Prefeitura de São Paulo.

ACAREAÇÃO

Como era de se esperar, não deu em nada a acareação entre Alberto Youssef e Marice Lima. Os dois são sócios da mesma confraria, rezam na mesma gruta, o Sindicato da Intermediação e Operação de Negócios Públicos & Notórios.

Um olhou na cara do outro, não riu nem nada, e olho no olho, Youssef repetiu tudo que tinha dito, inclusive sobre aqueles dois repasses de R$ 320 mil a Marlice, por ordem de Vaccari, tesoureiro do PT e, por obra do destino, cunhado da acareada.

De sua parte Marlice, olho no olho, cara a cara, não disse e ainda desdisse sem nada dizer. O detalhe é que Youssef é delator premiado. Marlice Lima é só irmã da mulher de Vaccari.

E, como todo mundo sabe por indução do velho e pranteado Leonel de Moura Brizola, o Caudilho das Frases de Efeito, "cunhado não é parente".

DADOS DO NEPAL
Governo diz que a tragédia no Nepal já causou 5 mil mortes, mas que "esse número pode chegar a 10 mil". Quer dizer, as contas devem estar sendo feitas pelo Ibope ou Datafolha: a margem de erro é apenas o dobro para mais, pois todo mundo sabe que para menos não pode ser.

BRASIL E INDONÉSIA ESTÃO DE MAL
O corpo de Rodrigo Gularte, fuzilado ontem em Jacarta, pode demorar a chegar no Brasil. Para o Itamaraty pode parecer que o erro final do brasileiro fuzilado foi pedir para ser enterrado no Brasil.

Na verdade, se os nanicos diplomáticos resolverem sair dos salamaleques e dos lamentos póstumos, logo, logo o último desejo de Rodrigo será atendido. Quanto às relações entre Brasil e Indonésia, parece que Dilma e Hasan estão de mal... Tomara que nunca façam as pazes.

TERCEIRIZAÇÃO TRAMITA
E a terceirização já está tramitando na Câmara dos Deputados. O que é mesmo que isso significa ninguém sabe, ninguém viu. Verdade é que se trata, como diria Lula, o Mestre Malfazejo, de uma faca de dois legumes. A terceirização é defendida com unhas e dentes pelos patrões, rechaçada veementemente pelos pelegos e cinicamente pelo governo. Só nos resta desconfiar.

EU COMO A GALINHA...

Aldemir Bendine, o coroado da Petrobras, diz que em 40 dias aquela Casa do Petróleo que já foi nosso vai apresentar um "novo plano de negócios". Ah, tá. Eu falei que ele é coroado; eu não disse que ele é delator premiado. Então, acredite, se quiser.

Em todo caso, o anúncio serviu para eriçar os pelos dos melhores consultores e lobistas do ramo.

Estão todos a postos, eis que a comissão de intermediação vale tanto a pena como se fosse um daqueles "salários de êxito" que a expedita e breve chef@ da Casa Civil Erenice Guerra (*) conseguia na mais santa paz como "taxa de sucesso", para a Capital Assessoria, de seu filho Israel Guerra.

Quando você ouvir de um arauto do governo falar em obras ou em negócios pense logo em "taxa de sucesso", vulgo tráfico de influência. Esse mal não tem cura,é da natureza do Brasil da Silva.

De minha parte, quando ouço e vejo essas coisas, volto sempre àquela brincadeira de criança quando se fazia um trato que era selado por um aperto de mãos: - Aperte aqui a mão, aperte os ossos; somos sócios... Eu como a galinha e você lambe os ossos.

(*) - BREVE, por que Erenice Guerra escolhida a dedo por Dilma Vana foi chefona da Casa Civil no largo período de rápida prosperidade que transcorreu de 30 de março a 16 de setembro de 2010.

28 de abr de 2015

BRASILEIRO FUZILADO NA INDONÉSIA

Rodrigo Gularte, brasileiro condenado à morte pela lei da Indonésia por tráfico de drogas, foi fuzilado por volta das 14 horas - horário de Brasília. Ele estava preso em Jacarta desde 2004. Estava calmo e pediu para ser enterrado no Brasil.

A Justiça de lá não levou em consideração o pedido de clemência do Itamaraty que não teve nenhuma consideração com a Indonésia no dia 20 de fevereiro quando Dilma Vana, em cerimônia no Planalto, se recusou a receber as credenciais do novo embaixador asiático em Brasília.

A humilhação imposta ao diplomata indonésio foi tida pelo presidente Zulkifli Hasan como uma retaliação diplomática à execução em janeiro do carioca, Marco Archer, outro brasileiro que chegou em Jacarta com cocaína nos tubos de sua Asa Delta.

E assim é que a novela acabou. Não se tem notícia de que haja algum brasileiro portando Asa Delta lá pela Indonésia. E nem tampouco que haja algum indonésio desfilando pelo Setor de Embaixadas, em Brasília. Enquanto isso seguem as barreiras impostas pela Indonésia contra o frango brasileiro. É que, desde o ano passado, os indonésios não aceitam os certificados sanitários produzidos no Brasil. Mas, nesse caso, entre mortos e feridos só os galináceos perderam a vida.
AFINAL, UMA ATITUDE POSITIVA

Pensando bem, essa decisão de Dilma Vana não falar na TV no dia 1° de Maio, foi até agora a única providência positiva que ela tomou neste seu novo governo de novas idéias. E se voltar atrás e falar - nesse governo tudo é possível - de nada adiantará. Afinal, ela não é ainda uma delatora premiada. Não dá para acreditar em nada do que ela diz.

TEORIA DA CONSPIRAÇÃO

Deixem que eu lhes conte um segredinho: Lula, o Mistagogo Petista, está dando risada. Foi ele, o marqueteiro João Santana e o neo-ventríloquo do Planalto, Edinho Silva, os que disseram para Dilma Vana comer em tranca. Nada melhor para Lula do que brindar o povo com o silêncio de Dilma. Essa é uma das únicas benfeitorias que Lula, o Guia Malfazejo, proporcionou ao povo nesses últimos quatro anos e cinco meses.
GRAÇAS A TODOS OS ANJOS,

DIAS SANTOS E FERIADOS...


O uso do cachimbo deixa a boca torta. Descobri: o governo do PT fuma cachimbo. Por isso, tudo que sai da sua boca sai distorcido.

Bastou a guerreira Dilma Vana se sujar toda de medo de mais um panelaço nacional para fugir do tradicional pronunciamento presidencial do Dia do Trabalho na TV.

Bastou essa fuga da guerrilheira de sua mais efetiva e protetora trincheira dos últimos 12 de Brasil da Silva, para surgir o mais novo e cachimbento ventríloquo, Edinho Silva dizendo que "a president@ Dilma quer valorizar os outros meios de comunicação".

Que facilidade para torcer as coisas.
Que imaginação fértil. Mais fértil que adubo.

Ah, desculpem o mau jeito, mas estou tendo frouxos de hilaridade; acho que vou me enodoar de tanto rir pra não chorar.

Nem Sherlock Holmes seria capaz de descobrir uma desculpa tão esfarrapada para botar a culpa no mordomo.

Sabe duma boa? Essa escumalha social que vá plantar batata!

Dilma Vana não fala no Dia do Trabalho por que trabalho não é nem nunca foi a praia desse governo; não fala por que não tem nada pra dizer para o trabalhador e nem para quem já trabalhou.

Dilma Vana não fala por que deve fumar cachimbo às escondidas; não fala por que as palavras saem distorcidas de sua boca cheia de dois dentões; não fala por que tem medo de ficar surda com o volume dos decibéis da voz das ruas.

Dilma Vana não fala por que, como em todos os animais sociais que habitam as falsas democracias, as suas orelhas foram feitas para ouvir apenas aplausos e não apupos e vaias; não fala por que tem horror a panelaços.

Dilma Vana não fala... Graças a todos os anjos, dias santos e feriados que Dilma Vana não fala!
O SONHO DE LULA
O sonho de Lula é disputar a eleição de 2018 só contra candidatos do que ele chama de "esquerda". Para o autocrata Lula da Silva, o máximo que ele pode suportar como representante do que ele acha que é "direita" no Brasil da Silva é o fantasma de FHC. Ele encara o clamor das ruas como um deboche às atuais condições de suas próprias cordas vocais. Acha que a voz rouca das ruas é pura implicância com ele.

A MÃE DO PT

Epa! Dilma Vana foi de novo conversar com Lula. O que é isso, companheira?!? Que coisa mais despudorada. Que falta de respeito consigo mesma; que desestima e que ultraje.

Nunca antes na história desse país se teve notícia de que um presidente pedisse uma vaga na agenda de um conselheiro.

O normal é que o cerimonial do Palácio conceda um momento a quem quer que seja o nobre interlocutor, ou consagrado confidente.

Caramba, quando é que um presidente da República sai do Palácio do governo para ir se aconselhar com um guru combalido e carcomido, ex-quase tudo na vida?

Ele é ex-breve metalúrgico, ex-presidente, ex-pobre, ex-dono da verdade, ex-palestrante internacional, desde que a Lava-Jato está de olho nos amigos que lhe pagavam as viagens de negócios para as áfricas da vida.

Ele só não é ex-presidente de honra do PT. Mas isso não é honraria suficiente para que uma president@ do Brasil se apresente como sua paciente numa sessão de lavagem cerebral.

Que coisa mais desagradável e sem noção, dona Dilma Vana, a senhora deixar tudo o que tem para fazer nesse governo novo e sem ideias novas que até hoje não começou, para ir beijar a mão de Lula da Silva.

E que coisa mais dissoluta e farrista isso da senhora usar os recursos e meios de locomoção da Presidência da República para tratar de assuntos do PT com o presidente de honra do PT.

E sabe lá você que isto lê, qual foi um dos assuntos que Dilma Vana conversou com Lula ontem, em São Paulo, num oportunista desvio de rota do avião presidencial que vinha de Xanxerê para Brasília?

Nada mais, nada menos do que a "crise política" criada pelo rufião Carlos Lupi, dono do PDT nacional que disse para um jornalão paulistano que "o PT roubou demais".

Agora os petistas ressentidos - essa porcaria de verdade dói demais - querem a demissão de Manoel Dias do Ministério do Trabalho, esconderijo da alcateia do PDT de Lupi.

Pois, dona Dilma Vana ouviu de seu guru que não faça isso; que agora é hora de "engolir sapos" e de "ciscar pra dentro" e, por isso não é tempo de expulsar o PDT da base aliada.

Francamente, acho que Dilma-2 mereceu escutar o que escutou: "engolir sapo" deve ter sido uma sugestão para que Dilma comesse a ele próprio, o velho "sapo barbudo" do caudilho Leonel Brizola; e quanto ao conselho de "ciscar pra dentro", a grosseria passou dos limites, mas Dilma Vana parece que não entendeu que foi chamada de galinha.

Mereceu, ou não mereceu o que ouviu de Lula? Ah, tanto faz. Dilma Vana já tinha se desmoralizado desviando sua rota de president@ para ir ao encontro de um guia carunchoso e estuporado, à beira do caminho por onde passa a Operação Lava-Jato. Isso, já não surpreende ninguém.

Bolas, dona Dilma, a senhora enganou tanto sobre o que ia fazer e acontecer com o país e com a gente que mentiu até que seria a "president@ de todos os brasileiros".

Não, nem isso a senhora consegue ser. Nem de verdade nem de mentira. A senhora é a mãe do PT. Uma reles afilhada de Lula - o Mentor Perverso.

UMA GALADA

Dilma Vana já decidiu, vai pular - se preferem, vai saltear - a tradição do pronunciamento de um presidente da República à nação sobre o Dia do Trabalho.

Para nós, rebeldes gritões de rua e indignadas donas de panelas, este é o ano da graça, eis que é o primeiro dentre os cinco anos de Dilma no Poder que ela não se dirige as suas queridas brasileiras e seus queridos companheiros.

Não vai dar um pio neste inédito Dia 1° de Maio. Que ironia, ter medo de escutar um panelaço e não ter constrangimento nenhum de ouvir Lula,o Conselheiro de Má Índole, mandá-la "ciscar pra dentro". Isso não é ficar calada; é levar uma galada. Perdoem o tratamento chulo, mas quem disse não fui eu; foi Lula, o Guia Danoso.

O SONHO DA CASA PRÓPRIA

A sua casa própria já era em termos de valorização. Se você quiser vendê-la agora para comprar uma nova e maiorzinha, vai comer uma cuíca. Vai ter prejuízo e não pode partir pra outra - que já não é mais pro seu bico. Isso afeta o mercado imobiliário, já que menos brasileirinhos poderão comprar imóveis novos.

O governo Dilma-2 decretou que daqui pra frente para comprar um imóvel usado o brasileiro precisa dar uma entrada de pelo menos 50% do valor total da compra. No caso de custar mais de R$ 720 mil, a entrada mínima é de 70%.

Quer dizer, daqui pra frente você só compra casa se for filho de rico, ou então vai morar num dos condomínios da nova elite nacional do Minha Casa, Minha Vida.

O governo acaba de transformar o sonho da casa própria em pesadelo.

CORREDORES DA MORTE

Então o brasileiro Rodrigo Gularte pode ser fuzilado hoje na Indonésia. O Itamaraty tá que não sabe mais o que fazer para que a morte do rapaz-mula de cocaína não pareça desaforo da diplomacia de Jacarta injuriada por Dilma Vana.

Entrementes, Dilma não dá um pio e fica só "ciscando pra dentro" com relação aos brasileiros que estão no corredor da morte, lá nos Estados Unidos, Terra de Obama. Tem dois na fila.

Um é Fernando Leite Filho que matou a própria mãe a golpes de tesoura, em Miami; o outro é o tarado Saulo dos Reis que, em Connecticut usou a internet para seduzir uma garota de 13 anos, depois a estuprou e matou. Em matéria de corredores da morte, o Brasil da Silva está no pódio.

A ILHA
Dilma-2 é uma ilha cercada de golpes por todos os lados. Outro dia, Lula da Silva, o Mestre Nocivo, disse que "Aloízio Mercadante sequestrou o governo". Agora, o senador Cristovam Buarque, o Viajor Incorrigível, denunciou ao New York Times que, Michel Temer, Renan Calheiros e Eduardo Cunha - todos do nefando PMDB - "aplicou um 'golpe de estado' na presidente Dilma".

27 de abr de 2015

INDA QUE MAL PERGUNTE...
O que é mais perigoso: 1) terremoto no Nepal; 2) Turismo na Indonésia; 3) Passar na frente de uma UPP no Complexo do Alemão; 4) Jantar numa pizzaria na Zona leste de S. Paulo; 5) Visitar o Congresso Nacional?

EXPRESSO 222...
Dilma Vana visitou Xanxerê. Pronto! A cidade vai ser promovida a Vilarejo Minha Casa, Minha Vida. Enquanto isso, a cheia no rio Solimões deixa 18 cidades em estado de emergência. Nada demais, amanhã ou depois, quando a chuvarada passar Dilma dá um pulinho até lá. Nesse meio tempo, a chuvarada lá na Bahia de São Salvador, deixa 10 mortos, dentre eles, uma criança. E, para concluir o roteiro do Brasil fora de controle de hoje, saiba que a dengue infectou, só este ano em São Paulo, nada menos do que 222 mil pessoas.

OPERAÇÃO BINGO
Além de Vaccari, Renato Duque foi denunciado pelo Ministério Público Federal por lavagem de dinheiro. O Duque já era. Agora ainda faltam o Terno e a Barra.
BEM DO JEITO QUE O DIABO GOSTA, OU
TÃO INOCENTES QUE JÁ NASCERAM ADULTOS

A coisa tá ficando bem do jeito que o diabo gosta. O Ministério Público denunciou Vaccari Neto, unha e carne com Lula e Renato Duque, assim-assim com Zé Dirceu, por lavagem de paupérrimos 2 milhões e 400 mil reais.

Em mais esta acusação está escrito que os ingênuos senhores de engenho usavam a abusavam de uma gráfica mantida por sindicatos ligados ao PT para lavar dinheiro de propina do Petrolão.

O nome da gráfica é sugestivo: Atitude. E os sindicatos são os mesmos de sempre e podem ser identificados pelos pelegos de uso habitual: Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

Nesse meio tempo, o mensaleiro Zé Dirceu, em pleno gozo de uma boa prisão domiciliar, comunicou à Justiça Federal, mais conhecida nesse caso pelo codinome de Operação Lava-Jato, que fechou sua empresa de consultoria que faturou R$ 39 milhões, de 2006 até 2013 quando estourou o escândalo da roubalheira na Petrobras.

Dirceu enviou na sexta-feira passada documento ao juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba, informando que a JD Assessoria e Consultoria está "inoperante". Ó céus! Ó vida! Como essa vida de traficante de interesses é incerta e não sabida.

Foi só qualquer indicação de um reles delator premiado passar a ter mais conceito, credibilidade e honradez que a palavra de um perspicaz lobista, de um loquaz e expedito intermediador de negócios públicos de ocasião, para uma verdadeira mina de ouro se transformar, da noite pro dia, num fétido monte de lixo. Essa lava-Jato anda mesmo passando o Brasil a limpo.

Nesse ritmo, Zé Dirceu ainda vai galgar o posto de chefe dos garis do sistema prisional brasileiro. E logo, logo o velho e escorregadio chefe de Dirceu e de todo o crime organizado que saiu das ruas e se acomodou no Estado, vai se fazer de doente uma vez mais e dizer que foi "apunhalado pelas costas".

De tanto ferimento, de tanta punhalada nas costas vai acabar arranjando uma diretoria-geral na Enfermaria do Complexo Médico-Penal do Paraná, terra natal da Operação Lava-Jato.

E de nada vai adiantar a velha ladainha, a surrada cantilena da inocência. O juiz Sérgio Moro sabe que os sócios dessa agremiação de malfeitores são tão inocentes que - como diria Millôr Fernandes - nunca foram crianças, já nasceram adultos.

O RAY CHARLES BRASILEIRO
NÃO SE DROGA E NÃO SE ENXERGA

Eu ontem, sem mais o que fazer, assisti pela undécima vez o filme documentário Ray... Trata da vida de Ray Charles. Enviado a um internato para cegos pela mãe que o amava, mas não podia sustentá-lo, ele só levou consigo para a vida um pedido materno: - Não seja e nem deixe que o transformem num inválido. 


Músico dos pés à cabeça; da medula aos nervos óticos; da razão ao coração, ele foi um superstar. Nunca precisou ver os obstáculos que tinha pela frente para poder vencê-los. 

Pelo meio do caminho, as drogas tomaram conta de seu sucesso. Andou pelas latas de lixo da existência. Até que se deu conta de que ele próprio se fizera um inválido. Ele não tinha vindo ao mundo para fracassar. 

E, aos tropeços tantos, ao se enxergar, voltou a ser o homem que sua mãe - que nasceu pobre e analfabeta - havia previsto que ele seria quando não fosse e não deixasse que o transformassem num inválido. 

Depois de sair do fundo do poço, ele teve mais 20 anos de estrelato. nesse tempo combateu os preconceitos de raça e de diferenças sociais. Deixou mais de 20 milhões de dólares em doações para instituições beneficentes.

Bem parecidinho a um Cara que a gente conhece. Um Cara, nascido de mãe pobre e analfabeta; um Cara que enxerga longe; que chegou ao topo e se tornou um inválido; um fracasso.  

Esse Cara parece que bebe. Mas, este não é o seu maior fracasso. O seu fracasso é que ele ainda não se enxergou por dentro; o seu maior fracasso é que ele pensa que não veio ao mundo para fracassar. Ele não se enxerga. Ele fracassou a si mesmo: tomou um porre de si próprio. Ele não se droga; ele é a própria droga. Ele não tem cura.
NA CALADA DE UM 1° DE MAIO

Chega a ser comovente o apelo pungente e choramingão de blogueiros amestrados que se alimentam com o dinheiro das burras públicas, para que Dilma Vana não perca a "oportunidade" de discursar no 1° de Maio, Dia do Trabalhador.

A esgotosfera acha que, ao se encolher com medo de um panelaço, Dilma Vana estará entregando "aos adversários" o que chamam de um espaço fundamental: a rua.

E falam assim, como se aqueles que não pensam como eles e não concordam com Dilma Vana sejam "adversários"; e falam assim como se a rua fosse propriedade do governo, da Dilma Vana, dos seus amestrados de fidelidade canina.

Eu me reparto entre a pena e a indignação ao ver e ouvir tantos impropérios em forma de lamúrias. Estou a fim de chamar a carrocinha para levá-los a um canil, onde serão bem tratados e melhor até do que merecem.

AGORA JÁ TEM RISCO:
GATILHO É DE MUITOS

Cadê o matador de Toninho do PT? Cadê o carrasco do prefeito Celso Daniel?... Ah, deixa pra lá.

Saiu a gangue "Queima de Arquivo" e entrou a pandilha "Assassinos de Reputações".

O alvo agora é outro: Sérgio Moro, o destemido e incorruptível juiz da Operação Lava-Jato.

Caso não consigam assassinar a sua reputação, o grande risco que está correndo agora o magistrado da operação que passa o Brasil a limpo, é que o suspeito imediato de um atentado, agora não é um só; são muitos...

A pandilha é constituída por corruptos, corruptores, políticos, consultores, lobistas, operadores, autoridades, empreiteiros, delatores premiados, ladrões de casaca e de gaveta.

Se amanhã ou depois alguém aparecer com a boca cheia de formiga, a Polícia Federal e a torcida do Flamengo saberão, como todos nós, quem são os mandantes...

Mas os Federais vão ter mais trabalho para descobrir o executor, o cara que puxou o gatilho, ou que fez o avião cair, do que os investigadores dos assassinatos de Toninho do PT e de Celso Daniel.

A PÁGINA DA PETROBRAS
Dilma Vana só abre a boca quando tem certeza: "A Petrobras virou a página". Esqueceu de dizer que a tal página foi escrita a quatro mãos: duas dela e duas de Lula.

MALUCA, ELA NÃO É
Os cupulantes do PT querem porque querem que Marice Corrêa de Lima, a cunhada do "preso político" João Vaccari Neto, velho tesoureiro das hostes petistas, entre com uma ação de "danos morais" contra o juiz Sérgio Moro. Estão malhando em ferro frio; vão dar com os burros n'água, por que ela pode ser tudo, até esperta demais pro nosso gosto, mas não é burra, nem é louca: não rasga dinheiro nem come estrume.

O PREJUÍZO DOS ESTADOS

A nova divisão do Fundo de Participação dos Estados (FPE), adotada pelo novo governo 
Dilma, de ideias novas, vai gerar um prejuízo de mais de R$ 3,7 bilhões nos orçamentos de 
11 Estados em 2016

Pelos cálculos do Tribunal de Contas da União (TCU), os estados de Pernambuco, Bahia e Rio Grande
do Sul tomarão as piores lambadas, em razão do aumento maior do PIB per capita, se comparados com
a média nacional nos últimos anos. 

O governo do Rio Grande do Sul vai tomar um tufo que vai beirar R$ 1 bilhão. Ainda bem que Dilma
Vana é mineira por natureza, mas "gaúcha de coração".
  •  
  •  
  •  


O ministro José Eduardo Cardozão foi convocado para audiência na Câmara, nesta quarta-feira (29). 
Querem que ele fale sobre seus encontros com advogados de empreiteiras enroladas na Lava-Jato.
Ah, isso é mais uma bobagem. Parece que o Congresso Nacional só serve para esse tipo de pirotecnia.

Ele teria que falar mesmo é por que não faz nada 
do que deve fazer como Ministro da Justiça, 
enquanto fica bancando ora o advogado do PT, ora 
o porta-recados de Dilma Vana. 

Perguntem para ele, por que a lei de construção de 
novos presídios, aprovada em 2011 ainda está nas 
mesmas, sem um único e mísero parágrafo levado
em conta, ou obedecido. 

E que, por favor, ele seja peremptório como o 
Mussolini que carrega no peito e que demonstre a 
precisão pirotécnica da torcida do Corinthians, 
como de costume ele faz quando se enfeita todo para aparecer na televisão.
LULA PARA O PT: "EU NÃO NASCI PARA FRACASSAR"

Falando intramuros - que agora ele tem medo de andar por onde o povo anda - Lula aproveitou neste fim de semana o 3° Congresso das Direções Zonais do PT em São Paulo (seja lá o que isso signifique) para dizer que "Se a Dilma fracassar é o PT que fracassa. Se o PT fracassar a gente vai contribuir para o fracasso da Dilma. E eu não vim ao mundo para fracassar. O PT não nasceu para fracassar. A gente não elegeu uma revolucionária presidente da República deste país para o fracasso".

Epa! Isso tem aparência de bomba. Mas pode ser um traque. Vamos tentar desarmar esse troço. No primeiro estilhaço Lula mostra medo em vez de mostrar a realidade: "Se a Dilma fracassar"... Como assim, tá adivinhando passarinho verde do Le Gambá? Então, isso não é discurso de auto-ajuda é a amostra acovardada de um receio pra lá de justificado.

No segundo estilhaço, Lula ameaça: "Se o PT fracassar a gente vai contribuir para o fracasso da Dilma". Bem, aí Lula é mais Lula do que nunca. Ele apenas diz que vai fazer o que sempre fez e faz: livrar-se logo, o mais rapidamente possível, do incômodo a sua frente.

E quanto aos petardos restantes, nada de novo no front. Ele é o Cara que vence a qualquer custo; o Cara para quem os fins sempre justificaram e justificam os meios. Ele não nasceu para fracassar, então o PT não pode fracassar, por que o PT é Lula, mesmo que Lula não seja, há muito tempo já, o PT que Lula pariu.

LUPI EM PELE DE CORDEIRO

Sem mais nada para fazer no fim de semana, o dono nacional do PDT, Carlos Lupi, disse ao jornal Estado de S.Paulo que "o PT exauriu-se, esgotou-se. Olha o caso da Petrobras. A gente não acha que o PT inventou a corrupção, mas roubaram demais. Exageraram. O projeto deles virou projeto de poder pelo poder". 

E, entusiasmado com o espaço que lhe foi dado pelo jornalão paulista, Carlos Lupi vestiu pele de cordeiro e botou pra fora a alcateia que existe dentro dele:

"A gente não quer ser o rato que abandona o barco, mas também não quer ser o capitão do Titanic que ficou no navio até que ele afundasse". 

Seria quase engraçado se não fosse tremendamente trágico. Carlos Lupi foi ministro do Trabalho de Lula e da Dilma. Montou dentro do Ministério uma verdadeira loja para vender concessões de sindicatos de pelegos profissionais. 

Saiu do Ministério pela porta dos fundos, pedindo para levar bala, mas ninguém lhe deu a mínima atenção e nem um tirinho sequer. Nem mesmo Dilma Vana, a quem ele declarou que "amava de paixão" foi capaz de lhe conceder um mísero aceno de despedida.

Quem o tirou de lá foi o neto de Brizola, criador dessa criatura abjeta. E o gesto de aceno negado por Dilma Vana foi só jogo de cena, posto que a president@ teve o cuidado de mantê-lo na base aliada. 

Por que Carlos Lupi estaria agora jogando fora o que agarrou com as duas patas na cesta da vovozinha? Por que estaria agora cuspindo no prato que comeu? 

Decerto para trocar cargos, salários, boquinhas ricas pela permanência do seu partido na pandilha do governo e seus circunstantes que "roubaram demais". Quer dizer, Carlos Lupi é capaz de ficar ao lado de Dilma Vana se os companheiros roubarem um pouco menos.

26 de abr de 2015

BOLA FORA

VASCO 1 X O BOTAFOGO

E agora, o que é que o meu velho Vasco da Gama vai ter que fazer para ser vice-campeão carioca de 2015?!? Já se vê que perder para o Botafogo é missão quase impossível. Coisa tipo assim 13° trabalho de Hércules. Agora, já no domingo que vem, o glorioso Botafogo vai ter que correr mais que a Corça de Cerineia.

E vai ser preciso mesmo, já que vitória de fato e de direito para o Vasco da Gama é ser inalcançável na sua coleção de vice-campeonatos. É isso que ainda mantém acesa a chama em São Januário.

Esse tal de Rafael que fez o gol aos 46' do segundo tempo já está sendo olhado nos vestiários como um traíra. Pela entrevista que deu, na boca do túnel logo depois do apito final, ele é uma espécie de delator premiado nas hostes vascaínas.

GRÊMIO 0 X 0 INTERNACIONAL

Zero a zero. Que surpresa! Bem como todo mundo já sabia. Os dois favoritos eram fortes candidatos a terminar o clássico da mesma forma como o jogo começou. Daí a surpresa: nenhum dos dois decepcionou a sua torcida, comme d'habitude.

PALMEIRAS 1  x 0 SANTOS

Em São Paulo, o Porco traçou o Peixe. Que goleada: 1 x 0. A decisão ficou para domingo que vem no Alçapão da Vila. E aí o jogo vai ser com os times titulares: jogam Valdívia no Palmeiras e Robinho, no Santos. Mas que decepção: não houve guerra organizada de torcidas idem. Nenhum tiro, nenhum bala de festim, nenhum spray de pimenta. O futebol paulista está mesmo perdendo a emoção.

ATLÉTICO 0 X 0 CALDENSE

Estou cada vez mais convencido de que o Galo mineiro só pensa naquilo. Só canta por dinheiro. Puxou esse empate para bater o recorde de público no domingo que vem, quando o jogo será mesmo para valer. Só que a decisão vai ser no caldeirão do Caldense. E eu não conheço nada pior do que canja de Galo. É uma dureza de engolir.
VASCO X BOTAFOGO

Hoje tem o velho Clássico da Paz. Até que enfim, jogam o Expresso da Vitória, Vasco da Gama e Botafogo, o Glorioso, pela taça do Campeonato Carioca.

Nos dias do futebol de hoje no Rio, esse título tem tanta importância que, se o Vasco não for vice-campeão, a torcida vai pedir o impeachment de Eurico Miranda.

Nem mesmo o Botafogo, do meu amigo de fé, meu irmão, meu camarada Carlito Vieira, é capaz de dar o campeonato para o meu Vasco. Mas, há coisas que só acontecem com o Botafogo. Era só o que me faltava, o Vasco não ser vice uma vez mais.

GRÊMIO X INTERNACIONAL

No Rio Grande do Sul, uma tremenda surpresa: Grêmio e Internacional vão disputar o título do Campeonato Gaúcho. Uma coisa nunca vista, um troço assim como a crônica de uma morte anunciada nos últimos 100 anos de solidão.

Os dois times são francos favoritos. Pelo que os ataques dos dois tradicionais e únicos rivais nessa briga pelo cetro de campeão dos Pampas vêm mostrando de efetividade, logo mais o jogo vai terminar com um acachapante zero a zero. Qualquer placar diferente disso, será uma chuva de gols.

E as duas equipes deixarão o gramado com um profundo sentimento de dever cumprido e um agradável sabor de vitória sobre o empate de um time contra o outro.

SANTOS X PALMEIRAS

Tem também Santos x Palmeiras. Parece que o Valdívia não joga pelo Palmeiras. É certo que o Pelé não joga pelo Santos. Assim é que vença o melhor, posto que o goleiro Prass não é nenhum Rogério Ceni, já que o Palmeiras também não chega aos pés do São Paulo.

Logo o Sampa que, junto com o Corinthians, fica só mirolhando para ver quem é que bota a mão na taça do Paulistão 2015, a mais completa tradução do futebol que sumiu quando cruza a Ipiranga e a Avenida São João.
FAZER
Pô, não é que Dilma faça só o que bem entende; ela também faz tudo o que bem não entende.

SE É PRA DIZER...
Lula, fungando tropegamente no cangote da companheirada: "Há um complô na imprensa contra o PT". Ora, quem diz o que quer, ouve o que não quer... Se é pra dizer, então eu digo: o Lula é o Alter Ego do abstêmio que não deu certo. Ele não fala, bafeja.

ATÉ QUANDO?
O PT Já não sabe mais o que fazer. Está numa encruzilhada. Não sabe se dá risada das mancadas de Dilma Vana; ou se consegue se livrar das pedradas de Sibá Machado. Lula que é o maior palpiteiro do partido dos Trabalhadores, já não sabe mais até quando vai ter que aguentar o comando de pessoas que não conseguem nem mesmo ser burras.

SEM NOÇÃO
Não é por nada, não... Mas pode reparara: Dilma Vana quando fala à nação só diz coisas de duplo sentido. E o pior é que ela não entende bulhufas de nenhum dos dois.

ACADEMIA PARA 2018

Para justificar suas idas e vindas ao Sírio-Libanês, Lula se exibiu todo numa academia particular, cercado por um quarteto de personal trainers - que um só não basta para transformar um baixote gordo num atleta de ponta.

Sua triste figura de atleta de laboratório me lembrou o general João Baptista de Figueredo que se deixou flagrar de sunga e a patética imagem de Fernandinho Beira-Collor, fingindo um gol de pênalti numa pelada inexistente de futebol-de-salão, hoje conhecido pela sigla Futsal.

Lula quis se mostrar em forma para a corrida de 2018.

Besteira, ninguém precisa ser atleta para presidir esse país.

Ele mesmo, quando subiu a rampa às carreiras, era um barrilzinho de 51 cheio de boas ideias que nunca se realizaram e de más intenções que se concretizaram.

Em todo caso não existe academia no mundo que consiga consertar um corpo em que o espírito enrugou antes da pele.

Para ser franco e bom conselheiro para com o PT: melhor seria que Lula saísse dessa academia e entrasse numa de letras. Tá certo, eu sei e todos sabem: ele estaria perdendo tempo nas duas academias.

Porque hoje é domingo / há sempre uma missa
Há futebol e bingo / Mas, o dia é de preguiça...

Então, eis aí meia dúzia de pontos a ponderar:

ABC IMPRODUTIVO
Desde que nasceu a primeira central sindical no ABC paulista, os trabalhadores perderam o poder de produtividade e a indústria de algemas ganhou enormes perspectivas.

VOCAÇÃO
Nem tudo está perdido no PT. Dirigido por quem é, o antigo Partido dos Trabalhadores continua nos dias atuais com a sua imbatível vocação de servir de mau exemplo.

PÁTRIA EDUCADORA
É como se, num de seus espetaculares momentos de lucidez, Dilma Vana tentasse explicar o único slogan do governo que saiu de sua cabeça, o  "Brasil, Pátria Educadora"...  Para aprender é muito mais importante ter nascido ignorante, do que simplesmente nu.

DIAS DE CRIAÇÃO
Domingo... E Deus criou Adão e depois criou Eva. Daí pra frente, comendo uma maçã daqui, outra maçã dali, usando a cobra como instrumento, os dois botaram as suas devidas coisas nos devidos lugares para aparelhar o mundo de crianças. Foi a primeira terceirização da história universal.

TRISTE PETROBRASIL
Vendo assim o governo festejar o sucesso da Petrobras, os pais pegam o exemplo que vem de cima e a primeira coisa que ensinam aos filhos é que sejam corruptos desde a pré-escola. Ainda há chefes de família que tremem de medo só de pensar que seus filhos mais tarde chorem as mágoas de acabarem como seus pais que se arrependeram muito tarde de ser honestos nesse país.

ARREPENDIMENTO
Não há nada nesse Brasil da Silva que faça um corrupto se arrepender de maneira tão profunda e imediata do que ser apanhado em flagrante

25 de abr de 2015

MARTA: "O PT TRAIU OS BRASILEIROS"
E então saiu bem assim na revista Veja de mais um fim de semana enjoado para o governo que os brasileiros padecem... A ex-prefeita de São Paulo, ex-ministra e ainda senadora Marta Suplicy anunciou sua saída do partido que ela mesma ajudou a construir e saiu dizendo que a cúpula petista "não tem mais outro projeto senão o de se manter no poder". E Marta disse mais ainda: "O PT traiu os brasileiros". Pronto! Pode anotar aí: amanhã mesmo o PT vai dar o troco só pra começar a sua tradicional operação desmanche de biografias: "E Marta traiu até o ...PT!".
"A PETROBRAS VIRA UMA PÁGINA"
UMA OVA! VIRA UM TAPA NA CARA

Sem noção, qual Maria Antonieta que ganha gradualmente a antipatia do povo, Dilma Vana aparece agora, depois da divulgação com cinco meses de atraso do balanço da Petrobras auditado pela Petrobras e diz que "a Petrobras vira uma página".

Agiu uma vez mais como uma culpada que, a um só tempo, tenta mentir e não consegue nem mesmo omitir. Ao invés de se esconder, ela se revelou.

Se a Petrobrás "virou uma página", foi só a página dois; falta o resto todinho do romance policial. Se, no entanto, é o que a gente sente e não o que a Dilma diz, então o que a Petrobras virou não foi uma página"; virou foi mais um tapa na cara do populacho brasileiro.

Dilma Vana toda vez que banca a primeira-dama da República, acaba jogando pérolas aos porcos. Fosse a Esplanada dos Ministérios um arremedo dos Champs-Elysées e ela estaria cada vez mais próxima de escutar a voz das ruas entoando a Marselhesa. E de pouco adiantaria...

Presunçosa, com seus ares de quem acha que L'État est elle, Dilma pensaria se tratar apenas de um atrevido convite para dançar.
"A PETROBRAS VIRA UMA PÁGINA"
UMA OVA! VIRA UM TAPA NA CARA

Sem noção, qual Maria Antonieta que ganha gradualmente a antipatia do povo, Dilma Vana aparece agora, depois da divulgação com cinco meses de atraso do balanço da Petrobras auditado pela Petrobras e diz que "a Petrobras vira uma página".

Agiu uma vez mais como uma culpada que, a um só tempo, tenta mentir e não consegue nem mesmo omitir. Ao invés de se esconder, ela se revelou.

Se a Petrobrás "virou uma página", foi só a página dois; falta o resto todinho do romance policial. Se, no entanto, é o que a gente sente e não o que a Dilma diz, então o que a Petrobras virou não foi uma página"; virou foi mais um tapa na cara do populacho brasileiro.

Dilma Vana toda vez que banca a primeira-dama da República, acaba jogando pérolas aos porcos. Fosse a Esplanada dos Ministérios um arremedo dos Champs-Elysées e ela estaria cada vez mais próxima de escutar a voz das ruas entoando a Marselhesa. E de pouco adiantaria...

Presunçosa, com seus ares de quem acha que L'État est elle, Dilma pensaria se tratar apenas de um atrevido convite para dançar.
Porque hoje é sábado 
Amanhã é o Dia da Criação...

O DIA 1° DE MAIO VEM AÍ E A
GUERRILHEIRA ESTÁ COM MEDO

 Era uma vez, um presidente da República chamado Artur Bernardes. Por causa de uma greve geral em 1917, a classe operária brasileira ficou fortalecida. A tal ponto que, em 1925 o dia 1° de maio foi declarado feriado nacional por Artur Bernardes.

De lá pra cá, de um jeito ou de outro, o Dia 1° de Maio passou a ser o feriado do Dia do Trabalhador. Na Era Vargas surgiu o então respeitado movimento batizado de trabalhismo que influenciava os trabalhadores urbanos.

1° de Maio passou a ser um dia de protestos e críticas às estruturas sócio-econômicas do país. Vargas, um raposão de marca maior, transformou a data num dia de celebração ao povão que dava duro e suava a camiseta. E o que era piquete e passeata passou a ser desfiles, palanques e festas populares.

Até Fla-Flu se jogava no Maracanã, São Paulo e Corinthians, no Pacaembu e, Gre-Nal em Porto Alegre e não raro se via a Seleção Brasileira jogando com o Uruguai ou a Argh!entina, em alguma capital do país, de portões abertos.

Foi em 1943 que o 1° de Maio acabou se consagrando como o dia da criação da Consolidação das Leis do Trabalho. Mas com o correr dos tempos, de lá pra cá, o 1° de Maio foi sempre o dia em que os governos anunciavam o aumento anual do salário mínimo.

Eis que o Brasil é conduzido há 12 anos aos trancos e barrancos pelo PT, antigo Partido dos Trabalhadores. E a festa sempre foi festa nos dias 1° de Maio. Só que não.

Daqui a seis dias chegaremos todos juntos ao 1° de Maio de 2015, menos o governo dos trabalhadores. É que a president@ Dilma Vana não tem cacife nem moral para falar em nome dos trabalhadores. A guerrilheira está com medo.

Ela não gosta e não pode ouvir a voz das ruas. Muito menos ainda o repinicar de  um panelaço de Norte a Sul, de Leste a Oeste dessa classe trabalhadora que com um salário miserável, ela transformou numa elite descontente e hostil.

Dilma Vana pensa em se recolher e não vai sequer fazer uso do seu improviso lido de cabo a rabo num telepromter das redes eletrônicas de comunicação.

Esta sua fuga da trincheira está sendo elucubrada pela sua trinca de malévolos conselheiros de velhas batalhas: Lula da Silva, o Intrujão; João Santana, o Marqueteiro Miraculoso; e o noviço Edinho Silva, o Porta-Voz Indevido.

O que pode acontecer é que Dilma Vana, com ares de dama magnânima, decline da honraria de falar para a nação como a Mãe dos Trabalhadores e passe a tradicional e simpática tarefa para um desses 38 ministros que ainda não começaram a trabalhar nesse governo novo de novas ideias.

Quem sabe até seja escalado o enrolado Manoel Dias, ministro do Trabalho, preposto de Carlos Lupi que saiu do ministério sem levar nenhum tiro, embora bombardeado por denúncias de corrupção e malfeitos, malgrado tivesse confessado em pleno gozo de sua desastrada atuação ministerial que amava de paixão a guerrilheira amedrontada.

24 de abr de 2015


SARNEY 85
Zé Sarney está completando 85 risonhas primaveras nesta sexta-feira. Como se tivesse sido sondado a respeito, mandou dizer que não aceitava nenhuma comemoração. Ah que desencanto! Eu já tinha encomendado uma missa de corpo presente. Esse cara só me dá prejuízo.

OPOSIÇÃO DE ARAQUE
A tucanagem já está de malas e bagagens para embarcar, uma vez mais, na conversa mole de FHC. Já anda desconversando sobre o impeachment de Dilma. A voz rouca das ruas prefere que a oposição cale a boca nessas horas e deixe a defesa de Dilma para o PT & Sócios do mesmo Sindicato.

ESCÂNDALOS GALOPANTES
No tempo que corre entre um escândalo e outro, o governo aproveita para organizar a defesa contra o escândalo que já vem a galope.

PIZZOLATO PRA PAPUDA
O governo da Itália autorizou a extradição do mensaleiro Henrique Pizzolato.O Ministério da Justiça italiano avalizou o envio do condenado para cumprir pena aqui no Brasil. Pizzolato deve ir direto para a Papuda. Como não gosta de cadeia, deve sofrer logo, logo acometido da Síndrome de Genoíno. Vai quase morrer do coração e acabar  na dolce vita de uma prisão domiciliar. O que se tira daí é que ninguém, lá no governo da Itália, atende pelo codinome de Lula.

A PEDRADA DE EDINHO

Esse Edinho Silva não é mesmo do ramo; só está exercendo ilegalmente a profissão de jornalista na Secretaria de Comunicação da Dilma-2, por que estava desempregado e precisava de uma mãozinha na roda - é que no PT uma mão lava a outra.

Ele agora, saindo em defesa da sacanagem que Dilma Vana praticou sancionando o fundo partidário triplicado, disse -  com a sutileza de um elefante numa sala de cristais - que "todos os partidos pediram aumento de verba". E pronto!

Jogou nas costas largas do Legislativo a responsabilidade pelo reajuste cretino que Dilma sancionou fazendo a verba de custeio saltar de R$ 290 milhões para debochativos R$ 867,5 milhões.

Para quem chegou com pose de estabelecer diálogo com todos os segmentos da nação, ele acaba de dar uma pedrada na vidraça do Congresso Nacional. Ó céus! Ó vida! Quanta ternura.

Vá que o povão fique motivado e não resista à tentação de imitá-lo com pedras de verdade. Eu nem gosto de pensar numa coisa dessas. Deus me livre e guarde. Imagine, jogar pedras no telhado do de deputados e senadores!...

ECONOMIA SOB DES/CONTROLE
Os consumidores brasileiros esperam uma inflação de pelo menos 8,8% nos próximos 12 meses. Isso, para os que não levarem uma picadura da mosquitorra da dengue. Para os que estão escapando, graças ao combate sem tréguas das Forças do Exército Nacional, já deu pra ver que, nas gôndolas dos supermercados, nada subiu menos do que 30%. Olhe pra sua mão e veja como ela ficou muito maior que o seu bolso.
PAREM COM A HIPOCRISIA:
SIGAM A MULHER

O Brasil da Silva que conta a História Oficial tem que parar de vez com a hipocrisia. Quando o Brasil da Lava-Jato diz que o segredo é follow the money ele está dizendo na verdade é follow the man. Mais que seguir o dinheiro, está seguindo o homem. Está seguindo o Cara.

Quando o Brasil da Silva mostra com cinco meses de atraso o balanço da Petrobras, ele está tentando botar uma pá de cal na cova da corrupção, da incompetência e da conivência. E assim does not follow the woman. E assim, minhas queridas companheiras e caros companheiros, não segue a mulher. E aí está a hipocrisia.

Querem enterrar a história de que nesse tempo todo de roubalheira e de rombo confesso e explícito, Lula foi presidente por oito anos e Dilma sua ministra de Minas e Energia, dirigiu e presidiu o Conselhão da Petrobras, foi sua chefe da Casa Civil, onde botou Erenice Guerra quando virou president@ da República.

O Brasil da Lava-Jato já está demorando demais para desmascarar de uma vez por todas esse Brasil da Silva. Follow the woman!

23 de abr de 2015


MISSÃO IMPOSSÍVEL
E, então, numa de suas escapadas na agenda lotada, o Garanhão de Pelotas  se encontrou nesta quinta-feira com a president@ Dilma Vana. Percebeu que, como sempre, ela estava toda prosa. E viu que, como sempre, nos últimos quatro anos, não havia nenhum motivo para isso. Antes de zarpar para outras paragens pelo mapa mundi, o Garanhão reparou que, especialista em não saber e não fazer nada, Dilma Vana encerrou hoje mais um expediente sem ter completado essa missão impossível.
SURPRESA!
Grêmio e Internacional vão decidir o título do campeonato gaúcho. E as ações da Petrobras despencaram depois da espalhafatosa divulgação do balanço do ano passado.
BALANÇO-CONFISSÃO
E A PÁ DE CAL

E então, com cinco meses de atraso, a Petrobras resolveu confessar. Foi uma confissão maquiada de desmandos, corrupção, incompetência e conivência. A Petrobras reconheceu pelo menos R$ 6,2 bilhões em corrupção num prejuízo inédito na história dos últimos 26 anos de R$ 21,6 bilhões.

E como confessou tudo com a pompa e circunstância de um balanço atrasado agora o novo presidente, Aldemir Bendine, pretende usar essas "contas de chegar"como um pá de cal para fechar a cova em que a roubalheira está sendo sepultada.

Pronto, acabou a corrupção na Petrobras. Simples assim. Mas, antes que a memória acabe na missa de 7° Dia, é bom lembrar que o balanço do primeiro trimestre de 2015 já está atrasado.

ASSIM NO ESTADO
COMO NO CÁRCERE

Não foi piada, nem deboche o assalto canalha sancionado por Dilma Vana, passando o fundo partidário de R$ 289,5 milhões para R$ 867,5 milhões; foi um tapa no bolso e na cara da população.

Os políticos não tiveram vergonha nenhum de arrepiar todos os códigos de moralidade e estabelecer o financiamento público de campanha. É por isso que facções como o PT já decidiram não aceitar mais doações oriundas de pessoas jurídicas.

Em todo caso é bom saber que o dono de uma boa empreiteira, de um banco, de uma grande indústria, de uma notabilíssima agência de publicidade e marketing, pode continuar fazendo doações do próprio bolso só por que gosta de política e de uma que outra sigla partidária.

O  crime organizado saiu da rua e entrou para o Estado. E o modelo abençoado pelo mais belo par de vasos que essa país já teve, é idêntico ao regime que Marcola e Fernandinho Beira-Mar comandam no sistema carcerário brasileiro. No Estado e no cárcere, a bandidagem conta com a cumplicidade da banda podre da sociedade.

20 MINISTÉRIOS... TÁ BOM?

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou - mas isso ainda vai dar muito pano pra manga - por 34 x 31, a proposta que limita em 20 ministérios a ocupação dos espaços da Esplanada, não só para este, mas para todo e qualquer governo que venha acontecer nesse país.

O Brasil anda mesmo que é um descambo geral. Quem foi que disse pra esse bando que 20 ministérios é o número que a gente precisa para os governos começarem a funcionar? E por que não podem ser 21, ou meia dúzia, ou 12, ou 13 ministérios?!?

Esses caras se acham mesmo donos da verdade. De repente, resolvem que um criminoso de 16 anos é diferente de um bandido de 15, ou de 17 e pronto! Quando o brasileiro menos espera está obedecendo ao que essa pandilha que não nos representa faz e acontece com a vida da gente.

E assim é que está chegando a hora de escolher em que país nós queremos viver, no Brasil da Silva ou no Brasil Lava-Jato.

TERCEIRIZAÇÃO APROVADA
Nesta quarta-feira, não dando a mínima para o governo, a Câmara manteve a terceirização para todas as atividades. A estratégia do governo de botar uma tropa de ministros para negociar deu com os burros n'água. Agora, o texto seguirá para o Senado. Lá o governo tem um pouquinho mais de chances. Pero no mucho.Y pero que sí, pero que no.

INDA QUE MAL PERGUNTE...
Se o crime organizado saiu das ruas e entrou no Estado, com o mesmo modelito do regime que rola frouxo no sistema penitenciário, quem seria o Marcola e quem seria o Fernandinho Beira-Mar da máfia nacional? Pô, perguntar não ofende.

VOCÊ E O JEITO DELES
Você se sente confortável com o jeito de Lewandowski presidir o STF? Com o jeito de Rodrigo Janot conduzir a Procuradoria-Geral da República? Com o jeito de ser do Luiz Inácio Adams, na Advocacia Geral da União? Com o jeito de Renan levar a vida no Senado? Com o jeito brasileiro de Eduardo Cunha ser presidente da Câmara? Ah, bom...

21 de abr de 2015

NÃO PERCA NAS TELAS DE TV E DE CINEMA:
"THE CAR WASH"
(Título em português: A Lava-Jato)

Ah, eu estou de feriadão. Então, faça de conta que é um filme de gangsteres. Pode ser americano. Nesse caso, follow the money. Como tem legenda: siga o dinheiro.

Você já viu que o filme é americano, mas se passa no Brasil. Taí a sinopse: o crime organizado sai das ruas e entra no Estado. Pelo script dá para ver que o organismo oficial segue, do lado de fora, o modelo administrativo que o PCC - Primeiro Comando da Capital montou, há pouco mais de uma década, dentro do sistema carcerário.

Inspirado no CV - Comando Vermelho, o PCC cresceu e se  criou com tal poder adquirido que, sob o comando de Marcola e Fernandinho Beira-Mar controla tudo dentro da malha presidiária e zomba de qualquer tentativa de repressão pelo que tem de domínio dos fatos para o que ocorre além das grades.

Assim se dá, exatamente assim, no cenário de externas. Há uma dúzia de longos e tenebrosos invernos que a vida imita a arte aqui do lado de fora.

O CV tem dentro do Estado uma facção que inspirou uma sigla que, não tivesse um codinome de rebatismo, atenderia pelo apelido de PCC.

O PCC gerou uma outra facção à imagem e semelhança do 3°CC - Terceiro Comando da Capital, uma espécie de braço amigo para aproveitar as ocasiões. Como se vê, um conjunto harmonioso de união pelo crime organizado que se reúne, para arrepiar a lei e dela também valer-se, em cúpulas cotidianas nas cercanias da Praça dos Três Poderes.

O filme é de gangsteres. É americano, filmado no País do Futebol. Mas, é também um filme de mistério. Nessa película realista cabe à plateia identificar, fora do sistema prisional, qual a facção que corresponde dentro do Estado ao CV, Comando Vermelho.

Preciso é que os espectadores descubram qual a sigla que é correlata, ao PCC - Primeiro Comando da Capital; e também que partido é equivalente ao 3° Comando da Capital.

Os produtores executivos gostariam que, para sucesso absoluto de bilheteria, os cinéfilos mais fanáticos identificassem quem são os personagens, ainda fora das grades, que interpretam no crime organizado que se infiltrou no Estado, os poderosos Marcola e Fernandinho Beira-Mar.

É só o que está faltando para que essa super-produção tenha o esperado, mas já nem tão tradicional Happy End. Mas aí, o grande final fica por conta dos Intocáveis que trabalham junto com o mocinho. E deste, todo mundo sabe o nome. Não será fruto de nenhum esforço de imaginação.

Seu nome aparece nos créditos iniciais da obra cinematográfica "The Car Wash" (Título em português, A Lava-Jato): ele é, ninguém mais nem menos, do que o superstar Sérgio Moro.
DIGO E REPITO
É como eu digo sempre: esse governo faz saber, mas não sabe fazer. Governa com slogans;com frases de efeito, sem nenhum efeito. E haja verba de publicidade.

MORO, O ARBITRÁRIO
E a cunhada de Vaccari entrou na Vara de Sérgio Moro. O juiz decretou a prisão preventiva de Marice Lima. Achou deboche aquela história dos depósitos de mesada de R$ 583.400 na conta da irmã Giselda Rousie, mulher do velho tesoureiro do PT. Por essas e outras ela vai ficar na cadeia. O PT acha que é mais uma arbitrariedade de Sérgio Moro: "pô, ela já disse que é inocente!".

ONDE VACCARI VAI...
É comovente a obediência dos ministros e das ministras à ordem de Dilma Vana. Nenhum deles tugiu e nenhuma delas mugiu em defesa do velho tesoureiro Vaccari Neto. Nem tanto por medo ou por respeito hierárquico, muito mais por saberem que se Vaccari for pro brejo, não vai sozinho. Parece até que a vaca tossiu.

A VELHA PUNHALADA
Tá, tá bom... Que os ministros escolhidos por Dilma sigam a ordem de não dar "um pio" em defesa de Vaccari, há até quem entenda, dentro e fora do partido e do governo.  Mas, Vaccari não ter recebido um telefonemazinho de Lula, depois de tudo que eles curtiram juntos esse tempo todo, isso já está deixando o velho companheiro cansado de guerra. Ele sente que está sangrando, como se tivesse levado "uma punhalada pelas costas". A cena pode parecer forte, para quem não é do bloco, mas na história do presidente de honra do PT faz parte do script.

ACABOU A CORRUPÇÃO
A Petrobras anuncia para amanhã, com toda pompa e circunstância, o balanço auditado por ela mesma. O balanço não é deste semestre é do semestre do ano passado. Quer dizer, houve tempo de sobra para passar da vergonha de não saber fazer as contas à alegria de fazer as contas de chegar. O balanço só contém a verdade, nada mais que a verdade. E então, pronto! Acabou a corrupção no governo do PT & Sócios do mesmo sindicato.

ANTES ELE
Avião da TAP - Transportes Aéreos Portugueses, colide com um pássaro em Porto Alegre. É como disse Joaquim Manoel, o piloto: - Pois, o bicho stúpido não d'sviou-se... Morreu, morreu, antes ele do qui'eu.
ADIVINHE
Agora, vai. Com novos empréstimos, a Petrobras já deve R$ 79 bilhões a bancos públicos. Isso é que é gestão de resultados. Adivinha quando, como e quem vai pagar esse rombo aberto embaixo dos narizes dos oitos anos de governo Lula e mais quatro e pouco do governo Dilma.

AH, COITADOS...
Chefe do Estado Islâmico foi ferido em ataque aéreo no Iraque. Ah, coitado. E coitado do piloto-artilheiro quando aterrissar. Vai ser rebaixado a comissário de bordo, pela péssima pontaria.

JÔ PRA QUEM ESTÁ DE PORRE
Em razão dos baixos índices de audiência, a Globo coloca o programa do Jô Soares para depois das duas da manhã. Duas coisinhas rápidas: uma, não foi pela péssima qualidade do programa; duas, como a Globo é demorada para tomar as medidas certas. Mas, enfim, até que enfim, acertou. O programa que já é um porre vai ser visto só por quem chega às altas horas em casa de porre. Assim mesmo, pobre dos pinguços que vão ter que aturar o Jô Soares perguntando só o que o Jô Soares sabe responder.

PERDE & GANHA
Kirk Hammet, guitarrista da banda Metallica, perdeu um iPhone com 250 novos riffs. Se voê não tá ligado, riff é uma progressão de acordes, de intervalos ou notas musicais que são repetidas no contexto de uma música para formar a base ou o acompanhamento. Grande coisa. Quem encontrou o tal iPhone não encontrou nada demais; e o Kirk Hammet também não perdeu bulhufas.

TIRADENTES NÃO FOI BRUXO
O bruxo Zé Serra saiu das brumas e deu a maior força para a grande tese de FHC que ainda não é hora para o impeachment. Cá pra nós, que tesão. Zé Serra só vai achar que tá na hora de entrar com um processo de impeachment depois que ele conseguir sair como candidato tucano à Presidência da República, no lugar de Aécio Neves. Bolas, 21 de abril é dia de Tiradentes e não de Halloween.

DILMA OBEDECE BASE ALIADA
E TRIPLICA REPASSE AOS PARTIDOS

Dilma Vana cupulou e andou para o ajuste fiscal que ela já começou a aplicar pra cima de todos nós e sancionou a proposta indecente que triplicou a verba destinada no Orçamento para os partidos políticos. É por isso que o PT não vai mais aceitar doações que venham da privada. Agora sai dos canos entupidos de óleo sujo e lama do Palácio do Planalto.

Dilma Vana cedeu à pressão do PT, PMDB e PSD e manteve o aumento imoral e cretino estipulado em março. O Orçamento de 2015 vai ser publicado nesta quarta-feira gorda. A pandilha de sevandijas vai repartir R$ 867,5 milhões. Para enfrentar esse Brasil do PT só mesmo o Brasil da Lava-Jato.

PT TREMELICA COM 
VACCARI NA CADEIA

O PT está todo tremelica e fazendo de tudo para tirar Vaccari Neto da cadeia. O pavor que bate nas hostes petistas é que ele já mandou avisar que não tem vocação para Delúbio Soares. 

João Vaccari Neto é unha e carne com Lula, desde os tempos do escândalo da Bancoop, aquele desvio de recursos na Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo, do Sindicato que é filiado à CUT, para beneficiar o caixa do Partido dos Trabalhadores nos anos de 2002 a 2004. 

Vaccari foi tesoureiro e presidente da Bancoop que, apesar de ter recebido dos fundos de pensão aportes financeiros de mais de R$ 40 milhões, a partir de 2003, transformou-se numa empresa com déficit estimado em mais de R$ 100 milhões. 

De lá pra cá, os laços de amizade com Lula foram tão fortes que, em 2010, Vaccari Neto virou tesoureiro e caixa-preta-forte do PT. 

Como não toma o bode-expiatório, Marcos Valério, como modelo de boca-de-siri, João Vaccari Neto pode estar, para horror da cúpula petista, à beira de uma delação premiada. É que, no vai da valsa, Vaccari Neto tirou a própria família dele para dançar. E ela entrou no ritmo.

Até agora, Vaccari Neto - citado na Lava-Jato por cinco réus delatores premiados - não recebeu sequer o afago do tradicional telefonema do amigo Lula com o código de silêncio da facção partidária "tamo junto nessa, cumpanhêro!". 

DO PANAMÁ AO PARANÁ

Depois de andar flanando por dez dias no Panamá - deve ter ido até lá comprar chapéus, fabricados no Equador - Marice Corrêa de Lima, cunhada de João Vaccari Neto, chegou escoltada ao Paraná. Foi devidamente fichada e até já prestou depoimento à Polícia Federal - seu novo e, por enquanto, provisório endereço residencial. 

Ela negou a existência de uma "central de propinas". Se negou é porque ela sabe do que está falando. 

Mas acontece que Marice é "suspeita" de operar dinheiro ilegal para o ex-tesoureiro do PT, por acaso marido de sua irmã. 

E uma irmã muito querida, já que o Ministério Público Federal afirma que ela pagava mesada à mulher de Vaccari. 

Os procuradores da República encontraram uma série de depósitos feitos até o mês passado por Marice Lima na conta da sua mana Gisela Rousie de Lima, mulher do tesoureiro.

Peralá! Mesada? Ah, deve ser por relevantes serviços prestados como fiel companheira.

Marice Lima mal pode esperar para voltar de novo a gozar o pleno sol da liberdade. Mas nem sempre a banda toca o dobrado que a gente quer: a Operação Lava-Jato já entrou com o pedido de sua prisão preventiva. Às vezes, mesmo no Brasil da Silva, esses pedidos pegam. Ainda mais quando o pedido cai na Vara do juiz Sérgio Moro.

21 DE ABRIL
Então tá, 21 de abril... Faz tempo morreu Tiradentes; faz 55 anos que JK inaugurou Brasília; faz 30 anos que morreram Tancredo Neves - o único presidente na História do Brasil que não errou nada durante o seu mandato.

55 ANOS DE BRASÍLIA
Brasília celebra hoje, seu 55° aniversário de fundação, com uma série interminável de programas artísticos, culturais, musicais e o diabo a quatro. Aquela que seria sua mais ilustre habitante provisória, a president@ da República, não vai dar as caras em nenhuma solenidade. Vai ver que é só porque Brasília não foi criada pelo mesmo criador que a fez criatura. Não, não, isso é maldade. Dilma Vana não vai dar as caras porque, ultimamente, todo petista que sai às ruas por aqui, não chega a ser ovacionado, mas é vaiado. Simples assim.

BI-BRASIL
E enfim, para desgosto do PT de Lula, do PT do PMDB, do PT de Falcão, do PT de Dilma que gostam de dividir o povo em dois - branco e preto; pobre e rico; bom e ruim; nós e eles... - estamos chegando a uma alentadora realidade: afinal estão aí, o Brasil do PT e o Brasil da Lava-Jato.